Mercedes lança elétricos EQA, EQB e EQE no Brasil; Preços partem de R$ 480.900


A Mercedes-Benz está ampliando a gama de elétricos no Brasil. De uma só vez, a marca alemã inicia a oferta dos modelos EQA, EQB e EQE, ampliando sua família “ecologicamente correta” para cinco representantes – até então, estavam disponíveis EQC (leia aqui) e EQS (leia aqui). Os preços começam em R$ 480.900.

O mais em conta do trio, vendido por R$ 480.900, é justamente o EQA. Derivado do GLA (leia aqui), ele chega importado da Alemanha na variação 250. Ela é movida por um motor elétrico de 190 cv e 39,2 kgfm, capaz de levá-lo de zero a 100 km/h em 8,6 segundos, com máxima limitada a 160 km/h. A bateria comporta 66,5 kWh brutos (60 kWh “úteis”), suficiente para rodar até 496 km por carga, segundo o ciclo europeu WLTP.

Entre os itens de série, o EQA 250 garante telas para central multimídia (10,05 polegadas) e quadro de instrumentos (10″), controle de velocidade adaptativo (ACC), frenagem autônoma de emergência (AEB), alerta de pontos cegos, aviso de desembarque seguro (para quando há veículos ou ciclistas se aproximando), entre outros. O visual é reforçado pelo pacote AMG, com rodas de 18 polegadas, para-choques esportivos, bancos, tapetes e volante específicos, entre outros.

Derivado do GLB (leia aqui), o EQB tem o mesmo sistema de propulsão do EQA, com 190 cv. Seus números, porém, são ligeiramente diferentes, devido ao peso extra de ser um SUV de sete lugares: 0-100 km/h em 8,9 s e autonomia homologada na Europa em 474 km. A máxima também é de 160 km/h, limitada para ajudar na eficiência do conjunto. O modelo é trazido da Hungria, por R$ 502.900.

Por fim, também chega ao País o EQE, que não deriva de outros modelos a combustão e usa a plataforma modular MEA/EVA-II. Ele desembarca na versão 300, com 245 cv e 56,1 kgfm entregues às rodas traseiras mediante um câmbio de duas marchas. Segundo a Mercedes, ele vai de zero a 100 km/h em 7,3 segundos, atingindo 210 km/h. A bateria comporta 89 kWh, estimando-se autonomia de 645 km (ciclo europeu WLTP).

Além de ter um design de contornos próprios, o EQE também conta com interior específico, ainda que inspirado no irmão maior EQS. Com um longo teto em arco e terceiro volume curto, o sedã dispõe de 3,12 metros de entre-eixos, ampliando o espaço interno. Entre seu itens de destaque, há suspensão pneumática adaptativa, tela de 12,3 polegadas para a central multimídia, aparelho de som Burmester e diversos auxílios de condução. No lançamento, foi oferecida a série Edition One, limitada a 13 unidades (todas vendidas), com detalhes internos em madeira, bancos em cinza claro e acessórios específicos. O sedã é vendido por R$ 709.900.

Publicidade

E VOCÊ, O QUE ACHOU DESTA NOTÍCIA?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s