Após 44 anos de Fiat, Belini se aposenta


Um dos nomes mais conhecidos da indústria nacional, Cledorvino Belini anunciou sua aposentadoria. Aos 68 anos, dos quais 44 dedicados ao Grupo Fiat, confirmou a saída definitiva na última sexta-feira (30). Ele ocupava, desde 2015, o cargo de “presidente de desenvolvimento” da FCA para a América Latina, como uma espécie de consultor.

Na gigante italiana desde 1973, Belini começou trabalhando na divisão industrial, na época Fiat Allis, em Contagem (MG). Ele atuou com tratores até 1986. Até 1994, trabalhou nas áreas de vendas, reposição, materiais e logística. Naquele ano, assumiria a direção geral e comercial da Fiat. Entre seus feitos, estão o trabalho de lançamento do Palio, carro mundial da marca na época, e o sistema de vendas Mille On Line. De 97 a 2003, ocupou a presidência da Magneti Marelli, sistemista da companhia. Em fevereiro de 2004, passou a presidir a italiana em Brasil e América Latina.

Foi com Belini que a Fiat estruturou Betim para ser o maior complexo de produção de diferentes veículos em uma mesma área no mundo. Ele também comandou a instalação da Jeep no Brasil e a chegada de produtos alinhados com a Europa, como Idea, Punto e Bravo.

Anúncios

E VOCÊ, O QUE ACHOU DESTA NOTÍCIA?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s