BMW X3 chega à terceira geração; Brasil deve recebê-lo em 2018


A BMW divulgou as primeiras informações e fotos da nova geração do X3. Chamado de SAV pela marca alemã (sigla para veículo de atividades esportivas), o modelo chega à terceira linhagem com uma renovação quase completa, mantendo apenas alguns motores já conhecidos no antecessor. A ser apresentado na Europa, ele já teve sua chegada ao Brasil garantida, embora não se tenham previsto datas.

Visualmente, o X3 rompe um pouco com os últimos modelos da BMW. A grade “duplo rim” ficou maior, como nos irmãos, mas seus faróis diminuíram, indo contra ao que se apresentou recentemente em Série 5 e X1, por exemplo, ficando ainda menos recortados e mais amendoados. As laterais mantiveram a familiaridade com a família X, mas com vincos menos pronunciados. Já a traseira inovou com as lanternas de contornos irregulares e sinuosos.

O interior é tipicamente bávaro, dada a sobriedade das linhas. Lá estão características típicas da BMW, como o quadro de instrumentos com fundo preto, a alavanca estilo joystick, o volante com grande miolo e os comandos de climatização acompanhando as linhas dos botões do aparelho de som. Os difusores de ar também remetem aos demais produtos da empresa, embora tenham formato menor.

MECÂNICA

Construído sobre a plataforma modular CLAR, já utilizada nos Séries 5 e 7, o novo X3 mede 4,71 metros de comprimento, 1,89 m de largura e 1,68 m de altura, ampliando as cifras em respectivos 5,1, 1 e 1,5 centímetros. O entre-eixos possui 2,86 m, com ganho de 5,4 cm. O porta-malas mantém os 550 litros aferidos na segunda linhagem.

Segundo a marca, o SUV – ou SAV, como prefere a BMW – conta com cinco opções de motorização, quatro delas nas versões regulares (xLine, M Sport e Luxury Line). Desde a chegada às lojas, haverá dois a diesel. O de acesso é o 2.0 de 190 cv e 40,8 kgfm de torque (xDrive20d), enquanto o mais forte é o 3.0 de seis cilindros, capaz de gerar 265 cv e 63,2 kgfm (xDrive30d).

Dos três propulsores a gasolina, só um estará em oferta desde já. Ele equipa o modelo mais forte M40i, que traz visual mais agressivo e comportamento dinâmico esportivo. Seu motor é o 3.0 biturbo de 360 cv e 51 kgfm. Segundo a BMW, ele leva o SUV de zero a 100 km/h em 4,8 segundos, com máxima de 250 km/h. Este, aliás, é o primeiro X3 a receber as atenções da divisão M. As outras duas opções chegarão depois: o 2.0 de 252 cv (xDrive30i) ganha as ruas em dezembro, enquanto o 2.0 de 184 cv (xDrive20i) chega às lojas no segundo trimestre de 2018.

De acordo com a BMW, todos os propulsores terão transmissão automática de oito marchas e tração integral xDrive. Posteriormente, devem chegar variações com câmbio manual e tração traseira, embora a marca nada fale sobre elas.

Anúncios

E VOCÊ, O QUE ACHOU DESTA NOTÍCIA?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s