Harley-Davidson estaria interessada em comprar a Ducati


O escândalo Dieselgate, revelado em setembro de 2015, está custando caro ao Grupo Volkswagen. A empresa já cancelou participação em competições de automobilismo (como a da VW no mundial de rali WRC e a da Audi no mundial de endurance WEC), cancelou alguns projetos em desenvolvimento e avaliou a venda de subsidiárias. A que está mais perto de deixar o conglomerado é a Ducati, que formalmente pertence à montadora das quatro argolas, principalmente agora, com o interesse da Harley-Davidson. A americana poderia gastar US$ 1,67 bilhão (R$ 5,48 bilhões) para adquirir a italiana, segundo a agência Reuters.

Ainda não se sabem detalhes a respeito da negociação. No entanto, fala-se que a proposta da Harley ainda está chegar à mesa dos comandantes da VW. Além disso, a alemã estaria sem tanta pressa de vender a Ducati: o prazo esperado é novembro, após o Salão de Milão, quando a companhia pretende ter todas as ofertas e possibilidades à mão. Ao que tudo indica, é possível ainda que a italiana fique sob seu guarda-chuva.

É fato que a Harley pretende aproveitar tecnologias da Ducati e também seu potencial entre o público mais jovem, com destaque para as motos esportivas. Ela, porém, não é a única. Companhias sediadas em China e Índia (leia aqui) já demonstraram interesse na Ducati. No entanto, as conversas não avançaram.

Outra companhia que pode sair do grupo devido ao Dieselgate são MAN e Scania (leia aqui).

[ Fonte: Reuters ]

Anúncios

E VOCÊ, O QUE ACHOU DESTA NOTÍCIA?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s