Lifan anuncia suspensão de atividades na fábrica uruguaia por quatro meses


Fábrica de San José produzindo o Lifan X60

A fábrica da Lifan em San José, no Uruguai, será fechada temporariamente por mais uma vez. E novamente a “culpa” é do Brasil. A valorização do real frente ao peso local fez com que a chinesa decidisse suspender suas operações por cerca de quatro meses. Neste período, todos os 125 funcionários da unidade ficarão em casa.

Apesar de a Lifan não ter confirmado oficialmente a informação, ela foi revelada pelo presidente do sindicato da fábrica, Rubén Villafán. Ao jornal local La Diaria, o metalúrgico revelou que falta matéria-prima desde maio e que a direção da marca comunicou aos operários que a situação está “complicada” devido à “conjuntura da região”. O ritmo diário tem sido de 13 veículos, todos do modelo X80, que sequer foi lançado oficialmente no Brasil, embora a montadora tenha confirmado sua chegada ao País (leia aqui).

Ainda ao jornal, Villafán disse que a Lifan prometeu monitorar a situação mensalmente – ele aproveitou para elogiar o melhor relacionamento de funcionários com os chineses. No período, a empresa observará a evolução cambial do real, a possibilidade de montar carros elétricos na unidade uruguaia e até mesmo exportar veículos à Argentina, onde a operação é controlada por outra empresa.

Publicidade

E VOCÊ, O QUE ACHOU DESTA NOTÍCIA?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s