F1: Williams confirma Kubica; polonês volta após oito temporadas


[Foto: Formula1.com]

Confirmando os rumores, a Williams anunciou Robert Kubica como dono de um de seus assentos titulares para a temporada 2019 da Fórmula 1. Aos 33 anos – quase 34 -, o polonês retorna à categoria após um hiato de oito campeonatos, tendo alinhado pela última vez em 2010.

Kubica era especulado no time inglês desde o ano passado, mas acabou preterido em favor do novato russo Sergey Sirotkin, que trazia um pesado patrocinador. Os resultados inexpressivos do estreante e a existência de um apoiador endinheirado agora ao lado do polonês pesaram em favor da troca. Além disso, Robert vinha guiando como reserva da Williams e tem vasta experiência no automobilismo.

Com o acerto de Kubica com a Williams, resta apenas uma vaga na Fórmula 1 2019. Por ora, a Toro Rosso tem somente o russo Daniil Kvyat garantido, mas o inglês Dan Ticktum é dado como certo para acompanhá-lo na próxima temporada. Há também a Racing Point Force India, que renovou com Sergio Perez e falta garantir Lance Stroll, filho do líder do consórcio que adquiriu a equipe asiática.

[Foto: Formula1.com]

RESUMO DA TRAJETÓRIA

Os fãs da Fórmula 1 reagiram positivamente ao retorno de Kubica. Primeiro polonês a alinhar na categoria, em 2006, ele era considerado um dos grandes talentos de sua geração, tendo registrado resultados expressivos: foi responsável pela primeiras primeiras e únicas vitória (GP do Canadá em 2008) e pole da BMW Sauber (GP do Bahrein no mesmo ano). Naquele ano, terminaria em quarto no Mundial de Pilotos.

Após quatro temporadas com os alemães, que encerrariam a parceria com a Sauber, Robert migrava para a Renault com um contrato de dois anos. O time francês, porém, vivia instabilidade, tendo anunciado a venda da maior parte de seus ativos ainda no início de 2010. O polonês tinha um pré-acordo com a Ferrari para 2012, mas no início de 2011 sofreu um grave acidente durante uma prova de rali na Itália. Ele quase teve o braço direito amputado, sofrendo com lesões e perda de mobilidade.

Após quase dois anos de inatividade, Kubica voltaria às pistas também em uma etapa de rali na Itália, em setembro de 2012. No ano seguinte, passara ao Mundial de Rali (WRC), permanecendo até o fim de 2016. Depois disso, faria testes e exibições em carros de longa duração, como os cupês da GTE e os protótipos da LMP1, além dos elétricos da Fórmula E. Em 2017, retornaria à Renault para testes, sendo bastante elogiado pela direção da equipe. No mesmo ano, a Williams chamaria Kubica para guiar seu monoposto. Ele era o favorito para substituir Felipe Massa, mas fora preterido pelos recursos do russo Sirotkin.

Por ora, está assim o grid da Fórmula 1 2019:

MERCEDES-AMG PETRONAS
#44 Lewis Hamilton (ING) *
#77 Valtteri Bottas (FIN) *

FERRARI
#5 Sebastian Vetttel (ALE) *
#16 Charles Leclerc (FRA) *

ASTON MARTIN RED BULL-HONDA
#33 Max Verstappen (HOL) *
#10 Pierre Gasly (FRA) *

RENAULT
#3 Daniel Ricciardo (AUS) *
#27 Nico Hulkenberg (ALE) *

HAAS-FERRARI
#8 Romain Grosjean (FRA) *
#20 Kevin Magnussen (DIN) *

RACING POINT-MERCEDES
#11 Sergio Perez (MEX) *
#19 Lance Stroll (CAN) ?

MCLAREN-RENAULT
#55 Carlos Sainz (ESP) *
#?? Lando Norris (ING) *

TORO ROSSO-HONDA
#?? Daniil Kvyat (RUS) *
#28 Brendon Hartley (NZL) / ?? Dan Ticktum (ING) ?

ALFA ROMEO SAUBER-FERRARI
#7 Kimi Raikkonen (FIN) *
#?? Antonio Giovinazzi (ITA) *

WILLIAMS-MERCEDES
#?? George Russel (ING) *
#?? Robert Kubica (POL) *

Com “*” = Confirmados
Com “?” = Incertos

Publicidade

E VOCÊ, O QUE ACHOU DESTA NOTÍCIA?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s