Por Brasil, Argentina pode atrasar exigência do controle de estabilidade


O controle de estabilidade (ESP) já tem data para se tornar obrigatório no Brasil: 1º de janeiro de 2020 (leia aqui). Na Argentina, os governantes se adiantaram, exigindo o equipamento para dois anos antes (leia aqui). Porém, corre nos bastidores que as autoridades da nação vizinha estão avaliando postergar a entrada em vigor da lei, para acompanhar nosso País. Montadoras estariam pressionando pelo atraso, justificando-o como necessário para adequar os produtos dos dois mercados.

Segundo o Argentina AutoBlog, nenhuma fonte oficial confirma que seja possível atrasar a validação da lei. No entanto, o site obteve a informação extraoficial de que há pedidos de empresas ligadas à Adefa, associação que reúne as montadoras de lá, para postergar a obrigatoriedade. Elas pedem que se acompanhe a exigência brasileira, evitando que haja diferenças entre os produtos comercializados entre os dois maiores mercados da América do Sul.

Há rumores de que o decreto para atrasar a obrigatoriedade do ESP está pronto, apenas aguardando o momento mais oportuno para que seja assinado pelo presidente Mauricio Macri. Será?

[ Fonte: Argentina AutoBlog ]

Anúncios

E VOCÊ, O QUE ACHOU DESTA NOTÍCIA?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s