Por falta de peças, Jaguar Land Rover corta produção até meados de 2023


A situação segue pouco animadora na Jaguar Land Rover nas últimas semanas. Após a renúncia do CEO Thierry Bolloré, de maneira inesperada (leia aqui), a empresa britânica agora precisa tomar uma ação drástica – mas que se tornou comum no mundo pós-pandemia -, cortando sua produção no Reino Unido. O volume fabril será bastante reduzido até meados de 2023, devido à escassez de suprimentos que afeta a indústria global.

A JLR não detalha a quantidade de veículos que deixarão de ser produzidos ou o percentual de produção a ser cortado. Porém, sabe-se que os modelos de maior volume serão os sacrificados, entre eles o Jaguar F-Pace e os Land Rover Discovery Sport e Range Rover Evoque e Velar. A prioridade ficará para os Range Rover Sport e Vogue, que representam 70% dos 205 mil pedidos em aberto na montadora. Montado na Eslováquia, o Defender também é prioridade na companhia, especialmente pela recente chegada da versão 130 às lojas.

Publicidade

E VOCÊ, O QUE ACHOU DESTA NOTÍCIA?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s