França proibirá venda de veículos com motor a combustão a partir de 2040


Alemanha (leia aqui), Noruega (leia aqui) e outras quatro nações (leia aqui) já estudavam a possibilidade de colocar uma data limite para a vender de veículos com motor a combustão. No entanto, a França foi quem saiu na frente. O país do croissant anunciou que será proibida a comercialização de modelos consumidores de diesel ou gasolina até 2040. Quem garantiu a informação foi o ministro de Ecologia local, Nicolas Hulot.

Durante o anúncio, Hulot precisou responder a uma série de perguntas sobre a polêmica decisão. Ele classificou a medida como “uma verdadeira revolução” e que cumpri-la será uma tarefa árdua, mas ponderou que as montadoras já têm condições de seguir a regulamentação prevista para daqui 23 anos. “É uma questão de saúde pública”, defendeu.

Convém lembrar que as montadoras francesas, como o próprio Hulot lembrou, estão avançadas em tecnologias “limpas”. O Renault Zoe, por exemplo, é o carro elétrico mais vendido da Europa. Já a PSA Peugeot Citroën atua com “semi híbridos” a diesel há tempo, podendo desenvolver carros 100% movidos a eletricidade em médio prazo. Ela também firmou uma parceria, no passado, para comercializar compactos ecológicos derivados do Mitsubishi i-MiEV, chamados Peugeot i0n e Citroën C-Zero.

Nessa semana, a Volvo já confirmou que toda sua linha será eletrificada a partir de 2019 (leia aqui). No entanto, a sueca considera no bolo também os híbridos e semi híbridos.

Publicidade

E VOCÊ, O QUE ACHOU DESTA NOTÍCIA?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s