Grand Cherokee Trackhawk ocupa o trono de mais potente e veloz SUV do mundo


Há meses, a Jeep vem instigando entusiastas com informações a conta-gotas do mais forte dos Grand Cherokee da história – como a Dodge vem fazendo com o Challenger SRT Demon. Agora, após muita especulação, a marca enfim apresenta a versão Trackhawk do SUV. Estrela do Salão de Nova York, a novidade adota o motor do Challenger Hellcat, com nada menos que 717 cv, e se proclama como mais potente e veloz SUV do planeta.

Comecemos pela parte mais importante: o coração do Trackhawk. Ele toma emprestado o 6.2 V8 Hellcat do irmão cupê, capaz de entregar expressivos 717 cv e 89.8 kgfm. Ele é comandado pela transmissão TorqueFlite de oito marchas e a tração integral permanente. Com o conjunto, o Grand Cherokee acelera de zero a 100 km/h em 3,5 segundos, superando Alfa Romeo Stelvio (3,9 s) e Bentley Bentayga (4 s), e alcança 290 km/h – números significativos para um modelo de 2.433 kg.

Ao receber o V8, o Grand Cherokee precisou de algumas modificações. Uma delas foi o sistema de arrefecimento revisto, com a adoção de novos radiador, bomba, mangueiras e reservatório. A outra foi o reforço nas peças da caixa de câmbio, que foi também reprogramada para garantir trocas mais rápidas – que ficam ainda mais velozes no modo Track, do qual falaremos mais além.

A versão recebeu outras alterações significativas. A Jeep utilizou aço de resistência em componentes como eixo cardã, semieixos e carcaça do diferencial, ajudando a reduzir peso e ampliar a força. Também foram aplicados diferencial com bloqueio eletrônico e caixa de transferência ativa, controles de tração e estabilidade recalibrados e freios Brembo. Os discos têm 350 milímetros de diâmetro e pinças de quatro pistões na traseira e 400 mm e seis pisões na dianteira, garantindo a paralisação total do veículo em 34 metros, vindo a 100 km/h.

A suspensão também recebeu atenção. A dianteira conta conta com braços assimétricos na dianteira e esquema independente multilink no eixo posterior, com peças em alumínio e barras estabilizadoras ocas. Os amortecedores ativos são da Bilstein e se apresentam nas extremidades. Elas têm rodas de 20 polegadas, com pneus Pirelli Scorpion Verde medindo 295/45. Em opção, há os aros em alumínio forjado, 5,5 kg mais leve e com pintura preta diferenciada.

O piloto – “motorista” é uma palavra que não cabe para o condutor deste monstro – pode alterar o comportamento do Trackhawk em cinco modos. O seletor modifica a atuação de motor, transmissão, tração, auxílios eletrônicos e o controle de largada. Os padrões são: Auto (comportamento normal), Snow (pisos escorregadios), Tow (reboque), Sport (esportivo) e Track (pista). Este último deixa a suspensão o mais rígida possível, “trava” a tração em 70% para o eixo traseiro e reduz os tempos de troca de marcha em 68%. Há ainda o modo Valet, para os manobristas nãos e aventurarem com o Jeep: trocas sequenciais são desativadas e a rotação é limitada a 4.000 rpm.

VISUAL CONDIZENTE

Se a mecânica promete uma experiência de pista ao volante de um SUV, o visual faz jus ao conjunto. Como um irmão dos Hellcat, o Trackhawk tem mais tomadas de ar: uma maior no para-choque e um duto no lugar da luz de neblina para resfriar o corpo da borboleta e  alimentar o compressor. Atrás, há duas saídas duplas de escape.

Por dentro, as mudanças são mais sutis, mas fazem o piloto se lembrar de onde está – se é que ele esqueceu em algum momento. Os diferenciais ficam para os bancos de melhor apoio, o volante com diâmetro reduzido e base reta e o quadro de instrumentos com conta-giros centralizado. O computador de bordo oferece funções como cronômetro e dados de desempenho e gera os dados em planilha, passível de transferência via USB. Em opção, itens como teto solar duplo, telas para os bancos posteriores e sistema de som Harman Kardon com 19 alto-falantes e dois subwoofers.

As vendas do Grand Cherokee Trackhawk começam no último trimestre de 2017.

Anúncios

E VOCÊ, O QUE ACHOU DESTA NOTÍCIA?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s