Volkswagen negocia compra de 50% da JAC, sua aliada para elétricos, na China

Ventilada desde abril de 2019 (leia aqui), a compra de parte da JAC pela Volkswagen parece próxima de ser concluída. Os alemães, na verdade, estão prestes a adquirir 50% da Anhui Jianghuai, holding que controla a montadora de carros, atualmente sua parceira para desenvolvimento e produção de elétricos na China (leia aqui). O acordo gira em torno de 3,5 bilhões de iuanes, equivalente hoje a R$ 2,59 bilhões.

Continuar lendo

Grupo Volkswagen estuda estender atuação da marca de baixo custo Jetta

Jetta VA3, anteriormente vendido como VW-FAW Jetta

Lançada na China no ano passado (leia aqui), a divisão de acesso Jetta pode atuar em outros mercados emergentes. Segundo a agência Automotive News, o Grupo Volkswagen estuda tal possibilidade com base na boa aceitação dos produtos da marca no gigante asiático. Com 81 mil veículos comercializados em oito meses de vendas, a demanda superou a expectativa, a ponto de ser avaliada sua expansão para nações vizinhas.

Continuar lendo

Seat “perde” projeto de elétrico acessível do Grupo Volkswagen

Depois de ser escolhida, dentro do Grupo Volkswagen, para conduzir o projeto que geraria um elétrico de acesso para as marcas da companhia (leia aqui), a Seat acabou perdendo tal responsabilidade. A decisão foi tomada após a espanhola adiar sua entrada na China em “dois ou três anos”. O desenvolvimento seria feito em parceria com a asiática JAC, porém o atraso na chegada ao maior mercado do mundo fez com que a empresa ibérica perdesse a missão de “dar vida” ao novo produto.

Continuar lendo

Grupo Volkswagen registra crescimento de receita e lucro em 2019

O Grupo Volkswagen divulgou o balanço relativo às operações de 2019 com as contas no azul. O relatório aponta para quase 11 milhões de vendas em todo o mundo no último ano, volume que se refletiu em € 252,6 bilhões (R$ 1,27 trilhão) em receita, 7% acima de 2018. O lucro chegou a € 14 bilhões (R$ 70,3 bi), com crescimento de 15%, elevando o retorno operacional de 5,9% para 6,7%. Um “alento” para o financeiro da empresa foi o menor gasto com o Dieselgate, que caiu de € 3,18 bi (R$ 15,97 bi) para € 2,33 bi (R$ 11,7 bi).

Continuar lendo

Volkswagen faz proposta para comprar montadora de caminhões Navistar

Sede do Grupo Traton, na Alemanha

O Grupo Volkswagen anunciou ter feito uma proposta para adquirir por completo o controle da montadora de caminhões Navistar. O negócio, feito mediante a divisão Traton, de veículos pesados (leia aqui), é avaliado em US$ 2,9 bilhões e compreende 83,2% das ações da companhia. Os 16,8% restantes já são do próprio conglomerado alemão, que fez a compra dessa fatia em 2016.

Continuar lendo

Luca de Meo deixa comando da Seat; executivo deve assumir a Renault

Luca-de-Meo Seat CEOLuca de Meo, até então CEO da Seat

O Grupo Volkswagen anunciou a saída de Luca de Meo do cargo de presidente da Seat. A pedido do próximo executivo, e em comum acordo com o conglomerado, haverá uma mudança no comando da empresa espanhola, embora nenhum substituto tenha sido apontado. Por ora, ele segue como membro da companhia germânica, fazendo parte do conselho de administração. Todavia, rumores apontam que ele assumirá como CEO da Renault.

Continuar lendo

EDP e marcas do Grupo VW se unem para criar postos de recarga de elétricos em SP

A distribuidora de energia EDP se uniu a Audi, Porsche e Volkswagen, trio controlado pelo Grupo Volkswagen, para criar uma rede de recarga para carros elétricos no estado de São Paulo. O projeto prevê a construção de 30 pontos em sete rodovias que cortam o território paulista. O investimento é estimado em R$ 32,9 milhões, dos quais 80% serão injetados pela companhia do ramo de eletricidade. A soma restante será aportada pelos demais parceiros.

Continuar lendo