Com mercado interno em baixa, exportações avançam 61,8% em 2017


O mercado brasileiro enfim deu sinais de recuperação em maio (leia aqui). No entanto, o volume ainda fica perto da metade do recorde registrado em 2012. Para as montadoras aqui instaladas, a crise interna forçou a buscar uma solução já conhecida: o exterior. Não por acaso, as exportações tupiniquins no ramo cresceram significativamente entre janeiro e maio. Ao todo, as fábricas locai enviaram 307,5 mil unidades para outras nações no período, obtendo alta de 61,8% frente 2016.

O Brasil já vinha experimentando um aumento nas exportações. No entanto, em maio elas “explodiram”: foram 73,4 mil veículos despachados, o que representou um crescimento de 21% em comparação com abril e 51,1% sobre o mesmo mês de 2016. Com o total, o envio de unidades ao exterior passou a representar nada menos que 29,6% do volume produzido no País, mais que o dobro dos 13,7% aferidos em 2012, ano do recorde histórico.

Vale lembrar que a indústria nacional estreitou os laços com operadoras instaladas em Colômbia, Chile, Peru, Uruguai e Paraguai, reforçando a presença do carro brasileiro nestas nações.

 

Anúncios

E VOCÊ, O QUE ACHOU DESTA NOTÍCIA?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s