Citroën C5 ganha nova reestilização


O extenso mercado chinês segue contando com o Citroën C5, apesar de sua morte iminente na Europa. Lançada há quase uma década, a segunda geração do sedã acaba de ganhar uma profunda reestilização, a fim de complementar a gama da marca no maior mercado do mundo. Ele provavelmente ficará limitado àquele país, sem desembarque previsto para outros cantos do planeta.

Visualmente, nota-se a manutenção da carroceria da segunda geração pelo desenho de portas e janelas. No entanto, as extremidades ganham novos contornos no C5. A dianteira recebe faróis maiores e menores recortados, que são invadidos pela grade como no C6, outra exclusividade chinesa (leia aqui). A porção posterior também tem revisão completa, com destaque para as lanternas com iluminação similar à do recém-lançado C5 Aircross (leia aqui).

A engenharia da parceria chinesa da PSA, DongFeng, responsável pelo projeto, dedicou também seu tempo ao interior, já datado. Agora ele exibe um painel moderno, com destaque para o visor elevado do sistema multimídia e a tela customizável no lugar do quadro de instrumentos. A solução das saídas de ar unidas a uma faixa horizontal cromada lembra o mais recente Volkswagen Passat (leia aqui).

Em termos mecânicos, o C5 não apresenta novidades em relação ao que já se oferece na gama Citroën do maior mercado do mundo. Seus dois motores são turbinados e a gasolina. O 1.6 THP é semelhante ao flex oferecido no Brasil, capaz de gerar 167 cv. A opção mais forte é o 1.8 THP, com 204 cv.

Anúncios

E VOCÊ, O QUE ACHOU DESTA NOTÍCIA?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s