Brasil estabelece novas regras de blindagem; determinação veio do Exército


O Exército Brasileiro determinou novas regras para a concessão de certificado de blindagem. Mediante a portaria nº 55, em vigor desde o último sábado (5), a entidade militar alterou as exigências para regulamentar a proteção balística brasileira. A ação deve encarecer o serviço, mas tornar os procedimentos mais seguros e confiáveis.

De acordo com o documento, a partir de agora o pedido de certificação do registro de blindagem deve partir do proprietário. Até então, a solicitação era feita pela empresa que realiza o serviço. No entanto, a medida vale apenas para veículos protegidos daqui em diante, deixando isentos os que já possuem a confirmação. O documento tem validade de três anos.

Além do registro, a portaria também altera a execução dos serviços. Agora, carros com teto solar terão de trocar a peça por uma janela fixo, impedindo sua abertura. Com relação à manutenção, fica proibido o reparo de vidros com bolhas ou delaminados, sendo obrigatória a substituição das peças, mesmo que o conserto seja possível. As blindadoras passam a ter de emitir um termo de responsabilidade com a descrição de todo o serviço contratado e executado.

Considerado o maior mercado de blindados do mundo, o Brasil tem a proteção Nível III-A como mais recomendada.

Anúncios

E VOCÊ, O QUE ACHOU DESTA NOTÍCIA?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s