PSA e Toyota confirmam fim de parceria para produzir compactos


Citroën C1

Confirmando os rumores (leia aqui), Toyota e PSA anunciaram o fim da joint-venture que previa o desenvolvimento e a produção de subcompactos na Europa. A união, que deu origem a duas gerações dos hatches C1, 108 e Aygo, vai durar até o final de 2020. A partir de janeiro de 2021, a fábrica das parceiras em Kolin, na República Tcheca, passará a ser controlada somente pela gigante japonesa.

Peugeot 108

Ao confirmar o fim da parceria, a Toyota revelou que a planta tcheca passa a fazer parte de sua subsidiária europeia, que já conta com outras sete fábricas – entre de veículos e motores. Por ora, porém, ela afirma que vai continuar produzido os subcompactos, embora não tenha confirmado uma data final para as atividades. A joint-venture, vale lembrar, foi estabelecida em 2002.

Toyota Aygo

O fim da parceria para compactos, todavia, não significa a separação total das companhias. Atualmente, a PSA usa a plataforma de seus utilitários médios Expert e Jumpy para fazer o Toyota Proace (leia aqui) na França. Até o fim de 2019, a base de Partner e Berlingo renderá um furgão compacto para a japonesa, com produção na planta espanhola de Vigo.

E VOCÊ, O QUE ACHOU DESTA NOTÍCIA?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s