Chevrolet Bolt chega em setembro


Com preços anunciados há um ano (leia aqui), o reestilizado Bolt ainda não desembarcou no Brasil. A “culpa” é estrangeira: a Chevrolet precisou fazer um grande recall nas baterias do modelo, o que chegou a atrasar a entrega de unidades, a fábrica enfrentou uma paralisação extensa nos Estados Unidos. De volta ao mercado norte-americano, ele agora tem previsão para enfim desembarcar por aqui: setembro.

Visualmente, o reformado Bolt exibe diferenças em faróis, “grade”, para-choques, lanternas e vários outros elementos. Por dentro, a mudança é ainda mais notável, com destaque para o acabamento mais refinado e o redesenho do painel. Outra novidade está no seletor do câmbio, agora por botões. A lista de itens contempla aparelho de som Bose com subwoofer, carregador de celular sem fio, controle de velocidade adaptativo (ACC), frenagem autônoma de emergência (AEB), auxílio de permanência de faixa (KLA), aviso de pontos cegos (BSA), entre outros.

Na mecânica, não há alterações. O motor elétrico entrega 203 cv e 36,7 kgfm, sendo alimentado por baterias de 66 kWh. Segundo a Chevrolet, o Bolt vai de zero a 100 km/h em 7,3 segundos. A autonomia homologada pela agência ambiental dos EUA (EPA) é de 416 km, enquanto o ciclo europeu WLTP aponta 459 km por recarga. A reposição pode ser feita pela novo carregador residencial, chamado Home Charge Pulsar Plus, que suporta potências entre 5,92 kW (7,4kVA) e 17,6 kW (22kVA). O gerenciamento da recarga pode ser feito remotamente, por aplicativo.

Ainda sem preço, o Bolt 2023 será oferecido em apenas 78 concessionárias da Chevrolet no Brasil.

Publicidade

E VOCÊ, O QUE ACHOU DESTA NOTÍCIA?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s