Metalúrgicos fazem greve na fábrica de motores da Ford em Taubaté (SP)


A Ford também está enfrentando greve em uma de suas fábricas. Os operários da planta de Taubaté (SP) paralisaram as linhas de montagem por tempo indeterminado. O sindicato local afirma haver um impasse relativo à escala de trabalho.

Segundo a entidade, os metalúrgicos desejam a jornada “normal”, trabalhando entre segunda e sexta-feira, com folgas aos sábados e domingos. A montadora argumenta que todos trabalham somente cinco dias por semana, porém, por questão de escala, parte descansa em algum dia útil em vez de sábado. O impasse rendeu a greve, aprovada em assembleia na segunda-feira (3).

Com cerca de 1,6 mil operários, a unidade de Taubaté produz transmissões manuais, motores 1.6 para EcoSport, Fiesta, Focus e Ka e os virabrequins do propulsor 1.0.

Anúncios

E VOCÊ, O QUE ACHOU DESTA NOTÍCIA?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s