EUA tornam obrigatório sistema de frenagem automática


Os Estados Unidos seguem caminhando a passos largos para reduzir, cada vez mais, os acidentes, lesões e óbitos registrados em seu território. O governo local firmou um acordo com 20 empresas que atuam no mercado automotivo de lá para tornar padrão o sistema de frenagem automática, que detecta riscos de colisões e atropelamentos e ajuda a parar o veículo automaticamente. Para automóveis, a exigência total começa em 1º de setembro de 2022, enquanto utilitários terão até 2025 para se adequar.

A obrigatoriedade da frenagem automática é mais um ponto positivo no mercado norte-americano, considerado o mais exigente em termos de segurança automotiva. Isso ocorre também pela adesão voluntária das montadoras, uma vez que não se fez necessária qualquer lei para tornar o equipamento padrão. Assinaram o acordo as empresas Audi, BMW (inclui Mini e Rolls-Royce), FCA (Fiat, Chrysler, Dodge, Jeep, Ram), Ford (Lincoln), General Motors (Chevrolet, Cadillac, Buick e GMC), Honda, (Acura), Hyundai, Jaguar, Kia, Land Rover, Maserati, Mazda, Mercedes-Benz (Smart), Mitsubishi, Nissan (Infiniti), Porsche, Subaru, Tesla, Toyota (Lexus), Volkswagen e Volvo.

E VOCÊ, O QUE ACHOU DESTA NOTÍCIA?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s