F1: Ricciardo vence no Azerbaijão; GP tem reviravoltas e pódio de Stroll


As ruas da capital do Azerbaijão, Baku, receberam uma etapa da Fórmula 1 pela segunda vez na história – na primeira, em 2016, tiveram como vencedor Nico Rosberg. A etapa, que já recebia atenções pelo traçado desafiador, foi a mais “maluca” da temporada, também sendo uma das com mais reviravoltas na história recente da categoria. Com muitas trocas de posições, abandonos e apresentações memoráveis, o GP da Europa foi vencido por Daniel Ricciardo, que há tempos não figurava no lugar mais alto do pódio. O segundo foi Valtteri Bottas, que conquistou a posição a poucos metros do fim da prova, já na reta final. O terceiro foi Lance Stroll, da Williams, cravando o primeiro pódio de um canadense desde 2001. O brasileiro Felipe Massa, companheiro do novato, tinha chances de brigar pela vitória, mas acabou traído por seu bólido e não completou a prova.

A CORRIDA

A etapa azerbaijana não parecia reservar grandes surpresas, em um circuito mais travado e com a pole de Hamilton. Vettel largara em quarto, mas vinha na segunda colocação após a confusão da saída. Tudo começou a mudar na 28ª volta, com mais uma passagem do Satefy Car na pista. O inglês da Mercedes freou em uma saída de curva. Surpreendido, o alemão da Ferrari acabou batendo atrás do britânico. Enfurecido, jogou a lateral do carro contra o do rival. O excesso de material causou bandeira vermelha, suspendendo a prova para a limpeza do asfalto.

Quando a corrida voltou a acontecer, a expectativa ficara sobre ambos. Afinal, Vettel estava com o bico quebrado e teria abandonado se não houvesse a suspensão da prova. Também haviam olhos voltados a Massa, que ocupava a terceira posição. O brasileiro, porém, tinha problemas na relargada: o amortecedor traseiro direto estourou e o tirou da prova. Seu companheiro, Stroll, herdaria sua posição em seguida.

Pela batida em Hamilton, Vettel recebeu punição de 10 segundos dentro dos boxes. No entanto, contou com um problema no carro do rival: a peça que protege e apoia a cabeça do piloto se soltou, obrigando Lewis a parar para fixá-la. Lá na frente, Daniel Ricciardo, que não tinha nada com isso, abria distância sobre Stroll, segundo colocado com toda a reviravolta. O terceiro era Bottas, em uma excelente corrida de recuperação. O finlandês vinha nas últimas posições após um toque com o compatriota Kimi Raikkonen na largada. Na reta final, quando a bandeira quadriculada se agitava, ele conseguiu dar um gás e superar Stroll. O canadense de 18 anos, ao menos, ficou com o terceiro lugar.

A prova foi boa também para a McLaren. Com problemas nos treinos livres e na classificação, com a perda de 75 posições para seus dois pilotos por troca de motores e outros componentes, a equipe inglesa marcou seus primeiros pontos em 2017. Sofrendo durante todo o ano, Fernando Alonso ficou em nono, finalmente chegando à zona de pontuação.

A próxima etapa da Fórmula 1 2017 acontece em Spielberg, na Áustria, no dia 9 de julho (domingo). Os treinos livres estão marcados para a sexta-feira anterior (7).

GP DA EUROPA – AZERBAIJÃO (51 voltas)
1. Daniel Ricciardo (AUS) – Red Bull-TAG Heuer – em 2h03min55s573
2. Valtteri Bottas (FIN) – Mercedes – a 3s904
3. Lance Stroll (CAN)  – Williams-Mercedes – a 4s009
4. Sebastian Vettel (ALE) – Ferrari – a 5s976
5. Lewis Hamilton (ING) – Mercedes – a 6s188
6. Esteban Ocon (FRA) – Force India-Mercedes – a 30s298
7. Kevin Magnussen (DIN) – Haas-Ferrari – a 41s753
8. Carlos Sainz Jr (ESP) – Toro Rosso-Ferrari – a 49s400
9. Fernando Alonso (ESP) – McLaren-Honda – a 59s551
10. Pascal Wehrlein (ALE) – Sauber-Ferrari – a 1min29s093
11. Marcus Ericsson (SUE) – Sauber-Ferrari – a 1min31s794
12. Stoffel Vandoorne (BEL) – McLaren-Honda – a 1min32s160
13. Romain Grosjean (FRA) – Haas-Ferrari – a 1 volta

NÃO COMPLETARAM
Kimi Raikkonen (FIN) – Ferrari
Sergio Perez (MEX) – Force India-Mercedes
Felipe Massa (BRA) – Williams-Mercedes
Nico Hulkenberg (ALE) – Renault
Max Verstappen (HOL) – Red Bull-TAG Heuer
Daniil Kvyat (RUS) – Toro Rosso-Ferrari
Jolyon Palmer (ING) – Renault

VOLTA MAIS RÁPIDA
Sebastian Vettel (ALE) – Ferrari – 1min43s441 (volta 47)

Anúncios

E VOCÊ, O QUE ACHOU DESTA NOTÍCIA?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s