Volkswagen anuncia mais 13 novidades para a América do Sul até 2025


VW Virtus reestilizado

A Volkswagen anunciou um novo plano de operação para a América do Sul, vigente até 2025. A companhia revelou que fará uma reorganização interna, modificando o âmbito corporativo, priorizando atividades de baixo impacto para ser “neutra de carbono” e ampliando as ações digitais. No mercado, a grande novidade foi a confirmação de 13 lançamentos para a região, dos quais fazem parte modelos como o iminente Virtus reestilizado e o elétrico ID.4. O programa engloba ainda os reestilizados Jetta GLI (leia aqui) e Polo (leia aqui), já lançados no Brasil.

VIRTUS

O primeiro a chegar, dentre as 13 novidades previstas, será justamente o Virtus. Em relação ao Polo, ele passará a ter design próprio, adotando faróis do Nivus (leia aqui), mas com grade e para-choque próprios na dianteira, além de lanternas revistas. Do irmão hatch, virão as modificações internas e equipamentos como o carregador de celular sem fio, embora rumores  de que o sedã ficaria mais refinado indiquem que ele também terá itens exclusivos. Sobre o motor 1.0 TSI menos potente, que no Polo 2023 tem 109/116 cv e e 17,2 kgfm em vez dos 116/128 cv e 20,4 kgfm do modelo 2022, nada se confirma.

Polo GTI europeu

POLO E VIRTUS GTS

Depois do já revelado Polo e do iminente Virtus, a Volkswagen vai atualizar as versões GTS da dupla. Elas serão lançadas em um segundo momento, para terem seu próprio momento de brilhar. A reforma estética será inspirada na aplicada nos demais acabamentos, mas o hatch ganhará os faróis em LED Matrix do Polo GTI vendido na Europa. O lançamento dos esportivos, ainda diferenciados pelo motor 1.4 Turbo Flex de 150 cv, será na primeira metade de 2023.

POLO TRACK

Outra promessa para 2023 é o inédito Polo Track. Desenvolvido no Brasil, ele toma por base o hatch homônimo, mas terá menos equipamentos e provavelmente usará o interior do compacto atual. Ele também será movido apenas pelo 1.0 MPI de 75/84 cv, com câmbio manual de cinco marchas. Sua missão será substituir o antigo campeão de vendas Gol, que sai de cena em definitivo no fim de 2022.

Frente do T-Cross na China

T-CROSS

Depois de Polo e Virtus, é a vez do T-Cross ganhar sua reforma de meia vida. O SUV deve passar por modificações estéticas leves, além de receber equipamentos inéditos. Uma melhora de acabamento seria bem-vinda em um segmento cada vez mais recheado, especialmente com produtos recentes como Honda HR-V e Hyundai Creta. A apresentação deve acontecer no segundo semestre de 2023.

Taigo, o Nivus europeu

NIVUS

Irmão do Polo, o Nivus chegou ao mercado em 2021. Se considerarmos o ciclo dos irmãos, o crossover deve passar por uma reestilização de meia vida apenas em 2025. Algumas soluções do futuro modelo viriam do irmão europeu Taigo, entre elas o acabamento interno mais esmerado e até mesmo opcionais como o teto solar. Por ora, porém, o resultado final é mera especulação.

TIGUAN

Apresentado lá fora em 2020 (leia aqui), o reformado Tiguan é esperando ansiosamente por aqui. Ele já deixou as tabelas oficiais da marca, é claro, mas tende a retornar ao País. Ao voltar, o SUV viria novamente em configuração única, com motor 2.0 Turbo de 230 cv e tração integral.

ID.4

A gama “ecológica” da Volkswagen está no radar da divisão brasileira. Depois de desembarcar apenas para exibição, o ID.4 deve ser trazido ao País em comercialização regular, sendo o primeiro elétrico da empresa importado para cá oficialmente. Após sua vinda, outros produtos devem ser formalizados. A expectativa é que o lançamento ocorra na segunda metade de 2023.

AMAROK

Já sabemos que a segunda geração da Amarok não está nos planos da Volkswagen para a América do Sul. Por aqui, a empresa já confirmou que a primeira linhagem passará por uma reforma significativa (leia aqui), a fim de ganhar sobrevida frente à nova geração de rivais que terá. A mudança será pesada, pois o modelo precisará enfrentar produtos bem mais modernos – uma solução que, já vimos anteriormente, é bem difícil de ser obtida. O lançamento ocorre em 2024.

SAVEIRO

Quem deve ganhar sobrevida também é a Saveiro. Ainda que Gol e Voyage deem adeus, a picape permaneceria em oferta até que uma substituta, talvez a Tarok, chegasse ao mercado nacional. Não é de se duvidar que ela ganhe um “tapa” no visual apenas para dar frescor às linhas, antes de deixar de ser produzida em definitivo.

OUTROS PROJETOS

Além dos 10 modelos listados acima, há espaço para pelo menos outras três novidades dentro do planejamento da Volks. Entre os especulados, está um SUV menor que Nivus e T-Cross para atuar como opção de acesso na gama da marca, podendo até trazer de volta o nome “Gol”. Há ainda esperanças de que a picape Tarok, rival da Fiat Toro, possa enfim ver a luz do sol e se ventila a possibilidade de surgir um “Virtus Track” para o lugar do Voyage. Por fim, a picape deve também reestilizar o Taos e ampliar sua gama de elétricos no País, com a chegada de modelos como ID.Buzz e ID.5, por exemplo. Infelizmente, o Golf GTE só deve ficar nos sonhos dos fãs mais tradicionais da VW.

E VOCÊ, O QUE ACHOU DESTA NOTÍCIA?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s