Seat Arona adianta SUV brasileiro; modelo põe espanhola na briga dos compactos


Após apresentar o Ateca (leia aqui), a Seat se coloca como primeira marca do Grupo Volkswagen a brigar entre SUVs de pequeno porte. Com medidas reduzidas, o Arona se torna o representante da montadora espanhola entre os compactos. E ele é importante para nós: sua base é a mesma do futuro nacional T-Cross. A apresentação acontece no Salão de Frankfurt, em setembro, com vendas previstas para o início de 2018.

Terceira novidade da Seat em 2017, depois de León e Ibiza, o Arona segue os irmãos em termos estéticos, com seus faróis recortados com fileiras de LED triangulares e laterais e traseira esculpidas. Os vincos pronunciados conferem um ar jovial e esportivo, enquanto a pintura em dois tons, separada por um friso prateado nas colunas C, inserem o SUV na moda atual das carrocerias bicolores.

O interior é simples, como se nota pelo acabamento. O painel lembra bastante o Polo, principalmente pela distribuição interna e os botões do ar condicionado. No entanto, o Arona tem diferenças, como os difusores de ar por cima da tela da central multimídia, deixando a faixa central sem continuidade sobre o quadro de instrumentos. Entre os itens, não lhe faltam controle de velocidade adaptativo (ACC), chave com sensor de presença, alerta de fadiga, assistente de baliza, alertas de mudança de faixa e de objetos em pontos cegos, aparelho de som Beats, entre outros.

Apesar das diferenças, a base da dupla é a plataforma modular MQB-A0, a variação mais curta dessa arquitetura. Ela também servirá de estrutura para o T-Cross, futuro representante nacional da VW no segmento de acesso. O brasileiro, porém, deve ser um pouco mais longo. O Arona mede 4,14 metros de comprimento e dispõe de 400 litros no porta-malas.

A gama de motores, de início, terá cinco opções. A diesel, haverá dois 1.6, com 95 ou 115 cv. A gasolina, a Seat confirma os 1.0 TSI de 95 ou 115 cv e o 1.5 TSI de 150 cv. No futuro, haverá um 1.0 TSI também apto a queimar gás com 90 cv e o 1.6 16v MPI de 110 cv, para determinados mercados.

A produção do Arona será concentrada na fábrica espanhola de Martorell.

Anúncios

E VOCÊ, O QUE ACHOU DESTA NOTÍCIA?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s