Vendas: Dezembro tem queda frente a 2020 e 2021 fecha ano com alta de 1,21%


A falta de componentes, em especial semicondutores, refletiu nas vendas de veículos no Brasil, especialmente no fim do ano. Tradicionalmente uma época de maior demanda, ela sofreu retração frente a 2020. Em dezembro, foram emplacados 193.555 automóveis e comerciais leves, 20,21% a mais que em novembro (leia aqui), mas 16,84% menos que no mesmo mês do ano passado. Dessa forma, 2021 fechou com 1.974.431 licenciamentos, ou apenas 1,21% acima do período anterior. Os dados são da Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores (Fenabrave).

O resultado final de 2021 foi totalmente inesperado pela Fenabrave, que projetava um avanço de 16% para este ano em relação a 2020. A escassez de autopeças pegou a indústria global de surpresa e derrubou as vendas, mesmo com demanda existente, algo que nem o fim das operações locais da Ford impactou. “Temos pedidos que não conseguimos atender em 2021. Estamos otimistas em busca de normalidade do sistema, mas dependemos da produção da indústria. Se houver problemas novamente, precisará ser revisto novamente”, pontua o novo presidente da entidade, José Maurício Andreta Jr.

Ainda que a expectativa para 2022 seja otimista, as previsões de Fenabrave são bem mais tímidas. A entidade aponta para crescimento de 4,6%.

Para conferir as vendas mensais, acesse abaixo:
Janeiro
Fevereiro
Março
Abril
Maio
Junho
Julho
Agosto
Setembro
Outubro
Novembro

Publicidade

E VOCÊ, O QUE ACHOU DESTA NOTÍCIA?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s