Frankfurt 2017: O que será exposto e o que virá ao Brasil


Os mais aficionados por carro sabem: a Europa possui três eventos automotivos mais impactantes. O anual de Genebra, sempre em março, e os de Paris e Frankfurt, que se alternam a cada ano, em setembro. Nos ímpares, como em 2017, cabe à cidade alemã ser o palco das grandes novidades do Velho Mundo no segundo semestre. No especial do ALL THE CARS, você fica sabendo quais os principais lançamentos, entre confirmados e esperados, para o evento germânico, além de ficar por dentro sobre quais deles podem e devem vir ao Brasil. Confira abaixo tudo o que esperamos do Salão de Frankfurt, que abre as portas no dia 14 de setembro.

AUDI – Uma das anfitriãs, a Audi prepara a estreia global da nova geração do A8 (leia aqui) para o Salão de Frankfurt. Ele ditará o futuro dos automóveis da marca de Ingostladt – os SUVs devem seguir uma receita própria -, embora avanços como o sistema elétrico de 48 volts devam ser expandidos a todos os produtos. Espera-se ainda pela estreia do RS4, derivado do A4 de nova geração, e até a segunda linhagem do A7, além de novidades acerca do Q8 e do próximo A6.

BENTLEY – Após lançar o SUV Bentayga (leia aqui), a Bentley concentrou esforços na renovação de seu líder de vendas atual. O Continental, assim, apresenta sua nova geração, a terceira da “era moderna” em Frankfurt. As soluções estéticas virão do conceito EXP 10 Speed 6 (leia aqui), de 2015, com algumas inovações internas oriundas do irmão crossover. Deste, aliás, também sai o motor W12 com 600 cv. A plataforma, segundo se conta, será derivada do Porsche Panamera.

BMW – Outra “dona da casa”, a BMW será uma das marcas com mais novidades para o público. Já estão confirmados produtos conhecidos, como o Série 6 GT (leia aqui), que substitui o Série 5 GT, e a nova geração do X3 (leia aqui), além da renovação do sedã M5 e das reestilizações do elétrico i3 e da minivan Série 2 Active Tourer. Entre os conceitos, espera-se o X7 (leia aqui). A imprensa europeia afirma ainda que a bávara terá outras surpresas: as novas gerações do Z4 e do X4, além da possível estreia global do X2.

CITROËN – Única subsidiária francesa da PSA presente – Peugeot e DS não estarão em Frankfurt -, a Citroën terá somente uma novidade. Trata-se do C3 Aircross (leia aqui), que atuará abaixo do C4 Cactus como SUV de acesso da montadora dos chevrons. Chegou a se especular sua vinda ao Brasil, embora as chances de lançamento sejam mínimas. Ele colocará a marca para brigar com Renault Captur e Opel Mokka, entre outros.

DACIA – Modelo mais carente de renovação da Dacia, o Duster está pronto para o evento alemão (leia aqui). Com ele, a marca romena pretende alcançar um público mais exigente, além de atender às grandes famílias. Maior que o SUV atual, ele terá espaço para até sete pessoas. Tem grandes chances de continuar em oferta no Brasil, mesmo após a chegada do Captur.

HYUNDAI – A maior montadora da Coreia do Sul também tem novidades para o Salão de Frankfurt. Todas elas, porém, já chegaram à mídia. Além do inédito SUV Kona/Kauai (leia aqui), a Hyundai vai expor o i30 N (leia aqui), versão esportiva do hatch, e o inovador i30 Fastback (leia aqui), que adiciona a famosa carroceria alongada à gama de seu médio-compacto europeu. Dos três, nenhum desembarcará por aqui.

JAGUAR – Em alta com sua gama renovada, a Jaguar fará dois importantes lançamentos globais em Frankfurt. O primeiro é o crossover E-Pace (leia aqui), que será a porta de entrada para seus SUVs, focado também no público jovem. O outro é a perua XF Sportbrake, que enfim chega à segunda geração (leia aqui). O utilitário está com passaporte carimbado para o Brasil, mas o modelo familiar dificilmente vem.

KIA – Também de olho no segmento de SUVs compactos, a Kia finalmente vai contar com seu representante. O Stonic (leia aqui) está garantido para o evento alemão, onde fará sua estreia ocidental. Aos poucos chegará a outras localidades, como Estados Unidos e até o Brasil, que o receberá com produção mexicana (leia aqui). A imprensa europeia aguarda também a terceira geração do hatch Cee’d, irmão do i30, que não vem ao Brasil.

MASERATI – Sem muito o que exibir, a italiana será a única empresa da FCA, junto de sua dona Ferrari, a aparecer em Frankfurt. A marca do cavalinho faz mistério sobre novidades, mas a do tridente confirmou a reestilização do GranTurismo (leia aqui) e deve renovar também o sedã Ghibli (leia aqui).

MERCEDES-BENZ – Junto da BMW, a Mercedes é uma das anfitriãs com mais novidades. A marca da estrela de três pontas deve apresentar a picape Classe X (leia aqui), a nova geração do Classe G (leia aqui), a reestilização do Classe S Coupé e um inédito superesportivo, conhecido até agora como Project One (leia aqui). A empresa poderia ainda exibir conceitos da quarta linhagem do hatch Classe A e do inédito crossover GLB.

MINI – Com a gama quase toda renovada, a Mini trata agora de ajudar sua dona, BMW, a reduzir as emissões. Por isso, levará a Frankfurt uma versão do Cooper movida somente a eletricidade. Ela deve ganhar as ruas em 2019 (leia aqui).

OPEL – Outra que joga em casa, a Opel está agora nas mãos da francesa PSA, mas não perde a veia germânica. Porém, ela ficará devendo em novidades. Seus destaques são o crossover Grandland X (leia aqui) e a volta do acabamento esportivo GSi, retornando no Insignia (leia aqui).

PORSCHE  – A marca de Stuttgart também não deve fazer feio em seu país. A Porsche deve apresentar a terceira geração do Cayenne, ainda que de maneira conceitual, e o 911 GT2 RS. O cupê deve ganhar ainda a carroceria Speedster, para marcar o fim de ciclo dessa geração. A imprensa europeia especula ainda a exibição do 718 Cayman GTS. Quando lançados, todos vêm ao Brasil.

RENAULT – Também sem muitas novidades a exibir, a Renault criou expectativa em torno do renovado Mégane RS. Várias fotos do modelo se espalharam pela Internet recentemente, porém a marca ainda não deu detalhes sobre o projeto. Ele não vem ao Brasil, infelizmente.

ROLLS-ROYCE – Após apresentar a oitava geração do Phantom (leia aqui), cabe agora à Rolls-Royce exibi-lo ao público. É claro que 99% dos presentes dificilmente poderão comprar uma unidade do modelo um dia, mas para apaixonados não há limites. Ele vem ao Brasil sob importação independente, com outros veículos de luxo.

SEAT – A Seat também avança sobre o segmento dos SUVs, agora com seu segundo representante. O Arona (leia aqui) será seu representante na faixa de compactos, como a marca espanhola já confirmou. Ele usa a plataforma MQB-A0, podendo adiantar, portanto, parte das soluções do futuro nacional T-Cross, o VW derivado do Polo.

SKODA – Outro SUV do Grupo Volkswagen a estrear em Frankfurt é o Karoq (leia aqui), da Skoda. Especulado como solução local para ocupar a faixa do T-Roc, com o nome Tharu (leia aqui), o crossover tcheco tem porte intermediário entre o Arona e o VW Tiguan de segunda geração. Deve colocar a marca na briga pelos utilitários esportivos de menor custo.

SUZUKI – Sem muito o que fazer em Frankfurt, a Suzuki levará ao evento a nova versão Sport do Swift (leia aqui). Totalmente revisto, o compacto volta a surgir como opção para o trânsito urbano, brigando em um dos segmentos mais badalados da Europa. Pode vir ao Brasil.

VOLKSWAGEN – A Volkswagen também não economizou nas novidades para a mostra alemã. Além da nova geração do Polo (leia aqui), a empresa fará a estreia global do T-Roc (leia aqui), derivado do Golf, que também é especulado no Brasil. Ele será uma opção mais arrojada entre os crossovers, disputando espaço com o Tiguan. A minivan Golf Sportsvan deve apresentar ainda uma leve reestilização.

AUSENTES – Nove marcas confirmaram ausência do Salão de Frankfurt 2017: Alfa Romeo, DS, Fiat, Infiniti, Jeep, Mitsubishi, Nissan, Peugeot e Volvo. Land Rover e Toyota não confirmaram novidades.

CHANCES DOS LANÇAMENTOS CHEGAREM AO BRASIL
Audi A8 – 100%
BMW i3 – 100%
BMW Série 6 GT – 100%
BMW X3 – 100%
Citroën C3 Aircross – 5%
Dacia (Renault) Duster – 80%
Hyundai i30 N/Fastback – – 0%
Hyundai Kona – 0%
Jaguar E-Pace – 100%
Jaguar XF Sporrtbrake – 5%
Kia Stonic – 100%
Kia Cee’d – 0%
Mercedes-Benz Classe G – 70%
Mercedes-Benz Classe X – 100%
Porsche Cayenne – 100%
Renault Mégane RS – 0%
Suzuki Swift Sport – 10%
VW Polo – 100%
VW T-ROC – 90%

[ Fontes: AutoMotorUndSport & L’Automobile ]

Anúncios

E VOCÊ, O QUE ACHOU DESTA NOTÍCIA?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s