F1: Manor confirma fim da atividades


Manor MRT05 F1 2017 - 01

A temporada 2017 da Fórmula 1 terá mesmo 10 equipes, uma a menos que a de 2016. Em recuperação judicial, a Manor anunciou que não participará do campeonato deste ano por falta de recursos. Sem um investidor para custear o desenvolvimento do veículo, o pagamento de funcionários e a contratação de pilotos, o time inglês ficará fora da disputa, sem previsão de um retorno.

A Manor conquistou uma vaga na F1 em 2010, quando a Federação Internacional de Automobilismo (FIA), então presidida por Max Mosley, abriu espaço para três novos times – os demais foram Campos/Hispania e Lotus/Caterham. Após conquistar o acesso, a equipe negociou seus batismos, tendo disputado como Virgin e Marussia em outras temporadas. No fim de 2015, Stephen Fitzpatrick anunciou investimentos na escuderia, prometendo uma nova realidade. O time chegou a marcar um ponto em 2016, mas não foi suficiente para garantir os recursos extras da FIA, que poderiam lhe garantir a sobrevivência.

Com o fim da equipe britânica, acabam-se as vagas para pilotos na F1 2017. O Brasil, portanto, terá apenas Felipe Massa no grid, de volta à Williams. Felipe Nasr, que correu pela Sauber em 2016 e anotou os dois pontos que deixaram o time suíço à frente da Manor, ficou sem carro para este ano.

Anúncios

E VOCÊ, O QUE ACHOU DESTA NOTÍCIA?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s