Grupo Caoa confirma compra de fábrica de caminhões da Ford em São Bernardo


Publicamente interessado na compra da fábrica da Ford em São Bernardo do Campo (SP) desde fevereiro (leia aqui), quando a norte-americana anunciou o fechamento da unidade (leia aqui), o Grupo Caoa confirmou a aquisição do complexo fabril. Em entrevista no Palácio dos Bandeirantes, sede do governo estadual de São Paulo, representantes das duas companhias, além do governador João Doria, deram o negócio como certo. Todavia, os detalhes do acordo só serão comunicados em 45 dias. De início, a empresa brasileira garante apenas dar continuidade à montagem de caminhões no local, além de um automóvel, ainda não revelado.

Nesse momento, o negócio passa por um processo chamado due diligence. O termo significa que a empresa compradora analisa informações sobre a companhia a ser vendida, a fim de avaliar concretamente valores a serem despendidos com custos e investimentos. A definição dos produtos que sairão de suas linhas de montagem também fica pendente a este procedimento.

Oliveira Andrade (esq.), João Doria e Lyle Watters, da Ford América do Sul

Segundo o fundador do Grupo Caoa, Carlos Alberto de Oliveira Andrade, a fábrica “passará por mudanças para se tornar viável e lucrativa”. Ele não deu detalhes sobre o procedimento futuro, mas deu a entender que automóvel produzido em SBC não será de Chery e Hyundai, suas atuais aliadas no País. Rumores indicam um acerto da companhia brasileira com a chinesa Changan, que desembarcou por aqui anteriormente como Chana, mas não há ainda uma garantia oficial desse acordo.

O presidente do Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, Wagner Santana, confirmou, todavia, que os caminhões lá montados continuarão a ser da Ford. A gigante do oval azul conduzirá a operação até 31 de outubro. A partir daí, o Grupo Caoa comandará a planta, “produzindo sob licenciamento da montadora”, segundo Santana. Ele revela ainda que a linha de montagem possui 600 funcionários, com estimativa de geração de 750 vagas por parte da companhia brasileira. Os cerca de 600 colaboradores da Ford da área administrativa seguirão ligados à norte-americana.

Anúncios

E VOCÊ, O QUE ACHOU DESTA NOTÍCIA?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s