Peugeot 208 elétrico chega por R$ 244.990


Há um ano (leia aqui), a Peugeot apresentava a segunda geração do 208 com motores 1.6 Flex e elétrico. O primeiro chegou de imediato, oriundo da Argentina, mas apenas agora a marca cumpre a promessa, iniciando as vendas da variação ecologicamente correta. O e-208 GT chega para brigar com Fiat 500e (leia aqui) e Mini Cooper SE (leia aqui), partindo de R$ 244.990.

Visualmente, o e-208 tem poucas mudanças frente ao hatch argentino, adotando grade específica, rodas com desenho aerodinâmico e para-lamas dotados de apliques. Por dentro, recebe instrumentação específica, claro, além de um acabamento mais refinado, haja vista sua produção europeia. Alguns componentes, como a alavanca de câmbio, vêm de produtos mais caros da Peugeot. Para cá, a marca afirma ter reforçado as bandejas de suspensão, mas manteve os pneus Run Flat, que podem circular por até 80 quilômetros sem pressão.

O destaque, todavia, fica para a motorização. Sob o capô, esconde-se o propulsor elétrico de 136 cv e 26,5 kgfm, que, segundo a Peugeot, levam o 208 de zero a 100 km/h em 8,3 segundos. O sistema pode ser operado nos modos Drive, Eco (otimiza o uso de energia) e Sport (prioriza desempenho). Na alavanca do painel, há cinco posições: Park – estacionamento), D (Drive), N (Neutro), R (Ré) e B Mode. Este último atua para regenerar a bateria, favorecendo à maior autonomia, podendo ser definido entre “moderado” e “aumentado”, este último com o pedal do acelerador também influenciando na desaceleração.

A bateria do hatch possui 50 kWh de capacidade, garantindo autonomia média de 340 km (ciclo WLTP, mais recente). Ela pode ser recarregada em tomadas domésticas ou em pontos rápidos, sejam eles de correntes contínua (CCS-2) ou alternada (Type 2). O tempo necessário para repor 80% da energia varia de acordo com a origem da eletricidade, indo de quase 25 horas (tomadas residenciais) a cerca de 30 minutos (eletropostos de 100 kW). A bateria tem garantia de oito anos ou 160 mil quilômetros.

A Peugeot não deu detalhes sobre o conteúdo do e-208 GT. Em destaque, apenas que os 20 primeiros compradores do hatch receberão uma estação de recarga doméstica da WEG como cortesia. Inicialmente, o hatch só estará disponível em São Paulo (SP) e Rio de Janeiro (RJ), mas deve ter as vendas estendidas, aos poucos, a outros cantos do País. A montadora destaca a parceria com a Ecovagas (leia aqui), que dispõe de 150 pontos de recarga espalhados por 23 grandes cidades de 10 estados.

Publicidade

E VOCÊ, O QUE ACHOU DESTA NOTÍCIA?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s