Nissan GT-R ganha série T-Spec no Japão

NissanGTR-R35-TSpec 02

Lá se vão saudáveis 14 anos desde a apresentação do atual GT-R e, apesar dos frequentes rumores de descontinuação, ele segue firme. No Japão, a Nissan apresenta agora uma nova leitura, na forma da configuração T-Spec. Ela terá produção limitada, de apenas 100 exemplares, sendo oferecida nas opções Premium Edition e Track Edition. Para levar uma unidade pra casa, é preciso mais do que interesse: os compradores serão selecionados por sorteio pela montadora.

Continuar lendo

Americanos que ajudaram Ghosn a fugir do Japão são condenados à prisão

Ex-Green Beret says it wasn't a crime to help Carlos Ghosn escapeMichael Taylor chega ao Japão (esq.) para ajudar Ghosn (dir.) a fugir

A Justiça do Japão condenou os dois americanos que ajudaram Carlos Ghosn a deixar o país para fugir de uma acusação de fraude fiscal na época em que era CEO da Nissan (leia aqui). O ex-militar Michael Taylor e seu filho Peter Taylor foram considerados culpados das acusações de terem orquestrado e auxiliado o executivo a escapar do país dentro de uma caixa de instrumentos musicais embarcada em um jatinho particular. Michael ficará dois anos preso, enquanto Peter será encarcerado por um ano e oito meses.

Continuar lendo

Toyota renova híbrido Aqua

A Toyota oficializou as linhas da segunda geração do Aqua, o irmão hatch do Prius, que teve um irmão gêmeo vendido na América do Norte como Prius C (leia aqui). Completamente revisto, ele tem visual mais moderno, plataforma refinada, motorização 20% mais eficiente e interior com melhor acabamento. Até onde se tem notícia, ele será limitado ao Japão, podendo ser exportado a outros países com direção à inglesa.

Continuar lendo

Caso Ghosn: À Justiça do Japão, pai e filho se dizem arrependidos de ajudarem na fuga

Ex-Green Beret says it wasn't a crime to help Carlos Ghosn escapeMichael Taylor chega ao Japão (esq.) para ajudar Ghosn (dir.) a fugir

Considerados culpados de ajudarem Carlos Ghosn a escapar cinematograficamente do Japão pela Justiça de Tóquio (leia aqui), os americanos Michael e Peter Taylor se disseram arrependidos da operação. De acordo com a agência Reuters, ambos prestaram depoimento informando como foram persuadidos a cooperador com o executivo franco-brasileiro, que vive em asilo no Líbano (leia aqui) desde a fuga. As declarações foram dadas perante três juízes nessa terça-feira (29).

Continuar lendo

Justiça de Tóquio considera culpados pai e filho que ajudaram Ghosn a fugir do Japão

Carlos Ghosn

A Justiça de Tóquio considerou culpados o ex-militar dos Estados Unidos e seu filho, acusados de ajudarem Carlos Ghosn a fugir do Japão em dezembro de 2019 (leia aqui e aqui). Questionados pelo juiz que chefia o julgamento, Hideo Nirei, sobre erros nas alegações da promotoria, Michael Taylor e seu filho Peter rejeitaram tal possibilidade, abrindo espaço para reconhecimento de culpa. Ainda não se sabe qual será a pena, mas cada um pode ser preso por até três anos.

Continuar lendo

CEO da Toyota sofre críticas por colocar em dúvida proibição de motor a combustão

Akio Toyoda, CEO da Toyota

O CEO da Toyota, Akio Toyoda, foi criticado por cinco grandes acionistas da montadora, em entrevista à agência Reuters. Segundo os ouvidos, a questão gira em torno das recentes declarações do executivo, que disse que as políticas de limitação de motores a combustão limitam as opções. Para eles, o discurso está desalinhado ao da montadora, especialmente porque a concorrência investe pesado em elétricos.

Continuar lendo

F1: GP do Japão será realizado no Circuito de Suzuka pelo menos até 2024

A Fórmula 1 confirmou que o Circuito de Suzuka continuará a ser o palco do Grande Prêmio do Japão por pelo menos mais três anos. Os organizadores da competição renovaram o contrato com os administradores do autódromo nipônico e a promotora da prova Mobilityland, garantindo que a disputa aconteça por lá entre 2022 e 2024. O local sedia a corrida japonesa desde 1987, tendo sido substituído por Fiji entre 2007 e 2008.

Continuar lendo

Por Covid-19, Salão de Tóquio é cancelado

Apesar de o Salão de Xangai ter acontecido normalmente na China, epicentro da Covid-19, eventos do tipo em outros países não vêm tendo a mesma oportunidade. O Salão de Tóquio, por exemplo, teve seu cancelamento confirmado pelos organizadores devido à nova onda de contaminações pela doença no Japão. Será a primeira vez desde 1954, quando a exposição estreou, que a capital nipônica deixará de contar com uma mostra automotiva.

Continuar lendo

Acusados de ajudarem Ghosn a fugir podem pegar até três anos de prisão no Japão

A fuga cinematográfica de Carlos Ghosn do Japão segue rendendo movimentos na justiça do arquipélago asiático. Por lá, os dois norte-americanos acusados de terem colaborado diretamente com a saída do ex-CEO da Nissan foram formalmente denunciados pela promotoria. No processo, o veterano das forças armadas dos EUA Michael Taylor e seu filho Peter podem ser condenados a até três anos de reclusão.

Continuar lendo

Honda anuncia Legend como primeiro autônomo de nível 3 da história

Como havia adiantado em novembro (leia aqui), a Honda será a primeira montadora da história a comercializar um veículo com sistema autônomo de condução de nível 3. Trata-se de uma variação do sedã Legend oferecida no Japão e equipada com um conjunto de tecnologias chamado Traffic Jam Pilot. Como permite sua homologação, o aparelho pode assumir o controle do carro sob determinadas circunstâncias.

Continuar lendo

Nissan Note ganha nova geração inspirada no crossover elétrico Ariya

A Nissan oficializou a chegada da terceira geração da minivan Note ao mercado japonês. Rival do Honda Fit, ela toma como inspiração o crossover elétrico Ariya (leia aqui), nova aposta ecológica da marca apresentada em julho. O modelo familiar estreia nas lojas em 23 de dezembro, sendo oferecido apenas com propulsão híbrida, algo que vem se tornando comum na terra do sol nascente.

Continuar lendo

Toyota pode descontinuar sedã Crown no Japão quase sete décadas

Toyota Crown foi renovado em 2018

A Toyota pode dar fim a um de seus mais longevos e simbólicos modelos. Segundo o jornal japonês Chunichi Shimbun, a marca vai descontinuar o sedã Crown em 2021, após 66 anos de mercado e 15 gerações. Apesar de a empresa não confirmar a medida, a publicação afirma que as baixas vendas são o grande motivo da decisão. Na terra do sol nascente, crossovers e SUVs também têm conquistado maior demanda, tornando pouco ou nada rentáveis os sedãs premium.

Continuar lendo

Autoridades do Japão propuseram fusão a Honda e Nissan após “Caso Ghosn”

Depois de toda a polêmica envolvendo Carlos Ghosn (leia aqui), acusado de sonegar ganhos no Japão, as autoridades do país chegaram a sugerir uma fusão de duas das gigantes companhias locais. Segundo o jornal Financial Times, o governo da terra do sol nascente teria reunido seus representantes a executivos de Nissan, ligada diretamente ao escândalo, e Honda para propor uma união de forças. Como se sabe até o momento, porém, a ideia dos políticos japoneses foi descartada pelos líderes das montadoras.

Continuar lendo

Mitsubishi encerra produção do Pajero Full no Japão em 2021

A Mitsubishi vai mesmo encerrar a produção do Pajero Full no Japão, sem deixar um modelo em seu lugar. Segundo o jornal Nikkei, a empresa seguirá montando o utilitário até meados de 2021 apenas para exportação – ele já saiu de linha no mercado interno (leia aqui). Depois da medida, a marca fechará de vez a fábrica que o produz. Situada na cidade de Sakahogi, na Prefeitura de Gifu, ela terá as portas fechadas em até três anos. Será o primeiro complexo desativado pela Mitsubishi no Japão desde 2001.

Continuar lendo

E-mails internos da Nissan podem confirmar que Ghosn foi vítima de armação

A fuga cinematográfica de Carlos Ghosn do Japão, após ser acusado de fraude fiscal, ganhou um novo e impactante episódio. Alegando ser vítima de conspiração de executivos da Nissan, o ex-CEO da companhia pode ter provas a seu favor, como reporta a agência Bloomberg. A investigação do caso teve acesso a e-mails internos de alguns membros da empresa que podem confirmar a tese de armação apontada pelo franco-brasileiro, refugiado no Líbano.

Continuar lendo

Japão pode forçar Líbano a extraditar Ghosn para apoiar crédito no FMI

A fuga cinematográfica de Carlos Ghosn do Japão, em dezembro passado (leia aqui), segue rendendo consequências diplomáticas. Ao site ArabNews, advogados do ex-CEO da Nissan afirmam que o governo nipônico pretende vetar um empréstimo do Fundo Monetário Internacional (FMI) ao Líbano devido ao abrigo concedido ao executivo, descendente de libaneses. A “moeda de troca” das autoridades nipônicas para votar em favor do crédito é a extradição do franco-brasileiro.

Continuar lendo

Ghosn insiste em inocência e culpa Macron por desconfiança da Nissan

Carlos Ghosn (esq.) e Emmanuel Macron

Depois da fuga digna de cinema do Japão (leia aqui), Carlos Ghosn fez, nessa quarta-feira (8), sua primeira aparição pública. Refugiado em Beirute, capital do Líbano, o executivo concedeu entrevista coletiva durante 2h30min para, como dizia insistentemente, poder dar sua versão sobre as acusações que o levaram à prisão na terra do sol nascente. Novamente, o ex-CEO da Renault-Nissan disse ser alvo de conspiração entre executivos da marca japonesa e a promotoria de Tóquio. Ele afirmou também, segundo o site Autoblog, que o início do desgaste com os asiáticos começou em 2015, com uma ação do agora presidente da França Emmanuel Macron.

Continuar lendo

Interpol emite “Alerta Vermelho” sobre Carlos Ghosn a agências policiais

A fuga de Carlos Ghosn do Japão para o Líbano (leia aqui) começa a ficar ainda mais impactante. Após o executivo anunciar estar refugiado no país asiático, a Interpol emitiu um comunicado a todas as agências afiliadas globais sobre o ocorrido. O “Alerta Vermelho” é uma recomendação e não significa, necessariamente, que o país deva prender o fugitivo, acusado de fraude fiscal e uso de recursos da Nissan, empresa que comandava, para cobrir gastos pessoais. As informações são da agência Associated Press.

Continuar lendo

Ex-CEO da Renault-Nissan, Carlos Ghosn foge do Japão e recebe asilo no Líbano

A polêmica prisão do brasileiro Carlos Ghosn no Japão (leia aqui), sob acusação de fraude fiscal e uso de dinheiro da Nissan para cobrir gastos pessoais, ganha um capítulo inusitado. Nesse fim de semana, o antigo CEO da Renault-Nissan anunciou estar refugiado no Líbano, afirmando ter fugido da “injustiça do sistema jurídico japonês”. A fuga tem contornos dignos de cinema e envolve um grupo paramilitar fantasiado de banda de música e até um possível uso de passaporte falso.

Continuar lendo

Honda divulga teaser do Fit

A quarta geração do Fit está na rampa de lançamentos da Honda. Como esperado, a marca vai aproveitar o Salão de Tóquio, que abre as portas na capital japonesa na semana que vem, para oficializar a renovação do modelo. A expectativa é que as vendas, na terra do sol nascente, comecem em dezembro. Já o Brasil deve recebê-lo no fim de 2020.

Continuar lendo

Toyota reforça aposta no hidrogênio com novo conceito Mirai

Apesar de a propulsão por célula de combustível a hidrogênio ainda estar distante de se tornar popular, a Toyota segue apostando nessa tecnologia para o futuro. Prova disso é o conceito Mirai, que a marca exibirá no Salão de Tóquio. Ele antecipa a segunda geração do modelo homônimo, comercializado pela montadora no Japão e em algumas regiões selecionadas de Estados Unidos e Europa.

Continuar lendo

Estados Unidos e Japão devem anunciar novo acordo comercial

A guerra comercial entre Estados Unidos e Japão deve ser encerrada com um acordo. Iniciada pela intenção do governo norte-americano de aumentar a tarifa de importação de automóveis da terra do sol nascente, ela tende a ser concluída sem a ampliação das alíquotas alfandegárias. Por outro lado, o comando do país asiático reduzirá impostos para produtos oriundos dos EUA, especialmente do setor agrícola.

Continuar lendo

Sucessor de Carlos Ghosn, Hiroto Saikawa renuncia a cargo na Nissan

Hiroto Saikawa, CEO da Nissan

Sucessor de Carlos Ghosn, o CEO da Nissan Hiroto Saikawa anunciou que deixará oficialmente o posto na próxima segunda-feira (16). O motivo de sua renúncia é parecido com o que motivou o afastamento do brasileiro: recebimentos indevidos. O executivo revelou ter inflado seus ganhos indevidamente, acima do que correspondia ao seu cargo.

Continuar lendo

França e Japão se unem para recuperar relação entre Renault e Nissan

A relação entre Renault e Nissan já não passava por um bom momento quando Carlos Ghosn foi preso sob acusação de uso de recursos da gigante japonesa para gastos pessoais. Por isso, o afastamento do executivo não necessariamente melhorou o ambiente entre as aliadas. Mas os governos de França e Japão pretendem mudar a realidade. Segundo a agência Bloomberg, ministros da economia dos dos países mantêm conversas para reparar dissabores e tornar a parceria harmônica novamente.

Continuar lendo

Toyota prepara inédito conversível do sedã Century para novo imperador do Japão

Depois de ter lançada sua terceira geração (leia aqui), o tradicional Toyota Century, que soma 52 anos de mercado, vai ganhar uma variação inédita. Trata-se de uma carroceria conversível, a primeira do modelo desde sua criação, em 1967. Ela será utilizada para transportar o novo imperador, Naruhito, que assumiu o trono oficialmente na última quarta-feira (1º).

Continuar lendo

Ghosn afirma ser vítima de conspiração

Carlos Ghosn — Foto: Charles Platiau/Reuters

Carlos Ghosn (acima) segue preso em Tóquio [Foto: Charles Platiau/Reuters]

 

O brasileiro Carlos Ghosn, preso no Japão há quase dois meses sob acusação de fraude fiscal (leia aqui), afirmou ser vítima de uma conspiração que levou à sua prisão e garantiu sua inocência outra vez (leia aqui). Segundo ele, as violações em potencial foram “plantadas” contra ele, a fim de enfraquecê-lo e tirá-lo de vez da Nissan. As informações foram publicadas pelo jornal nipônico Nikkei, que entrevistou o executivo durante 20 minutos no centro de detenção da capital Tóquio.

Continuar lendo