¡Adiós, muchacho! 2020: A lista dos descontinuados do ano

Entra ano, sai ano, e o ALL THE CARS traz pra você, a título de curiosidade, a lista com os modelos descontinuados ao longo do ano anterior. Em 2019, apareceram Chevrolet Cobalt, Fiat Weekend e VW Golf nacional, por exemplo (leia aqui). Ao longo de 2020, outras vítimas de peso foram “assassinadas” pelo mercado. Confira abaixo quem deixou o mercado brasileiro durante o ano da pandemia de Covid-19.

Continuar lendo

Mitsubishi encerra produção do Lancer no Brasil para dar lugar ao Eclipse Cross

Chega ao fim a atuação da Mitsubishi no segmento de automóveis no Brasil. Iniciada em 2011 (leia aqui), a “aventura” acaba agora com o fim da produção do Lancer em Catalão (GO). Nacionalizado em 2014 (leia aqui), ele sofreu para encontrar seu lugar sob o sol no disputado segmento de sedãs médios. Agora, sabe-se que sua montagem foi encerrada para abrir espaço para o Eclipse Cross (leia aqui), deixando-o vivo apenas na China.

Continuar lendo

Mitsubishi Lancer também se tornará SUV em nova geração

Ao que tudo indica, a Mitsubishi vai transformar todos os seus automóveis em SUVs e crossovers. Depois de fazer ressurgir o Eclipse em formato de utilitário-esportivo (leia aqui), a japonesa deve seguir a mesma receita com o Lancer. O sedã, em produção apenas em Brasil e China, será substituído pela versão de produção do conceito E-Evolution, mantendo o batismo do tradicional três-volumes.

Continuar lendo

Mitsubishi anuncia dois recalls envolvendo cinco modelos no Brasil

A HPE Automotres, representante nacional da Mitsubishi, anunciou a realização de dois recalls no Brasil, totalizando cinco veículos envolvidos em reparos. Uma das campanhas está relacionada à fechadura das portas dos modelos ASX, Outlander e Outlander PHEV (híbrido). A outra diz respeito ao relé do controle do motor. Além dos três SUVs, ela inclui os produtos Lancer e Lancer EVO.

Continuar lendo

Mitsubishi Lancer EVO tem recall anunciado no Brasil

Mitsubishi Lancer Evolution 2005

A Mitsubishi anunciou a realização de uma campanha de reparo para o Lancer EVO das gerações VIII e IX, feitas entre 2004 e 2006. Em nota, a subsidiária brasileira informou que o recall se dá pela falha no insuflador do airbag do carona, componente fornecido pela Takata e que motivou ações similares de todas as montadoras. A empresa não revelou o número de veículos envolvidos. Continuar lendo

Mitsubishi Lancer EVO ganha edição final nos EUA

Mitsubishi Lancer Evolution Final Edition 1Fãs do Lancer EVO, chegou o momento que nunca esperavam ver: o fim do sedã esportivo da Mitsubishi. Ou, ao menos, sua última versão. A marca japonesa anunciou, nos Estados Unidos, a chegada da série Final Edition, que terá apenas 1.600 exemplares comercializados. Ela marca o óbito do modelo, eterno rival do Subaru Impreza WRX STI. De acordo com a montadora, não há planos para a criação de seus substituto. Continuar lendo

Mitsubishi usará plataforma da Renault-Nissan em dois modelos

Mitsubishi Lancer Sportback 2009Fracasso das vendas do Lancer Sportback na Europa desmotivou Mitsubishi a desenvolver seus próprios médios

A parceria entre RenaultNissan e Mitsubishi, iniciada há anos com cooperação nos kei-cars japoneses, será ampliada. A aliança nipofrancesa fornecerá uma plataforma para que a marca dos três diamantes possa desenvolver pelo menos dois produtos, ambos de carroceria sedã. Eles substituiriam o Lancer e o finado Galant. Continuar lendo

Mitsubishi destaca novidades do Lancer nacional

Mitsubishi Lancer brasileiro 01Sedã tem ligeiras atualizações visuais, ganhando suspensão revista no modelo feito em Catalão (GO)

A Mitsubishi aproveitou o Salão do Automóvel para confirmar a nacionalização do Lancer. Agora a marca japonesa detalha as novidades do sedã, que passa a ser feito na planta de Catalão (GO). O modelo tem sutis mudanças visuais e de equipamentos, além de novo ajuste de suspensão. A novidade chega por R$ 66.490. Continuar lendo

Mitsubishi confirma Lancer nacional e Pajero retocada no Salão

Mitsubishi Lancer GT AWDSedã tupiniquim deve seguir as linhas do modelo japonês; apenas alterações em detalhes como rodas devem surgir

A Mitsubishi também divulgou algumas de suas atrações para o Salão do Automóvel de São Paulo, que abre as portas ao público em menos de duas semanas. O destaque vai para o Lancer, que se exibe em sua versão nacional. A japonesa ainda mostra o reestilizado Pajero Full, que segue as linhas atualizadas recentemente no exterior. Continuar lendo

Mitsubishi prepara nacionalização do Lancer para o segundo semestre

Mitsubishi Lancer GT AWDSedã médio da marca japonesa começará a ser produzido pela representante brasileira, Souza Ramos, até o final do ano

Como já havia confirmado anteriormente, a Mitsubishi vai nacionalizar o Lancer, atualmente importado do Japão. Primeiro automóvel de passeio feito no País – o crossover ASX é considerado comercial leve -, o sedã passará a ser montado em Catalão (GO) no segundo semestre. Ele chegará já como linha 2015, sendo destaque da empresa para o Salão de São Paulo, em outubro. Continuar lendo

Mitsubishi anuncia fim do Lancer EVO sem prever substituto

Mitsubishi Lancer Evolution X 02Lancer EVO X vai embora sem deixar um substituto direto, deixando órfã uma legião de fãs do sedã japonês

A Mitsubishi anunciou o fim de uma das versões esportivas mais aclamadas do mercado global. O Lancer EVO, um dos símbolos da marca japonesa, deixará de ser produzido no final deste ano. Em nota, a montadora informa que não haverá um substituto direto para o sedã e que seu foco, agora, serão utilitários e elétricos. Continuar lendo

9ª Eleição All The Cars: Categoria 06 – Sedãs Médios

Segmento – Um dos segmentos que mais cresce no País, o de sedãs médios teve algumas novidades ao longo do ano (Haima3 e J5), além de novas versões para determinados produtos. Para 2013, a promessa é de que pelo menos q uatro produtos sejam renovados: C4 Pallas, Focus Sedan, Cerato e Sentra. Nesta edição, deixam de participar os médios-compactos e compactos-premium, que seguem para uma categoria exclusiva (03.2).

Atual Vencedor – Mitsubishi Lancer
Favorito – Volkswagen Jetta
Potencial Surpresa – Mitsubishi Lancer

Chevrolet Cruze 2012 Brasil oficial 01Chevrolet Cruze – Bem-visto em seu primeiro ano cheio, o Cruze conquistou seu espaço no mercado nacional. Estilo, acabamento e equipamentos estão entre seus pontos positivos. Deve ganhar novidades em 2014. Tem duas versões (LT e LTZ), sempre com motor 1.8 16v de 140/144 cv (G). A partir de R$ 64.550 (1.8 LT).

Citroën C4 PallasCitroën C4 Pallas – Com substituto já flagrado rodando em estradas brasileiras (será o chinês C4L), o Pallas não repete os bons momentos vividos após seu lançamento. “Esquecido” pela Citroën, ele não apresentou quaisquer novidades ao longo de mais de cinco anos. Em 2012 não foi diferente e, assim, suas vendas novamente estiveram bem distante dos melhores colocados. Tem duas versões (GLX e Exclusive), sempre com motor 2.0 16v de 143/151 cv (G/E). A partir de R$ 59.063 (2.0 GLX).

Ford Focus SedanFord Focus Sedan – Outro modelo com nova geração a caminho, o Focus Sedan, que já levou o título da categoria em 2009/10 (6ª edição), dá sinais de cansaço. Estilo e vendas nunca empolgaram, mas o modelo traz predicados, como bom acabamento, refinamento mecânico e vasta oferta de equipamentos. Tem três versões (GL, GLX e Titanium) e dois motores: 1.6 16v de 109/116 cv (G/E) e 2.0 16v de 143/148 cv (G/E). A partir de R$ 55.300 (1.6 GL).

Haima3 01     Haima3 – Com vendas iniciadas no fim de 2012, o Haima3 chegou ao País para representar a parceira da Mazda no segmento dos modelos médios. Entre seus destaques estão o alto nível de equipamentos e o estilo com desenho próprio. Tem versão única e motor 1.6 16v de 112 cv (G). A partir de R$ 49.990 (1.6).

Honda Civic 2012 Brasil - 01Honda Civic – Já com novos propulsor e versões confirmados para o modelo 2014, o Civic vendido em 2012 ainda trazia outra gama – e é a que conta na Eleição. Segundo colocado do segmento, o sedã da Honda se destaca pela confiabilidade, durabilidade e baixo consumo de combustível. Os valores são relativamente altos frente às versões. Trazia três versões (LXS, LXL e EXS) e motor 1.8 16v de 139/140 cv (G/E). A partir de R$ 64.990 (1.8 LXS).

Hyundai Elantra Avante 2010 - 02Hyundai Elantra – Sem fazer o sucesso esperado pela Hyundai, o Elantra segue como opção válida no mercado. Tem estilo moderno e bom acabamento, mas seus preços são muito altos e faltam equipamentos que o diferenciem de rivais nacionais bem mais recheados. Tem versão única, com motor 1.8 16v de 140 cv (G). A partir de R$ 67.990 (1.8).

JAC J5 03JAC J5 – Uma das novidades do mercado em 2012, o J5 é a nova aposta da JAC para o País. Com foco no custo-benefício, o sedã busca agradar pela lista de equipamentos recheada. Peca, porém, no acabamento e na confiabilidade da marca. Tem versão única, sempre com motor 1.5 16v de 125 cv (G). A partir de R$ 49.990 (1.5).

Kia Cerato LEDKia Cerato – Com nova geração a caminho, o Cerato segue como opção válida por sua boa relação custo-benefício, apesar da alta dos preços após o aumento do IPI. O acabamento e o espaço interno são justos, faltando algum refinamento, ainda que novidades como as fileiras de LED no para-choque tenham chegado ao sedã em 2012. Tem uma versão com três catálogos e motor 1.6 16v de 126 cv (G). A partir de R$ 52.800 (1.6).

Mitsubishi Lancer GT AWD     Mitsubishi Lancer – Tendo o visual esportivo como destaque, o Lancer ganhou um reforço em 2012. O sedã importado do Japão passou a contar com tração integral como opção, item até então oferecido somente no acabamento mais esportivo. Tem quatro versões (MT, CVT, GT e EVO X) e dois motores: 2.0 16v de 160 cv e 2.0T de 295 cv. A partir de R$ 66.690 (2.0 MT).

Nissan Sentra SR 01Nissan Sentra – Com nova geração a caminho, o Sentra ganhou equipamentos e a série Special Edition em 2012. As novidades chegaram ao sedã mexicano para dar competitividade frente a um segmento recheado de novidades. Estilo e acabamento não mudam. Tem três versões (2.0, S Special Edition e SL) e único motor 2.0 16v de 143 cv (G/E). A partir de R$ 52.190 (2.0).

Nissan Tiida Sedan 2013Nissan Tiida Sedan – Apesar de receber novidades ao longo de 2012, como freios antitravamento (ABS) e transmissão automática (opcional), o Tiida Sedan deixou de ser oferecido. Abrindo espaço para outros produtos na fábrica mexicana da Nissan, ele deixa de existir por já não fazer sentido na gama. Vinha em versão única, com motor 1.8 16v de 125/156 cv (G/E). A partir de R$ 42.390 (1.8).

Peugeot 408 Limited 01Peugeot 408 – Mesmo com vendas pouco expressivas, o 408 é um dos produtos mais avançados do mercado. Tem bom acabamento, vasta lista de equipamentos e estilo. Em 2012, recebeu o propulsor turbinado adotado pelo 3008, além de uma série especial com apenas 408 exemplares fabricados. Tem quatro versões (Allure, Feline, Limited e Griffe) e dois motores: 2.0 16v de 143/151 cv (G/E) e 1.6 turbo de 165 cv (G). A partir de R$ 57.490 (2.0 Allure).

Renault Fluence GT 01Renault Fluence – Posicionado entre os cinco mais vendidos do segmento, o argentino Fluence ganhou uma nova opção de propulsor ao longo de 2012, com turbo – como o compatriota 408 -, para o acabamento esportivo GT. Além do estilo ligeiramente mais arrojado, o sedã recebeu diferenciais como o velocímetro digital, além de novo acabamento. Tem três versões (Dynamique, Privilège e GT) e dois motores: 2.0 16v de 140/143 cv (G/E) e 2.0 turbo de 180 cv (G). A partir de R$ 58.770 (2.0 Dynamique).

Toyota Corolla XRS 2013 - 01  Toyota Corolla – Líder de vendas do segmento, o Corolla segue na dianteira por qualidades como confiabilidade, economia de combustível e alta liquidez. Não é a maior referência em estilo, equipamentos ou acabamento, mas não faz feio nestes quesitos. Deve ganhar nova geração em 2014. Tem cinco versões (XLi, GLi, XEi, XRS e Altis) e dois motores: 1.8 16v de 139/144 cv e 2.0 16v de 142/153 cv (G/E). A partir de R$ 60.200 (1.8 XLi).

VW Jetta 2012 - 01Volkswagen Jetta – Um dos mais demandados da categoria, o mexicano Jetta ganhou equipamentos como fileiras de LED e partida por botão nos modelos mais caros. No restante, segue o mesmo produto com desenho moderno e bom acabamento. Tem duas versões (Comfortline e Highline) e dois motores: 2.0 8v de 116/120 cv (G/E) e 2.0 16v turbo de 200 cv (G). A partir de R$ 63.990 (2.0 Comfortline).

Para votar, copie e cole a lista abaixo, dando notas de 5 a 10:
Chevrolet Cruze –
Citroën C4 Pallas –
Ford Focus Sedan –
Haima3 –
Honda Civic –
Hyundai Elantra –
JAC J5 –
Kia Cerato –
Mitsubishi Lancer –
Nissan Sentra –
Nissan Tiida Sedan –
Peugeot 408  –
Renault Fluence –
Toyota Corolla –
Volkswagen Jetta –

8ª Eleição All The Cars: Categoria 06 – Sedãs Médios

Segmento – Uma série de novidades chegou à categoria de sedãs médios durante 2011. Foram lançados Chevrolet Cruze, Hyundai Elantra, Mitsubishi Lancer, Peugeot 408 e Renault Fluence. Além disso, a nova geração do Volkswagen Jetta o colocou na categoria mais acirrada da Eleição. O líder Toyota Corolla se armou com uma reestilização, já o atual campeão Kia Cerato aposta nos mesmos atributos para conquistar o público. O novo Civic, já apresentado, ficou para 2012, o que o deixou fora desta Eleição.

Atual Vencedor – Kia Cerato
Favorito – Renault Fluence
Potencial Surpresa – Hyundai Elantra

Chevrolet Astra Sedan – Com as últimas unidades em estoque, o Astra Sedan vai se despedindo do mercado com a chegada do Cobalt. Bem-visto entre taxistas, contava com bom nível de equipamentos e espaço interno razoável. O visual já não encantava e o acabamento deixou de ser referência. Tinha versão única (Advantage), com motor 2.0 de 113/140 cv. A partir de R$ 51.749 (2.0 Advantage). Mais

Chevrolet Cruze – Uma das grandes novidades do segmento, o Cruze chegou como forte candidato no segmento. Com desenho moderno, bom acabamento e espaço interno justo, ele é a arma da Chevrolet para resgatar o público fiel do passado. Peca especialmente em detalhes, como os farois monoparábola. Chega em duas vesões (LT e LTZ), sempre com motor 1.8 16v de 140/144 cv. A partir de R$ 67.900 (1.8 LT). Mais

Chevrolet Vectra – Vivendo dos últimos exemplares em estoque, o Vectra deixou de ser comercializado para dar lugar ao Cruze. Destacava-se pelo espaço interno e pela boa fama de mecânica durável. O acabamento não estava entre as referências da categoria e faltavam itens nos modelos de entrada. Ganhou uma série especial para marcar o fim de sua existência. Tinha quatro versões (Expression, Elegance, Collection e Elite), sempre com motor 2.0 de 133/140 cv. A partir de R$ 58.725 (2.0 Expression). Mais

Citroën C4 Pallas – Antiga referência em termos de refinamento, o C4 Pallas foi esquecido à própria sorte. Seu volume de vendas caiu acentuadamente, tornando-se um figurante no segmento. Continua a se destacar pelo acabamento, pelo nível de equipamentos e pelo espaço, mas peca em estilo (defasado) e na falta de atualizações. Tem duas versões (GLX e Exclusive), sempre com motor 2.0 16v de 143/151 cv. Mais

Fiat Linea – Outro figurante do mercado é o Linea. Fabricado no Brasil, o sedã da Fiat ao menos recebeu atualizações em 2011. Além de modificações na nomenclatura dos acabamentos, ele passou a contar com novos kits opcionais. Mantém-se a qualidade com os motores modernos, mas peca em espaço (largura) e falta de tradição na categoria. Tem três versões (Essence, Absolute e T-Jet), com dois motores: 1.8 16v de 130/132 cv e 1.4 Turbo de 152 cv. A partir de R$ 55.450 (1.8 Essence). Mais

Ford Focus Sedan – Fabricado na Argentina, o Focus deixou de ser referência com a enxurrada de novidades no ano. Porém, continua boa opção de compra por acabamento, espaço e modernidade. Suas vendas jamais decolaram, provavelmente como reflexo do fracasso do antecessor. Tem três versões (GL, GLX e Titanium) com motores 1.6 16v de 109/116 cv e 2.0 16v de 143/148 cv. A partir de R$ 56.830 (1.6 GL). Mais

Ford New Fiesta Sedan – Produzido no México, o New Fiesta Sedan só disputa o segmento pelo alto valor tabelado. Tem porte de compacto, destacando-se pelo estilo arrojado e pelo acabamento justo, para o segmento mais baixo. Peca no espaço interno e no refinamento, para enfrentar veículos maiores. Chega em acabamento único (SE), com motor 1.6 16v de 110/115 cv. A partir de R$ 50.950 (1.6 SE). Mais

Honda City – Compacto com valores de médio, o City não teve alterações durante 2011, devendo ganhar uma reestilização em 2012. É a opção mais em conta entre os sedãs da marca, perdendo para o irmão maior em acabamento e espaço. Tem quatro versões (DX, LX, LXL e EX), todas com motor 1.5 16v de 115/116 cv. A partir de R$ 53.620 (1.5 DX). Mais

Honda Civic – Com nova geração já oficializada para fevereiro – e, portanto, não disputando a Eleição 2011 com o futuro sedã -, o Civic se manteve na vice-liderança do segmento vendendo menos da metade do rival Corolla. Destaca-se pelo visual esportivo, pelo interior bem-acabado e com linhas futuristas e pela dirigibilidade. Peca na relação custo-benefício, principalmente pelo valor alto cobrado em modelos não muito equipados. Tem quatro versões (LXL, LXL SE, EXS e Si) e dois motores: 1.8 de 138/140 cv e 2.0 de 192 cv. A partir de R$ 67.340 (1.8 LXL). Mais

Hyundai Elantra – Importado da Coreia do Sul, o Elantra é cercado de mistérios, principalmente pela falta de informações concedidas pelo representante local da marca, Grupo Caoa. Uma das polêmicas está ligada ao propulsor, que a empresa aqui alega ter 20 cv a mais do que em todos as outras nações onde o sedã com tal bloco é comercializado. Os equipamentos também não têm uma lista confiável, mas nas lojas se constata a ausência de freios traseiros a disco, um “crime” para veículos com tal valor. Tem versão única (até onde se sabe), com motor 1.8 16v de 140 cv. A partir de R$ 68.700 (1.8). Mais

Kia Cerato – Fabricado na Coreia do Sul, o Cerato é o terceiro mais vendido do segmento. Destaca-se por ter desenho esportivo, acabamento justo e boa lista de itens de série. Faltam equipamentos mais refinados e uma opção de propulsor mais potente. Conta com apenas uma versão (e vários catálogos) e motor 1.6 16v de 126 cv. A partir de R$ 59.400 (1.6). Mais

Mitsubishi Lancer – Lançado em outubro, o sedã importado do Japão traz toda a aura do famoso carro de rali com preços acessíveis. Tem acabamento justo, visual esportivo e alto nível de equipamentos. Pode esbarrar na falta de tradição da marca no segmento, mas prepara a ofensiva da empresa na parte de automóveis de passeio. Conta com quatro versões (MT, CVT, GT e EVO X) e dois motores: 2.0 16v de 160 cv e 2.0T de 295 cv. A partir de R$ 67.990 (2.0 MT). Mais

Nissan Sentra – Um pouco “esquecido” no mercado, o Sentra não conseguiu embalar e só deve se reforçar com uma nova geração. No entanto, o sedã feito no México ganhou retoques na linha 2012, recebendo mais itens de série, além de ter passado a oferecer as séries especiais Unique e SR. Tem cinco versões (2.0, S, SR, SL e Unique), todas com motor 2.0 16v de 142/143 cv. A partir de R$ 52.990 (2.0). Mais

Nissan Tiida Sedan – Com vendas acima da expectativa, o Tiida Sedan ganhou uma novidade na linha 2012, passando a oferecer airbag duplo opcional. De resto, segue o mesmo produto, com linhas pouco inspiradas, mas acabamento justo. Tem versão única, com motor 1.8 16v de 125/126 cv. A partir de R$ 44.500 (1.8). Mais

Peugeot 408 – Produzido na Argentina, o 408 está entre as opções mais modernas do mercado. Ainda sem vendas altas, o sedã da marca francesa se destaca pelas linhas arrojadas, pelo bom acabamento e pelo alto nível de equipamentos. Ainda assim, sofre com a falta de tradição no segmento, além do fraco desempenho que havia registrado seu antecessor. Em 2012, ganhará propulsor turbinado. Tem três versões (Allure, Féline e Griffe), todas com motor 2.0 16v de 143/151 cv. A partir de R$ 59.500 (2.0 Allure). Mais

Renault Fluence – Outro hermano entre os mais requintados do segmento, o Fluence se destaca pelo acabamento de qualidade, pelo alto nível de equipamentos, pela boa relação custo-benefício e pelo conjunto propulsor-transmissão. O estilo não é unanimidade e há a pouca tradição da marca no segmento, embora maior que a das compatriotas. Chega em duas versões (Dynamique e Privilège), sempre com motor 2.0 16v de 140/143 cv. A partir de R$ 60.290 (2.0 Dynamique). Mais

Toyota Corolla – Reestilizado em março de 2011, o Corolla ganhou reforços para a chegada de novos rivais. O estilo ficou mais arrojado, o interior ganhou novos revestimentos e o propulsor menor ficou mais forte. Segue líder isolado do segmento, com mais que o dobro de licenciamentos do segundo, Civic. Tem quatro versões (XLi, GLi, XEi e Altis) e dois motores: 1.8 16v de 139/144 cv e 2.0 de 142/153 cv. A partir de R$ 63.570 (1.8 XLi). Mais

Volkswagen Bora – Descontinuado para dar lugar ao novo Jetta, o Bora trazia como diferenciais a construção esmerada, o estilo arrojado, mesmo após a reestilização um tanto polêmica, e o alto nível de equipamentos. Pecava pelo espaço interno acanhado, pelo projeto antigo e pelo acabamento, um pouco abaixo da concorrência. Tinha versão única, com motor 2.0 de 116/120 cv. A partir de R$ 54.990 (2.0). Mais

Volkswagen Jetta – Em nova geração, o Jetta foi simplificado para disputar mercado com modelos mais em conta, sendo o legítimo representante da empresa entre os sedãs médios – e mudando de categoria na Eleição All The Cars. O modelo passou por atualizações mecânicas e estéticas, ficando maior, mais espaçoso e melhor acabado (nos modelos mais caros). Tem duas versões (Comfortline e Highline) e dois motores: 2.0 de 116/120 cv e 2.0 16v TSI (turbo) de 200 cv. A partir de R$ 65.755 (2.0 Comfortline). Mais

Para votar, copie e cole a lista abaixo:
Chevrolet Astra Sedan –
Chevrolet Cruze –
Chevrolet Vectra –
Citroën C4 Pallas –
Fiat Linea –
Ford Focus Sedan –
Ford New Fiesta Sedan –
Honda City –
Honda Civic –
Hyundai Elantra –
Kia Cerato –
Mitsubishi Lancer –
Nissan Sentra –
Nissan Tiida Sedan –
Peugeot 408  –
Renault Fluence –
Toyota Corolla –
Volkswagen Bora –
Volkswagen Jetta –

Mitsubishi confirma venda de Lancer e Lancer Sportback no Brasil

A Mitsubishi vai mesmo comercializar a linha Lancer mais em conta no mercado brasileiro. Já com a versão Evolution X em oferta (R$ 209.990), a marca japonesa passará a negociar também as opções menos apimentadas do sedã, que devem desembarcar por cerca de R$ 90 mil. Também será oferecido por aqui o hatchback Sportback. As vendas iniciam nas próximas semanas.

Continuar lendo

Mitsubishi traz Lancer ao Brasil em outubro

De acordo com o site CarSale, a Mitsubishi está disposta a atuar no segmento de automóveis de passeio no mercado nacional. Fora desde o fim da importação de Galant e Eclipse (que era caro e pouco competitivo), a marca japonesa pretende dar início às vendas do Lancer no país em outubro. Ele chegaria com preço na casa de R$ 70 mil, para enfrentar sedãs de porte médio.

Continuar lendo

Mitsubishi nega fim do Lancer Evo, mas confirma tendência a “novos caminhos”

Após as especulações de que o Lancer Evolution não teria continuação, a Mitsubishi veio a público para esclarecer a situação do aclamado sedã esportivo. Segundo a empresa, a opção mais apimentada da gama continuará a ser produzida nas futuras gerações do modelo. No entanto, ela ressaltou que um futuro Evo será bem diferente dos já vistos, explicando ainda que o três-volumes seguirá “uma nova direção”. Ou seja: não duvide se o batismo venha a se tornar o usado em uma opção mais ecológica e, como seu nome sugere, evoluída, com emissões reduzidas e talvez sistema híbrido de produção.

Continuar lendo

Linha EVO da Mitsubishi não terá continuação

A versão esportiva EVO, da Mitsubishi, tradicionalmente oferecida no Lancer, não terá continuação. Em sua décima edição, a opção mais apimentada do sedã será descontinuada pela marca japonesa. O motivo é o foco da companhia em investir em tecnologias ligadas a carros elétricos, deixando um pouco de lado modelos como o EVO X, caracterizados não apenas pelo rendimento, mas pelo alto consumo. A informação é da revista inglesa AutoCar.

Continuar lendo

Mitsubishi Lancer chega ao Brasil em um mês por R$ 80 mil

A Mitsubishi já confirmou a intenção de iniciar a produção do Lancer no Brasil a partir de 2012. No entanto, também confirmou que deve iniciar sua importação antes da fabricação local. Agora, segundo informações, sabe-se que o sedã deve chegar ao mercado dentro de um mês. Para enfrentar os consolidados Honda Civic e Toyota Corolla, o japonês virá por preços na casa de R$ 80 mil.

Continuar lendo

Mitsubishi investirá R$ 800 mil em fábrica goiana. Lancer será produzido no Brasil

A Mitsubishi Motors do Brasil anunciou, nesta quarta-feira (17), o investimento de R$ 800 milhões, até 2015, na unidade de Catalão (GO). Os recursos serão injetados para ampliar a fábrica, a fim de dobrar sua capacidade produtiva. Nesta nova fase, ela também passará a produzir veículos de passeio. De início, dois deles já estão definidos, enquanto outros dois seguem em estudo.

Continuar lendo