BMW X3 chega à terceira geração; Brasil deve recebê-lo em 2018


A BMW divulgou as primeiras informações e fotos da nova geração do X3. Chamado de SAV pela marca alemã (sigla para veículo de atividades esportivas), o modelo chega à terceira linhagem com uma renovação quase completa, mantendo apenas alguns motores já conhecidos no antecessor. Apresentado nos Estados Unidos, ele já teve sua chegada ao Brasil garantida, embora não se tenham previsto datas.

Visualmente, o X3 rompe um pouco com os últimos modelos da BMW. A grade “duplo rim” ficou maior, como nos irmãos, mas seus faróis diminuíram, indo contra ao que se apresentou recentemente em Série 5 e X1, por exemplo, ficando ainda menos recortados e mais amendoados. As laterais mantiveram a familiaridade com a família X, mas com vincos menos pronunciados. Já a traseira inovou com as lanternas de contornos irregulares e sinuosos.

O interior é tipicamente bávaro, dada a sobriedade das linhas. Lá estão características típicas da BMW, como o quadro de instrumentos com fundo preto, a alavanca estilo joystick, o volante com grande miolo e os comandos de climatização acompanhando as linhas dos botões do aparelho de som. Os difusores de ar também remetem aos demais produtos da empresa, embora tenham formato menor.

MECÂNICA

Construído sobre a plataforma modular CLAR, já utilizada nos Séries 5 e 7, o novo X3 mede 4,71 metros de comprimento, 1,89 m de largura e 1,68 m de altura, ampliando as cifras em respectivos 5,1, 1 e 1,5 centímetros. O entre-eixos possui 2,86 m, com ganho de 5,4 cm. O porta-malas mantém os 550 litros aferidos na segunda linhagem.

Segundo a marca, o SUV – ou SAV, como prefere a BMW – conta com cinco opções de motorização, quatro delas nas versões regulares (xLine, M Sport e Luxury Line). Desde a chegada às lojas, haverá dois a diesel. O de acesso é o 2.0 de 190 cv e 40,8 kgfm de torque (xDrive20d), enquanto o mais forte é o 3.0 de seis cilindros, capaz de gerar 265 cv e 63,2 kgfm (xDrive30d).

Dos três propulsores a gasolina, só um estará em oferta desde já. Ele equipa o modelo mais forte M40i, que traz visual mais agressivo e comportamento dinâmico esportivo. Seu motor é o 3.0 biturbo de 360 cv e 51 kgfm. Segundo a BMW, ele leva o SUV de zero a 100 km/h em 4,8 segundos, com máxima de 250 km/h. Este, aliás, é o primeiro X3 a receber as atenções da divisão M. As outras duas opções chegarão depois: o 2.0 de 252 cv (xDrive30i) ganha as ruas em dezembro, enquanto o 2.0 de 184 cv (xDrive20i) chega às lojas no segundo trimestre de 2018.

De acordo com a BMW, todos os propulsores terão transmissão automática de oito marchas e tração integral xDrive. Posteriormente, devem chegar variações com câmbio manual e tração traseira, embora a marca nada fale sobre elas.

Anúncios

E VOCÊ, O QUE ACHOU DESTA NOTÍCIA?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s