Pensando Grande: saiba quais modelos de maior porte virão ao País


O aquecimento da economia não apenas impulsionou as vendas de pequenos e médios no Brasil. Os modelos grandes, do chamado segmento D na Europa, por exemplo, também vêm ganhando espaço por aqui. Com maior oferta de produtos e boa aceitação, ficou interessante importá-los ao mercado nacional. E não são poucos os sedãs e utilitários previstos para as lojas tupiniquins nos próximos anos. Veja quais são.

Chevrolet Malibu – A nova geração do Malibu já foi apresentada nos Estados Unidos e está ganhando o mundo. O Brasil passa a recebê-la após o Salão de São Paulo, em outubro, quando se acabam os estoques do sedã atual. Ele vem com visual completamente revisto, melhor acabamento e preços na mesma faixa.

Chevrolet TrailBlazer – A derivação SUV da nova S10 está finalizando os testes de adaptação no Brasil. Já apresentado lá fora, o modelo tem estilo moderno na parte posterior, combinando com o restante da carroceria. Legítimo sucessor da Blazer, ele volta a colocar a Chevrolet entre as fabricantes de utilitários-esportivos de alto padrão (guardadas as devidas proporções) locais. Chega na virada do ano ou começo de 2013.

Citroën DS5 – A ser importado da França, o DS5 complementa a linha de luxo da Citroën. Ele tem jeitão de crossover e grande porte, ficando acima do DS4, outra novidade para o mercado nacional. Ambos chegam em 2013.

Ford Escape/Kuga – A nova geração de Kuga e Escape, que agora são o mesmo produto, está em fase de preparo para o Mercosul. Com montagem argentina a partir de 2014, o crossover baseado no Focus virá para fazer frente a Honda CR-V e Hyundai ix35.

Ford Fusion – A atual geração vive de estoques para o mercado brasileiro. O Fusion, que se “fundiu” – com o perdão do trocadilho – ao europeu Mondeo nesta linhagem, evoluiu em termos estéticos, mecânicos e de acabamento. Vem ao Brasil até o fim do ano com opção de motor turbinado. Tem tudo para se manter líder do segmento.

Ford Territory – Derivado da nova Ranger, o Territory marca a estreia de um SUV derivado de picape na gigante do oval azul no Brasil. Feito também na Argentina, o modelo ainda inédito terá as mesmas opções de motorização. Rival do TrailBlazer, ele chega em 2013.

Hyundai ix35 nacional – Em fase final de adaptação, o ix35 em breve será nacionalizado. Falta à Caoa preparar as linhas de montagem de Anápolis (GO) para viabilizar o projeto. O motor deve ser o 2.0 Flex do Tucson, menos potente que o usado pelo crossover importado. A tropicalização deve ocorrer até o fim de 2013.

Hyundai SantaFe – A nova geração do SantaFe já foi oficializada no exterior e está perto de desembarcar no Brasil. Promoções nas concessionárias Hyundai indicam a novidade iminente, que chega nos próximos meses. O modelo será completamente renovado para enfrentar Mitsubishi Outlander e Kia Sorento, principalmente.

Kia Sorento – Enquanto o primo ganha nova geração, o Sorento aproveita sua meia vida para se renovar. Como lá fora já acontece, o crossover adotará roupagem mais esportiva, com dianteira revista e traseira marcada por lanternas maiores e de contornos mais ousados. O habitáculo também foi revisto. O lançamento acontece ainda em 2012.

Mitsubishi ASX nacional – A nacionalização do ASX está na pauta da Mitsubishi. A japonesa, aliás, já confirmou investimento neste sentido, viabilizando também o compacto Mirage. A expectativa é que o crossover ganhe motor bicombustível e alguns retoques visuais, como os aplicados recentemente na edição americana.

Nissan Altima – A Nissan não confirma, mas o Altima está próximo do mercado brasileiro. Flagrado em testes no País com boa dose de camuflagem, o sedã está cotado como forte aposta da marca para melhorar sua imagem em segmentos mais caros. Ainda assim, a japonesa nega as pretensões e informa que a unidade em questão estava por aqui apenas para avaliações de rotina. Previsto para 2013.

Nissan Rogue/Qashqai – Sucessos em Estados Unidos e Europa, respectivamente, os crossovers virão ao Brasil futuramente – como único produto que são, claro. Qashqai e Rogue terão projetos revistos e renovados e dificilmente perderão a chance de entrar em um mercado que consome cada vez mais utilitários com esta proposta. Chega(m) em 2014.

Peugeot 5008 – A minivan da Peugeot, baseada na Citroën Grand C4 Picasso, está em pauta. Com ela, acreditam os franceses, a marca pode atrair pais de família aos concessionários, dispensando a 308 SW, que tem menor potencial de vendas. Publicações dão sua vinda como certa, mas a Peugeot ainda não bateu o martelo. Se vier, terá o motor 1.6 THP de 163 cv.

Toyota RAV4 – Sem mudanças significativas há anos, o RAV4 é um dos “esquecidos” do mercado. No entanto, se a reestilização europeia não veio, a nova geração não deve passar batida. Ela já roda em testes nos EUA, onde será lançada em 2013. Por aqui chega poucos meses depois.

Publicidade

E VOCÊ, O QUE ACHOU DESTA NOTÍCIA?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s