Renault-Nissan deve superar Toyota e Volkswagen ainda em 2017, diz Ghosn


Desde a crise de 2009, que tirou a General Motros da liderança de vendas globais, a Toyota e a Volkswagen vêm travando um duelo pelo título de maior montadora do mundo em termos comerciais. Isso, claro, considerando as subsidiárias sob seus guarda-chuvas. Mas quem as ameaça agora é outra companhia: Renault-Nissan. Segundo seu CEO, o brasileiro Carlos Ghosn, a aliança franco-japonesa pode superar as rivais nipônica e alemã ainda em 2017.

Em entrevista à agência Automotive News, Ghosn revelou que o crescimento das marcas deverá colocar a companhia no topo de vendas. Isso se deve a três fatores principais. O primeiro é a operação conjunta: onde uma marca tem pouco peso, a outra opera de maneira mais intensa. O segundo é a absorção da Mitsubishi, que deu ganhos em determinadas regiões, como Japão e Sudeste da Ásia, e tem potencial de avanço. O terceiro é a queda da GM, que não contabilizará mais os emplacamentos da Opel-Vauxhall.

Segundo a consultoria Jato Dyamics, a Renault-Nissan aparece na terceira colocação das vendas globais entre janeiro e abril de 2017 com 3,02 milhões de emplacamentos. Seu crescimento é o maior do trio, com 8%. O segundo posto é da Toyota, com 3,06 milhões e alta de 6%. A dianteira fica com a Volkswagen, que soma 3,32 milhões, mas com 1% de retração.

Anúncios

E VOCÊ, O QUE ACHOU DESTA NOTÍCIA?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s