F1: Williams confirma “volta” de Massa

Felipe Massa anunciou sua aposentadoria, abandonou em seu “último” GP do Brasil e foi aplaudido por mecânicos de outras equipes e chegou a ponderar seu futuro longe da Fórmula 1. Mas ele vai continuar na principal categoria do automobilismo mundial, pelo menos por mais uma temporada. O paulista seguirá correndo pela Williams, deixando clara a saída de Valtteri Bottas para a Mercedes.

Continuar lendo

Publicidade

F1: Massa renova com a Williams para 2017

Ele recebeu aplausos da torcida e dos mecânicos de todo o paddock ao abandonar no GP do Brasil de 2016, ganhou o carro que usou na etapa tupiniquim e foi homenageado por equipes e pilotos ao término do campeonato deste ano da Fórmula 1. No entanto, Felipe Massa voltou atrás e não vai mais deixar a categoria por ora. O brasileiro foi confirmado como novo titular da Williams para 2017 e vai voltar a alinhar no grid. Isso tudo por “culpa” de Nico Rosberg.

Continuar lendo

F1: Williams revela primeiras fotos do FW38

Williams FW38

A Williams divulgou as primeiras imagens de seu novo monoposto para a temporada 2016. O FW38, pelo que se nota, é uma evolução do FW37, que conquistou o terceiro lugar de construtores para a equipe em 2015, como acontecera em 2014 com o FW36. Não que seja de todo ruim, mas a escuderia havia destacado que o novo carro seria “significativamente diferente” do antecessor, na tentativa de voltar a brigar por vitórias.

Continuar lendo

F1: Atualmente na Williams, Susie Wolff anuncia aposentadoria

Há muito tempo se especula a participação de uma mulher na Fórmula 1. A última a conseguir alinhar no grid foi Lella Lombardi – também única a marcar ponto, com 0,5 somado no GP da Espanha – em 1975. Uma das esperanças de quebra de jejum, porém, acaba de anunciar que vai pendurar as sapatilhas ao final desta temporada. A escocesa Susie Wolff, atual piloto de testes da Williams, confirmou que não vai mais ser piloto – de qualquer competição automobilística – ao término de 2015. Ela estava na equipe inglesa desde 2012. Continuar lendo

F1: Williams oficializa linhas do FW37

Williams FW37 01Depois de pular do nono (2013) para o terceiro lugar (2014) entre as equipes, time inglês quer chegar ao topo

Após o surpreendente terceiro lugar no Mundial de Construtores da Fórmula 1 2014, a Williams voltou a figurar entre as grandes, atrás somente da Mercedes e da Red Bull – em 2013, havia terminado em nono lugar. Para repetir o feito do belo FW36, que trouxe de volta às pistas as cores da marca de bebidas Martini, a escuderia inglesa aposta no FW37. O novo modelo altera ligeiramente o visual, mantendo o estilo geral do antecessor para continuar no topo. Continuar lendo

F1: Lotus, Williams e Force India revelam primeiras imagens dos novos carros

Escuderia britânica revela abandono do apêndice acentuado do bico que foi adotado durante a última temporada

Os carros da temporada 2015 da Fórmula 1 só serão oficializados em fevereiro. No entanto, três equipes se adiantaram, divulgando imagens antecipadas de seus monopostos. Os modelos de Williams, Force India e Lotus têm como novidade o abandono do apêndice do bico, criado para atender às regras da categoria em 2014 e que não teve o rendimento esperado. Agora todas seguem a dianteira “integrada” ao restante da carroceria, dado o sucesso feito pela Mercedes no último ano. Continuar lendo

F1: Williams anuncia Susie Wolff como piloto de testes

Susie-Wolff-WilliamsAos 32 anos, escocesa é promovida de piloto de desenvolvimento de veículo à vaga de piloto de testes

Com a saída de Felipe Nasr do cargo de piloto de testes, para assumir uma vaga de titular na Sauber, a Williams precisava recompor seu time. O nome escolhido foi de Susie Wolff, esposa do chefe da equipe Mercedes, Toto Wolff. A escocesa correrá nas sessões de treinos livres da Fórmula 1 nas sextas-feiras em pelo menos duas oportunidades, além de atuar em dois dias de testes. Até então, ela ocupava o cargo de piloto de desenvolvimento. Continuar lendo

F1: Williams confirma dupla para 2015

Massa e Bottas têm colhido bons resultados, recolocando a Williams em posições altas, algo incomum desde 2003

O bom rendimento nas últimas provas fez com que a Williams renovasse sua fé em seus pilotos. Com uma estreia de respeito de Valtteri Bottas e a recuperação de Felipe Massa, a equipe inglesa confirmou ambos como titulares para a temporada 2015 da Fórmula 1. Os dois conseguiram cinco pódios para o time até agora e a levaram ao terceiro lugar, à frente da Ferrari, com os resultados do GP da Itália, realizado no último domingo (7). Continuar lendo

Williams abre divisão de preparação para carros de rua

Nova divisão de engenharia para as ruas trabalhará em parceria com outras gigantes do segmento automotivo global

Com uma “renascida” equipe de Fórmula 1, a Williams decidiu alçar voos mais altos na indústria automotiva. Agora a inglesa abre uma divisão para atuar com veículos de rua. Mais precisamente, seu foco será de prestar consultoria para desenvolver tecnologias e até preparar versões mais esportivas. Situado na cidade britânica de Grove, o setor já trabalha em projetos de cooperação com a Nissan. Continuar lendo

F1: Investidor americano compra parte da Williams

Martini Williams F1 03Escuderia britânica passa a ter milionário americano como um dos sócios; marca de sua empresa pode estampar os monopostos

Aos poucos, os Estados Unidos vão voltando a fazer parte da Fórmula 1. Com uma equipe em potencial para atuar na competição, o país estará na categoria de forma indireta a partir de agora. O empresário do ramo da saúde e filantropo Brad Hollinger adquiriu uma fatia da escuderia Williams que pertencia a Toto Wolff. Continuar lendo

F1: Williams se desculpa por pedir a Massa que deixasse Bottas passar

Martini Williams F1 03Ordem da Williams lembrou 2010, quando Massa abriu para dar lugar a Fernando Alonso, então mais perto de ser campeão de pilotos

No último domingo (6), a Fórmula 1 viu a disputa acontecer no Bahrein. No entanto, o GP da Malásia, realizando no final de semana anterior, continua a ser assunto. O motivo é a ordem dada pela equipe Williams ao brasileiro Felipe Massa, pedindo que ele deixasse sua posição, a três voltas do fim, para que seu companheiro Valtteri Bottas pudesse tentar ultrapassar Jenson Button, que seguia à frente do piloto tupiniquim. Agora, segundo o jornal The New York Times, a escuderia britânica se desculpa com os fãs e os pilotos pela atitude tomada. Continuar lendo

F1: Williams anuncia prejuízo relativo a 2012

Williams F1 FW35 2013

A equipe Williams de Fórmula 1 apresentou seu balanço financeiro relativo à temporada 2012. Os números destacam prejuízo nas atividades da escuderia britânica, com perda de 5 milhões de libras (R$ 15,5 milhões). A empresa justifica a perda com o investimento em tecnologias, como o sistema de armazenamento de energia da divisão Williams Hybrid Power. Por outro lado, as receitas avançaram 22%, chegando a 127 milhões de libras (R$ 394,3 milhões).

Continuar lendo

F1: Williams apresenta carro para 2012 com Senna

A Williams enfim apresentou seu modelo para a temporada 2012, como já fizeram Caterham, Lotus, Force India, Ferrari, McLaren e Red Bull. Atendendo às novas regras da Fórmula 1, que vigoram a partir deste ano, a empresa também aplicou um degrau em seu monoposto, batizado de FW34. os corredores confirmados são o venezuelano Pastor Maldonado e o brasileiro Bruno Senna, substituto de Rubens Barrichello.

Continuar lendo

F1: Williams confirma Barrichello e despacha Hulkenberg

A pole position no Grande Prêmio do Brasil não foi suficiente para segurar o promissor Nico Hulkenberg na Williams. Ele, que deve atuar por outra escuderia em 2011, deixou a equipe britânica de maneira oficial. Quem fica é o experiente Rubens Barrichello, considerado uma das referências em acerto de carro da Fórmula 1. O brasileiro fica por pelo menos mais um ano no time, mas ainda não sabe com quem correrá no ano que vem.

Continuar lendo

F1: HRT terá componentes da Williams em 2011

Especulada como futura contratante da Epsilon para fornecimento de componentes, a Hispania Racing deve fechar com outra empresa. A mais cotada é a Williams, que entregaria peças para a empresa disputar a Fórmula 1 em 2011. Os resultados obtidos pela equipe inglesa junto do motor Cosworth, mesmo utilizado pela HRT, seria um dos motivos pelo qual a escuderia britânica foi escolhida para o fornecimento.

Continuar lendo