Mitsubishi renova ASX na Europa


A Mitsubishi apresentou a segunda geração do ASX, que continua vivo em primeira linhagem, em mercados como o Brasil, o batismo Outlander Sport. Agora, em vez de um projeto próprio, o modelo toma por base o Renault Captur europeu (leia aqui). O ponto negativo fica para a personalidade do visual: a japonesa não se esforçou muito para modificá-lo, alterando somente grade frontal e tampa do porta-malas. A estreia comercial acontece no primeiro trimestre de 2023, na Alemanha.

Como dito, as diferenças entre ASX e Captur são bastante sutis. Na dianteira, além do logotipo, obviamente, há mudança apenas na composição da grade, adotando-se um padrão estranho até mesmo para a linguagem visual atual da Mitsubishi. Atrás, a tampa do porta-malas teve o logotipo da Renault trocado por… nada! Ali está apenas a peça que envolve a câmera de ré, enquanto o nome da montadora japonesa aparece escrito por extenso. Nada mais foi trocado, além dos emblemas das rodas, o que também ocorre no interior: a única novidade é o logotipo no miolo do volante.

https://allthecars.files.wordpress.com/2019/07/renault-captur-europa-2020-02.jpeg

Se a parte visual não mudou, a mecânica tampouco foi alterada. O ASX mantém as opções de motorização turbinadas do Captur: 1.0 de 92 cv, 1.3 com sistema híbrido leve (MHEV) de 142 cv, 1.6 com sistema híbrido (HEV) de 147 cv e 1.6 com híbrido plug-in (PHEV) de 162 cv.

O ASX será montado ao lado do Captur na fábrica da Renault em Valladollid, Espanha.

PRA QUE ISSO, MIT?

A simples troca de logotipos para tornar o Captur um ASX pode fazer com que fãs da Mitsubishi rejeitem bastante o modelo. Mas o fato é que a marca, com caixa limitado, precisa ampliar sua gama de produtos na Europa sem gastar muito. Até pouco tempo, inclusive, a própria empresa havia garantido que deixaria o Velho Continente.

Com a absorção por parte da Renault-Nissan e a maior integração entre as marcas, usar a base do Captur para fazer um renovado ASX foi a solução mais rápida e barata para aumentar o leque da Mit. A empresa inclusive não tinha um SUV de segmento B. Com o novo modelo, ela brigará na faixa de Jeep Renegade e companhia, ampliando sua faixa de mercado.

Publicidade

E VOCÊ, O QUE ACHOU DESTA NOTÍCIA?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s