A um mês do lançamento, novo VW Polo é flagrado quase sem camuflagem


O leitor do ALL THE CARS já sabe que a nova geração do Polo será vendida no Brasil (leia aqui), já conhece as linhas definitivas do modelo (leia aqui) e está informado sobre o início da produção global do hatch (leia aqui). Ele começa a ser feito em junho na Europa, semanas antes de ter sua montagem iniciada do lado de cá do Atlântico. Apesar de tudo, um novo flagra traz mais noções de como ficará o compacto, que atuará, por aqui, entre Fox e Golf.

As novas imagens, publicadas pela revista inglesa AutoExpress, mostram a carroceria do Polo ainda com disfarces. Leves, é verdade, apenas para tentar enganar os mais desatentos, fazendo alusão ao hatch vendido atualmente na Europa (leia aqui). Porém, a camuflagem confirma se tratar do novo modelo. Em relação ao sul-africano, fotografado “limpo”, este se apresenta em uma versão mais requintada, com teto solar e rodas de liga leve. O conjunto, aliás, aparenta maior refinamento, mesmo com design idêntico ao do outro compacto flagrado.

Apesar das diferenças, confirmam-se as linhas de ambos. A dianteira tem faróis recortados e alongados, com grade estreita e luzes de neblina horizontais. O modelo fotografado agora, porém, aparenta ter um capô mais vincado. As laterais mantêm as proporções já vistas, com pequenos vigas nas colunas C. Na traseira, as lanternas influenciando no recorte da tampa do porta-malas também estão garantidas.

Em sua sexta geração europeia – aqui será a terceira, contando com a do Polo Classic -, o Polo usará a plataforma modular MQB na variação A0, a mais curta, que dá base também ao Seat Ibiza (leia aqui). Ela promete uma estrutura mais rígida e leve, mesmo com medidas maiores. O espaço interno, por exemplo, será bastante beneficiado com o aumento do entre-eixos de 2,47 para 2,56 metros. Acredita-se que o compacto ainda se beneficie de maior tecnologia, com oferta de uma central multimídia com tela de 9,5 polegadas e visor customizável para o quadro de instrumentos.

As opções de motorização variam de acordo com o mercado. No Brasil, é provável que o Polo adote os motores 1.0 TSI (até 125 cv, no Golf) e 1.4 TSI (150 cv), ambos flex, com chances também de oferta do 1.6 16v MSI. O mais forte terá opção de câmbio automático de seis marchas. Na Europa, com outro foco, o hatch terá pelo menos três 1.0 12v: com 64 cv, com 73 cv e com 115 cv, este último do TSI. Outras opções seriam o 1.5 TSI de 150 cv e um turbinado de 200 cv para a versão GTI. Especula-se ainda a oferta de um “semi-híbrido”, além da tradicional variação “econômica” BlueMotion.

O Polo é apenas o primeiro de uma série de quatro veículos que compõe a família de compactos da VW. O segundo é o sedã Virtus, que começa a ser produzido em novembro (leia aqui) na América do Sul. Há ainda um SUV, com soluções vindas do conceito T-Cross Breeze (leia aqui), e uma picape para brigar com a Fiat Toro.

[ Fonte: AutoExpress ]

Anúncios

E VOCÊ, O QUE ACHOU DESTA NOTÍCIA?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s