Governo pretende isentar cobrança de pedágio de motociclistas em vias federais


Bolsonaro anuncia fim de cobrança de pedágio para motocicletas

O governo federal quer remover a cobrança de pedágio para motociclistas em estradas federais. Nessa quarta-feira (19), o Presidente da República Jair Bolsonaro anunciou que a isenção será válida para todas as futuras concessões daqui em diante, começando pela BR-116, também conhecida como Rodovia Presidente Dutra, que liga São Paulo (SP) e Rio de Janeiro (RJ). A revelação foi feita durante o lançamento do programa Gigantes do Asfalto.

Na ocasião, Bolsonaro disse que a medida faz parte do plano do governo de reduzir o peso do Estado sobre o trabalhador. “O que nós pudermos fazer para desburocratizar, desregulamentar, tirar o Estado do cangote do profissional, nós faremos”, afirmou. O Presidente já havia revelado o plano em setembro de 2020, indicando que pediria a isenção formalmente ao Ministro da Infraestrutura, Tarcísio de Freitas. “Batemos o martelo agora, depois de alguns dias de conversa com o Tarcísio. Em todas as novas concessões do Brasil, o motociclista não mais pagará pedágio”, continuou.

Além do anúncio, o governo também validou o projeto que torna a cobrança de pedágio proporcional à quilometragem percorrida (leia aqui). O sistema já é utilizado em mais de 20 países e utiliza radares para calcular o percurso e realizar automaticamente a cobrança, dando fim às praças de pagamento e às filas que elas causam.

E VOCÊ, O QUE ACHOU DESTA NOTÍCIA?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s