F1: Force India avalia mudar de nome


Patrocínio da BWT trouxe a cor rosa para os carros em 2017

Quarta colocada no Mundial de Construtores da Fórmula 1 2017, a Force India está estudando uma medida drástica. A escuderia asiática considera trocar seu nome oficial, a fim de ganhar uma imagem mais global, desvinculando-se da populosa nação asiática onde nasceu seu fundador. A ideia, aliás, teria partido dele próprio, o magnata Vijay Mallya.

Surgida em 2008 após a compra da Spyker, a Force India adotou este nome e as cores do país de Mallya para atrair patrocinadores locais. A ideia era dar voz às companhias lá sediadas, para que pudessem ganhar renome global. Uma década depois, o proprietário da equipe percebeu que seus compatriotas não compraram a ideia. As empresas indianas que estamparam seus logotipos nos monopostos dela eram todas de Mallya.

Por isso, aos poucos a escuderia abandonou as cores da bandeira indiana (laranja, branco e verde), migrando para o cinza, o preto e, a partir dessa temporada, rosa. Quarta colocada também na F1 em 2016, a Force India tem despertado o interesse de companhias “ocidentais”, como a BWT, que decidiu aportar bastante capital no time de Mallya, requisitando o tom cor-de-rosa adotado nos carros de 2017.

Ainda não há, porém, qualquer novo nome ventilado.

Anúncios

E VOCÊ, O QUE ACHOU DESTA NOTÍCIA?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s