Elétricos já são maioria na Noruega; eles representaram 58% das vendas em março


Estacionamento público em Oslo, capital da Noruega

Grande exportadora de petróleo, a Noruega segue caminhando para dar fim aos carros a combustão em seu território. O país já anunciou que pretende proibir suas vendas em 2025 e bani-los de circulação até 2050 (leia aqui) e oferece incentivos para compra e manutenção de elétricos. A política tem dado resultados: os ecologicamente corretos representaram 58,4% dos emplacamentos da nação nórdica em março, um recorde global. E a tendência é que essa fatia aumente nos próximos meses.

Segundo a Federação Rodoviária Norueguesa (NRF), a participação dos elétricos nas vendas internas cresce a cada ano. Em 2017, eles representavam 20,8% dos emplacamentos totais. No ano passado, a fatia subiu para 31,2%. A Associação Norueguesa de Veículos Elétricos (NEV) projeta que o percentual chegue à casa dos 50% em 2019, consolidando o país como líder mundial nesse sentido, bem à frente dos demais.

A Agência Internacional de Energia (IEA) aponta que, contando híbridos, a participação dos eletrificados na Noruega em 2018 foi de 39%. A Islândia é a segunda colocada nesse ranking, com 12%, seguida pela Suécia, com 6%. Líder em volume, com cerca de um milhão de emplacamentos, a China observa fatia de 2,2% para os ecologicamente corretos, enquanto nos Estados Unidos eles representam 1,2% do bolo total.

Publicidade

E VOCÊ, O QUE ACHOU DESTA NOTÍCIA?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s