Salão: Lexus apresenta UX e ES e confirma linha completamente híbrida


Lexus ES

A Lexus anunciou uma mudança impactante na sua estratégia comercial brasileira. Na coletiva prévia do Salão do Automóvel de São Paulo, a divisão de luxo do Grupo Toyota revelou que passará a comercializar apenas veículos com propulsão híbrida no País a partir do segundo semestre de 2019. Para alcançar o objetivo, falta apenas modificar a gama do SUV RX. Mas a família ganhará ainda dois membros: o crossover UX, já esperado por nós (leia aqui), e o sedã ES, ambos com motorização ecológica.

Lexus UX

Construído sobre a plataforma TNGA em sua versão menor (GA-C), que dá base também ao Toyota Prius, o UX é um crossover pequeno, desenvolvido para enfrentar Audi Q3, BMW X1 e Mercedes-Benz GLA. Ele mantém o perfil agressivo dos Lexus recentes, com faróis estreitos, enorme grade frontal e carroceria esculpida, mas traz diferenciais, como a ausência de vigias nas colunas C e as lanternas inteiriças.

Lexus UX

Com seus 4,495 metros de comprimento e 2,64 m de entre-eixos, o UX será comercializado apenas com a motorização 250h. Ela une o 2.0 a gasolina de 145 cv (ciclo Atkinson) a um elétrico de 107 cv, que disponibilizam, juntos, 181 cv. Já os níveis de acabamento são três (Dynamic, Luxury e F-Sport), com preços que variam de R$ 170 mil a R$ 210 mil. Ele já pode ser reservado, mas as entregas começam apenas no primeiro trimestre de 2019.

Lexus UX

A outra novidade é a nova geração do sedã ES, que infelizmente não traz os retrovisores digitais estreados no Japão (leia aqui). Apresentado globalmente em abril (leia aqui), ele também é feito sobre a plataforma TNGA, mas com a variação intermediária (GA-K). A estrutura permitiu expandir suas medidas, alcançando 4,96 metros de comprimento (+6,5 centímetros) e 2,87 m de entre-eixos (+5 cm). O visual se alinha ao restante da gama, inspirando-se no irmão maior LS – já oferecido no Brasil (leia aqui).

Lexus ES

Também adequado à nova política da Lexus, o ES chega com a motorização única 300h. O sistema é composto pelo 2.5 16v a gasolina, com combustão em ciclo Atkinson, e um propulsor elétrico, totalizando 218 cv. As baterias são de níquel metal, menos eficientes que as de íons de lítio. Trazido apenas na versão Luxury (R$ 239.990), o sedã garante itens como central multimídia com tela de 12,3 polegadas, faróis Full LED, teto solar, interior em couro e madeira, dez airbags, entre outros.

A Lexus inicia suas vendas já em novembro, com primeiras entregas previstas para dezembro.

Lexus ES

EXPANSÃO E GAMA 100% HÍBRIDA

Com a nova estratégia, o Brasil se torna o primeiro mercado do mundo 100% híbrido para a Lexus. Vale lembrar que isso só ocorrerá quando o crossover RX também ganhar uma variação ecológica, o que está previsto para os segundo semestre de 2019. O modelo 450h, porém, ainda não tem estimativas de preço.

Lexus RX 450h

Com a gama eletrificada, a Lexus almeja alavancar suas vendas no País. Ela se desvinculou da Toyota apena em 2012, quando abriu sua primeira revenda exclusiva por aqui. A rede hoje conta com 25 pontos de atendimento, entre showrooms, distribuição e pós-venda, o que, para a marca, cobre 80% do mercado de luxo do Brasil. Em 2018, a tendência é comercializar 800 exemplares, ampliando para dois mil em 2019.

Anúncios

E VOCÊ, O QUE ACHOU DESTA NOTÍCIA?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s