Acerto com sindicato pode matar seis carros da GM; híbrido Volt seria um deles


Chevrolet Volt

Sindicatos de metalúrgicos fazem pressão nas montadoras em todo o mundo. Um dos mais fortes, o UAW negocia acordos com a General Motors nos Estados Unidos, a fim de garantir a sobrevivência de algumas fábricas. Segundo representantes da entidade, a GM confirma a operação contínua de suas plantas, mas focando em picapes e SUVs e descontinuando modelos com baixas vendas. Ao todo, seis produtos devem sair de cena, incluindo o híbrido Chevrolet Volt.

Chevrolet Impala

Com a missão de se reorganizar e colocar a Chevrolet de volta ao topo de vendas nos EUA – atualmente, é a terceira atrás da líder Ford e da Toyota -, um dos projetos seria focar em veículos com maior demanda no Tio Sam. Inevitavelmente, carros de nicho estariam na mira, entre eles o ecologicamente correto Volt. Ele seria trocado por um crossover híbrido em 2022, mesclando o caráter “verde” ao tipo de carroceria mais procurado atualmente no mundo.

Cadillac CT6

Mas o Volt não seria a única vítima. O compacto Sonic, vendido no Brasil por cerca de dois anos, também não deve sobreviver. Sua categoria tem participação pouco relevante nos EUA. Chama atenção, porém, os quatro sedãs também ameaçados: o Chevrolet Impala, o Buick LaCrosse e os Cadillac XTS e CT6. Eles seriam os causadores da ociosidade de várias plantas, entre elas a de Hamtramck, em Detroit, que opera com cerca de 25% da capacidade total.

Buick LaCrosse

Anúncios

E VOCÊ, O QUE ACHOU DESTA NOTÍCIA?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s