Mercedes-Benz oficializa linhas do GLB


Adiantado como conceito no Salão de Xangai (leia aqui), o GLB enfim se torna realidade. A Mercedes-Benz apresenta seu mais novo SUV, que fará a ponte entre o mais urbano GLA (leia aqui) e o GLC (leia aqui). Além do desenho estilo “caixote”, inspirado no Classe G (leia aqui), ele tem como diferencial o espaço para até sete ocupantes, algo que os irmãos de porte parecido não dispõem. O modelo chega às lojas no final de 2019, com produção no México (leia aqui) destinada a quase todo o mundo, à exceção da China.

As mudanças do modelo de produção em relação ao conceito são as já esperadas. Mantendo as formas gerais, o GLB definitivo traz para-choques e grade com o padrão da Mercedes, base da carroceria com plásticos sem pintura (em vez de tingidos em preto brilhante) e retrovisores arredondados. Chama atenção a grande peça cromada envolvendo as saídas de escape, a depender do modelo escolhido.

O habitáculo tampouco surpreende, seguindo o padrão do restante da linha de acesso da marca, composta por Classe A, Classe B, CLA, entre outros. Há diferença apenas na porção do painel em frente ao carona e nas portas, mantendo componentes como as duas telas de 10,25 polegadas cada para central multimídia MBUX e quadro de instrumentos. Com seus 4,634 metros de comprimento, 1,834 m de largura e 1,658 m de altura, o GLB pode levar cinco ou sete passageiros. Caso se opte pela terceira fileira, ela vai equipada com um porta-copos central, duas portas USB nas extremidades e até ancoragens Isofix. Seu porta-malas comporta 560 litros (cinco lugares).

Inicialmente, a gama de motores do GLB dispõe de quatro opções. A linha a diesel conta com dois 2.0: o de 150 cv (200d) possui trações dianteira ou integral 4Matic, enquanto o de 190 cv (220d) sai somente com o sistema 4×4. A gasolina, são outros dois: o 1.3 de 163 cv (200), sempre com tração dianteira, e o 2.0 de 224 cv (250), de fábrica com o 4Matic. Todos têm câmbio de dupla embreagem, com sete relações para o 1.3 e oito marchas para os demais.

O GLB será montado pela Mercedes em Aguascalientes, no México, de onde será exportado ao Brasil. O lançamento por aqui deve acontecer no primeiro semestre de 2020.

Anúncios

E VOCÊ, O QUE ACHOU DESTA NOTÍCIA?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s