Futuro CEO da Mercedes admite descontinuação de modelos “impopulares”


Recém-anunciado como futuro CEO da Daimler (leia aqui), Ola Kaellenius admitiu a possibilidade de encerrar a oferta de modelos com baixa demanda da Mercedes-Benz. Atualmente chefe de P&D da companhia, o executivo indicou que a empresa pode enxugar a gama ao descontinuar produtos de procura reduzida. Seria o primeiro corte de produto da marca, que avançou para vários segmentos ao longo da duas últimas décadas.

A revelação de Kaellenius foi feita nos bastidores do Salão de Paris, ao site do programa Top Gear. “Estamos há quase 20 anos ampliando o portfólio, principalmente entre SUVs, e temos tido sucesso. Entre 2020 e 2022, nossa linha terá cerca de 40 produtos. Mas mesmo que gostemos de nossos ‘filhos’, temos de ser racionais e não hesitar em tirá-los de linha se necessário”, explicou o futuro CEO. Ou seja: é bem provável que sejam feitos cortes na gama em breve.

Kaellenius não especificou modelos, mas há vários produtos especulados para sair de cena. Entre eles, está o conversível SLC, que registra vendas pouco expressivas, e a perua CLA Shooting Brake.

[ Fonte: Top Gear ]

Publicidade

E VOCÊ, O QUE ACHOU DESTA NOTÍCIA?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s