Diesel segue perdendo espaço na Europa


A Europa decidiu mesmo preterir os motores a diesel em favor de outras formas de propulsão para automóveis. Desde a eclosão do escândalo Dieselgate, modelos com esse equipamento vêm perdendo vendas na região. No primeiro semestre de 2018, a participação decaiu para 36,5%, com 3,12 milhões de emplacamentos. Ela era de 46,3% em 2017, segundo a agência Reuters (leia aqui).

A retração acentuada é uma amostra da mudança de comportamento do consumidor europeu. O volume de vendas de carros a diesel, por exemplo, baixou 16% na primeira metade desse ano. Como reflexo desse movimento, as montadoras têm diminuído também a oferta destes motores, como a Porsche, que encerrou de vez a produção de veículos com tais propulsores. Além da queda na procura, as leis ambientais cada vez mais restritivas colocaram os modelos a diesel em xeque.

Publicidade

E VOCÊ, O QUE ACHOU DESTA NOTÍCIA?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s