F1: CEO da Williams elogia Latifi; Chefe da AlphaTauri deseja manter dupla


Formula One World ChampionshipCapito, CEO da Williams (esq.), e Nicholas Latifi

As férias de intertemporada da Fórmula 1 são sempre terreno fértil para o surgimento dos mais variados rumores, em especial sobre o mercado de pilotos. Dessa vez, porém, não há confirmações de contratação ou renovação, apenas fortes palavras de dirigentes. Como no caso de Jost Capito, CEO da Williams, que elogiou bastante o trabalho de Nicholas Latifi. É o que ocorre também na AlphaTauri, com o comandante Franz Tost afirmando que tem interesse em manter a dupla de 2021, formada por Pierre Gasly e Yuki Tsunoda, por pelo menos mais uma temporada.

As palavras de Capito surgiram como forma de apoiar Latifi. O canadense sempre fora contestado, principalmente por ser um “piloto pagante”, algo que os fãs da categoria costumam desprezar. O sétimo lugar no GP da Hungria, porém, que o deixaram inclusive à frente do badalado companheiro de time, George Russell, foi um alento ao piloto. “Isso mostra o quanto Nicky merece estar na F1”, disse o CEO.

Para o comandante da Williams, o rendimento pode ter um efeito bastante positivo sobre Latifi. Afinal, em 27 disputas, ele jamais superou Russell nas qualificações. Todavia, em 2021, terminou três vezes à frente do inglês, uma a mais do que ao longo de 2020. “Estou certo que será um grande impulso para ele e que dará a ele muita autoconfiança. Qualificar atrás de George e terminar à frente é uma grande motivação, com certeza”, acrescentou. Russell tem sido fortemente ligado à Mercedes, substituindo Valtteri Bottas. Dessa forma, elogios a Capito podem ser uma tentativa de animar o único da dupla que continuará na Williams em 2022.

Se a mudança na Williams é dada como certa, a AlphaTauri caminha sobre um terreno menos firme. O time B da Red Bull tem histórico de mudar bastante seus pilotos, inclusive fazendo-o no meio de uma temporada. Mas Tost acredita que será bastante positivo manter a dupla atual, formada por Gasly e Tsunoda. O francês cravou sua primeira vitória na carreira com a equipe em 2020, no GP da Itália, enquanto o japonês fez sua estreia em 2021.

1328910168AlphaTauri conta com Gasly (esq.) e Tsunoda

Para o comandante da equipe italiana, sua dupla estará em grande forma no futuro. Gasly dispensa apresentações: além da vitória, tem entregado desempenho impressionante na escuderia. Tsunoda, porém, ainda está devendo em relação à expectativa inicial criada sobre ele. “Eu espero que continuemos com os dois, porque Pierre é um piloto fantástico e quero manter Yuki porque esperamos que esteja forte na segunda parte da temporada. (…) É preciso dizer também que, até agora, ele tem feito um bom trabalho, pois não devemos esquecer é novato”, aponta.

Publicidade

E VOCÊ, O QUE ACHOU DESTA NOTÍCIA?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s