Honda Accord ganha nova geração


Um dos poucos sedãs ainda à venda nos Estados Unidos, o Accord segue firme e forte dentro da gama da Honda por lá – além de ser oferecido em outros mercados. O sedã chega agora à 11ª geração, com a promessa, é claro, de ser a mais avançada de sua história. O design lembra outras novidades recentes da marca, como o Civic (leia aqui), assim como o interior. Já na mecânica, ele foca na frugalidade, abandonando o 2.0 Turbo que acompanhava a linhagem passada. Por ora, sua vinda ao Brasil é incerta, embora as linhas tenham sido patenteadas por aqui (leia aqui).

Na dianteira, o Accord lembra o Civic e também o recente CR-V (leia aqui), com a grade hexagonal avançando até os faróis horizontais. No caso do sedã, as bordas saem da grelha até chegar aos conjuntos ópticos, como acontecia no Audi Q3, por exemplo. As laterais mantêm certa identidade com o modelo atual, enquanto a traseira exibe lanternas horizontais unidas, em solução elegante, lembrando um pouco o Audi A7.

O interior segue a linha de design vista em Civic e CR-V, com uma faixa metálica “perfurada” cortando horizontalmente o centro do painel e ocultando os difusores de ar. O volante também é similar ao dos irmãos, com o console e as portas mais parecidos com os do Civic. Já os comandos de climatização são comuns ao SUV. O renovado Accord mede 4,971 metros de comprimento (+7,1 centímetros), 2,830 m de entre-eixos (sem variação), 1,862 m de largura (+0,2 cm) e 1,450 m de altura (-).

Para movê-lo, há duas opções. As versões de entrada LX e EX mantêm o 1.5 Turbo a gasolina de 195 cv e 26,5 kgfm, com transmissão continuamente variável (CVT). O 2.0 Turbo de 256 cv e 37,7 kgfm foi deixado de lado, tendo agora a propulsão híbrida como única disponível nas variações Sport, EX-L, Sport-L e Touring. Ela é a quarta geração da Honda e une um 2.0 aspirado em ciclo Atkinson de 145 cv e 17,8 kgfm a dois propulsores elétricos. Em relação à linhagem passada, a marca afirma haver ganhos em comportamento, mas a potência cai de 215 cv para 207 cv, com 34,1 kgfm de torque.

A Honda vai produzir o Accord nos EUA e, por ora, não confirma sua vinda ao Brasil.

Publicidade

E VOCÊ, O QUE ACHOU DESTA NOTÍCIA?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s