Gigante chinesa pode comprar a japonesa Takata


Quem não conhecia a Takata até 2014, certamente ouvir falar da fornecedora de autopeças. Pivô de um megarecall global, envolvendo milhões de airbags em todo o mundo (leia aqui), a empresa ficou mais famosa por ter escondido das montadoras que suas bolsas infláveis poderiam apresentar defeitos do que por todo o tempo atuando como parceira das fabricantes globais. Com o valor de mercado derrubado, sanções e multas e negociando ativos em outras companhias (leia aqui), ela acabou se tornando “alvo” de interessados em entrar no setor. A mais nova pretendente é a chinesa Ningbo Joyson, que também opera no ramo automotivo.

De acordo com a imprensa internacional, a gigante chinesa está conversando com os dirigentes da nipônica mediante sua subsidiária, a Key Safety Systems, adquirida em fevereiro de 2016. Sediada no estado de Michigan, ela produz módulos de airbags em três cidades do Tio Sam e conta com operações em 14 países. Por isso, incorporar a Takata seria de importância estratégica: além das tecnologias e da capacidade fabril, ela receberia a carteira de clientes dos japoneses.

Ainda não se sabe a respeito das cifras envolvidas. No entanto, a Ningo Joyson teria se oferecido para pagar as compensações regulatórias da Takata, estimadas em US$ 1 bilhão. O negócio poderia envolver apenas a divisão americana da gigante japonesa.

Anúncios

E VOCÊ, O QUE ACHOU DESTA NOTÍCIA?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s