Volvo quer 25% de plásticos reciclados em seus carros até 2025

Conhecida mundialmente por sua preocupação com a segurança veicular, a Volvo mira agora em outro âmbito: o ecologicamente correto. Após reduzir a oferta de motores a diesel (leia aqui), anunciar a eletrificação de sua gama até 2019 (leia aqui) e garantir o fim das pesquisas para propulsores a combustão (leia aqui), a marca almeja aumentar o uso de plástico reciclado em seus veículos. Até 2025, pelo menos 25% do material aplicado nos carros devem ser reaproveitados.

Continuar lendo

Publicidade

Dieselgate: Detido, CEO da Audi é intimado a dar explicações sobre fraude

Rupert Stadler (Foto: Audi)

A fraude nos ensaios de homologação de emissões de motores a diesel, que ficou conhecida como Dieselgate, segue respingando nas marcas do Grupo Volkswagen. Na manhã desta segunda-feira (18), o CEO da Audi, Rupert Stadler, foi detido na Alemanha para dar explicações sobre o caso. A marca confirmou a prisão provisória do executivo, a fim de prestar esclarecimentos sobre sua responsabilidade no escândalo e o impacto da ação nos carros da empresa equipados com o dispositivo fraudador. A informação é do jornal The New York Times.

Continuar lendo

Dieselgate: Alemanha exige que Mercedes faça recall de 774 mil veículos

A suspeita levantada pela agência alemã para normas veiculares, KBA, se confirmou. Após encontrar ao menos cinco “dispositivos ilegais de desativação” em carros da Mercedes-Benz (leia aqui), o órgão convocou o CEO da Daimler, Dieter Zetsche, para esclarecimentos na tarde de ontem (11). Após o encontro, determinou-se que a empresa deverá realizar um recall com 774 mil unidades dos modelos Classe C, GLC e Vito, todos movidos por motores a diesel.

Continuar lendo

Dieselgate: Autoridade alemã encontra dispositivo suspeito na Mercedes

O escândalo Dieselgate segue rendendo notícias pelo mundo (leia aqui). Quase três anos após sua eclosão, crescem as suspeitas contra outras montadoras, além do Grupo Volkswagen, e surgem novas polêmicas. A agência alemã para assuntos rodoviários, KBA, afirma ter encontrado cinco “dispositivos ilegais de desativação” em motores da Daimler, proprietária de Mercedes-Benz e Smart. A informação foi publicada pelo jornal local Bild am Sonntag.

Continuar lendo

Hamburgo bane carro a diesel

Após a Suprema Corte de Justiça da Alemanha autorizar o pleito de algumas cidades (leia aqui), o carro a diesel deve ser cada vez mais marginalizado. A cidade de Hamburgo, segunda mais populosa do país, anunciou que veículos mais antigos movidos com tal propulsor serão proibidos de circular na área central. A medida é válida a partir de 31 de maio, daqui a exatos oito dias.

Continuar lendo

Denatran adia inspeção obrigatória

A inspeção veicular obrigatória não será mais obrigatória – aliás, por ora, nem será mais realizada. O Departamento Nacional de Trânsito (Denatran) voltou atrás e suspendeu sua exigência por tempo indeterminado. Com o batismo oficial de Inspeção Técnica Veicular (ITV), a medida foi adiada por “dificuldade na definição de requisitos para elaboração do programa”. Assim, a inspeção, que seria exigida para o licenciamento de todos os veículos a partir de 31 de dezembro de 2019, não tem mais data para entrar em vigor.

Continuar lendo

Roma também quer banir carro a diesel

A Europa segue em sua caçada implacável contra os carros a diesel, certamente motivada pelo escândalo Dieselgate, como aconteceu na Alemanha durante essa semana (leia aqui). Desta vez, é a cidade de Roma, capital da Itália, que colocou tais veículos na mira. Autoridades locais querem proibir a circulação destes modelos pelas ruas centrais do município até 2024, em ação semelhante à discutida pelos governantes de Paris (leia aqui).

Continuar lendo

Dieselgate novo? Audi é acusada novamente de fraudar emissões de motores

O escândalo Dieselgate parece ter ganhado um novo capítulo na Alemanha. A agência local de administração do setor automotivo (KBA) anunciou ter encontrado outro dispositivo capaz de fraudar testes de emissões em veículos da Audi. O componente estaria ligado a modelos movidos pelo motor 3.0 V6 TDI, que também move a Volkswagen Amarok. O caso renderá um novo recall da empresa, com mais 127 mil exemplares reparados.

Continuar lendo

Carros a diesel podem ser proibidos de circular pela cidade de São Paulo

O escândalo Dieselgate colocou os veículos com motor a diesel na mira das autoridades de todo o mundo. Desta vez, modelos com tal propulsor podem ter sua circulação banida das ruas da cidade de São Paulo (SP). É o que diz o Projeto de Lei 643/2017, de autoria do vereador Antonio Donato (PT). O texto indica que a proibição, se válida, entra em vigor em 2023.

Continuar lendo

China proíbe produção de 553 modelos por alta poluição

Poluição do ar em Pequim, capital da China (foto: AP Photo/Ng Han Guan)

A alta poluição atmosférica tem feito a China tomar medidas drásticas com relação às emissões de automóveis. A última delas foi banir a produção de pelo menos 553 versões de veículos, como comunicou o Centro de Serviço de Tecnologia Veicular, órgão do governo responsável por assuntos ligados ao setor. A suspensão entrou em vigor ontem (1º).

Continuar lendo

Inspeção veicular será obrigatória no Brasil até o fim de 2019

(Foto: viagora.com.br)

O Conselho Nacional de Trânsito (Contran) anunciou outra exigência para vigorar no Brasil nos próximos meses. O órgão publicou a resolução 716, que determina a obrigatoriedade da inspeção técnica veicular em todo o País, a ser regulamentada pelos Departamentos de Trânsito (Detran) de cada estado até 1º de julho de 2018. A aplicação deve ocorrer antes de 31 de dezembro de 2019. A medida foi tomada para, segundo o Contran, garantir as condições de segurança e de emissão de poluentes dos veículos.

Continuar lendo

Carro a diesel é superado por a gasolina na Europa pela primeira vez desde 2009

Os veículos com motor a diesel estão perdendo cada vez mais espaço, principalmente com políticas ambientais e após a mancha na reputação causada pelo escândalo Dieselgate. Agora, até mesmo no Velho Continente, onde sempre tiveram boa imagem, há queda na demanda. De acordo com a Associação Europeia de Fabricantes de Automóveis (Acea), os modelos a gasolina tomaram a dianteira das vendas da região pela primeira vez desde 2009.

Continuar lendo

Dieselgate: Volkswagen é condenada a pagar R$ 1,09 bilhão por fraude no Brasil

A Volkswagen do Brasil foi condenada a pagar mais de R$ 1 bilhão em indenizações no Brasil, por conta do caso conhecido mundialmente como Dieselgate. A fraude dos motores a diesel da marca, que burlavam testes de emissões para homologação, acabou respingando por aqui, onde tais propulsores equiparam apenas a picape Amarok. O montante deve ser destinado a cada proprietário do modelo, segundo decisão do juiz Alexandre de Carvalho Mesquita, da 1ª Vara Empresarial do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro. A montadora ainda não se pronunciou sobre o caso.

Continuar lendo

China também discute banir carros a combustão em definitivo

Símbolo da industrialização chinesa, Xangai sofre com a poluição do ar

Depois de França, Reino Unido e Alemanha, outro mercado gigantesco pode colocar fim aos carros a combustão. Tal qual ocorre com Escócia e até Brasil, a China agora avalia proibir as vendas de veículos com motores a diesel e a gasolina. A informação partiu do vice-ministro da indústria, Xin Guobin, segundo a agência de notícias oficial Xinhua.

Continuar lendo

Escócia também que banir carros a combustão; ano limite será 2032

A bela e medieval Edimburgo terá áreas para circulação exclusiva de carros de baixa emissão

O Reino Unido já bateu o martelo: está proibido vender carros a combustão em seu território a partir de 2040 (leia aqui). No entanto, um dos estados integrantes, a Escócia, pode antecipar a suspensão. O país discute tirar veículos a gasolina e diesel das ruas já em 2032.

Continuar lendo

França acusa PSA de fraude em motores

As suspeitos de uso de software fraudulento para transgredir os testes de emissões, após o escândalo Dieselgate da Volkswagen, recaíram sobre praticamente todas as grandes montadoras. Na França, as investigações atingiram diversas companhias. Após concluir não haver indícios de fraude na Opel (leia aqui), porém, as autoridades do país seguiram analisando outras empresas. Agora, segundo o jornal Le Monde, o governo indica que a PSA Peugeot Citroën comercializou cerca de dois milhões de veículos com sistemas de propulsão projetados para enganar os ensaios de homologação.

Continuar lendo

Lei pode banir circulação carros a combustão no Brasil em 2040

O Brasil pode seguir França (leia aqui) e Reino Unido (leia aqui) e proibir a comercialização de carros a gasolina e a diesel. No entanto, o Projeto de Lei 304/2017, de autoria do senador Ciro Nogueira (PP-PI), é ainda mais restritivo: quer banir a circulação dos veículos a combustão, algo ainda imprevisto nas nações europeias. O PL está em análise na Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ).

Continuar lendo

Chanceler da Alemanha sugere proibição de motores a combustão, mas sem datas

Porsche Panamera é produzido na germânica Leipzig

Quase um ano depois de levantar a possibilidade de proibir a venda de carros com motor a combustão (leia aqui), autoridades da Alemanha voltam a discutir a questão. Dessa vez, quem trouxe o tema à tona foi a chanceler Angela Merkel, que sinalizou que o futuro do transporte passa pelo abandono de tais propulsores. Ela, no entanto, não previu datas para que isso ocorra no país, embora nações como França (leia aqui) e Reino Unido (leia aqui) já tenham colocado 2040 como ano limite para a comercialização de tais modelos.

Continuar lendo

Reino Unido banirá carros a combustão a partir de 2040; híbridos escapam

Após o passo dado pela França (leia aqui), outras nações europeias começam a colocar uma data limite para a comercialização de carros com motor a combustão. O governo do Reino Unido anunciou que, a partir de 2040, veículos a diesel e a gasolina não poderão mais ser emplacados na terra da rainha, englobando Inglaterra, Escócia e País de Gales, mas deixando a Irlanda do Norte de fora da medida. Daquele ano em diante, só poderão ser licenciados modelos movidos a eletricidade ou híbridos, que, é claro, também usam propulsores a combustão ao menos para gerar energia para as baterias.

Continuar lendo

França proibirá venda de veículos com motor a combustão a partir de 2040

Alemanha (leia aqui), Noruega (leia aqui) e outras quatro nações (leia aqui) já estudavam a possibilidade de colocar uma data limite para a vender de veículos com motor a combustão. No entanto, a França foi quem saiu na frente. O país do croissant anunciou que será proibida a comercialização de modelos consumidores de diesel ou gasolina até 2040. Quem garantiu a informação foi o ministro de Ecologia local, Nicolas Hulot.

Continuar lendo

Dieselgate: Ibama abre investigação e pode aplicar nova multa à Volkswagen

Após impor uma multa de R$ 50 milhões (limite máximo legal brasileiro) à Volkswagen pelo uso de dispositivos fraudulentos na homologação do motor a diesel da Amarok (leia aqui), o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) deve ir mais a fundo no caso. O órgão abriu um segundo processo ligado ao caso, desta vez relativo aos danos ambientais que a “manobra” causou. A investigação pode render novas penalidades à marca.

Continuar lendo

Alemanha quer recall de carros a diesel e novo órgão para homologação

País onde está sediada a Volkswagen, pivô do escândalo Dieselgate, a Alemanha quer readequar as emissões da frota circulante de seu povo. A constatação de que a poluição real difere da homologada, também por parte de outros fabricantes, fez com que as autoridades locais solicitassem a realização de um recall de cerca de 12 milhões de veículos. Além disso, elas sugerem a criação de um novo órgão, específico para tratar da homologação de automóveis com protocolos mais exigentes.

Continuar lendo

Grupo Volkswagen desistirá de motores a diesel nos Estados Unidos

Foi nos Estados Unidos que o caso Dieselgate (leia aqui) veio à tona e foram as autoridades de lá que impuseram as maiores multas para o Grupo Volkswagen devido à adoção de um dispositivo para mascarar as emissões dos propulsores a diesel homologados em vários cantos do planeta. Não por acaso, o conglomerado alemão desistiu de oferecê-los no Tio Sam. A confirmação foi feita pelo chefe de desenvolvimento da Audi, Peter Mertens, à revista americana Car&Driver.

Continuar lendo

Elon Musk deixa conselho presidencial após EUA abandonarem Acordo de Paris

Fundador e CEO da Tesla, Elon Musk cumpriu sua ameaça. O empreendedor, que também criou o PayPal, anunciou sua saída do conselho presidencial dos Estados Unidos. A decisão foi tomada após a confirmação de que o País deixará o Acordo de Paris, um tratado de controle e redução de emissões de poluentes, conforme havia prometido Donald Trump.

Continuar lendo

Dieselgate II: GM também entra na mira das autoridades dos Estados Unidos

Depois da FCA Fiat Chrysler (leia aqui), outra gigante com raízes americanas entrou na mira das autoridades dos Estados Unidos. Agora, a General Motors é apontada como também burladora de normas de emissões de poluentes no Tio Sam. Por ora, a acusação parte “apenas” de clientes, que abriram processo contra a companhia em Detroit por conta do uso potencial de dispositivos para mascarar o lançamento de óxido de nitrogênio (NOx) por parte dos propulsores a diesel.

Continuar lendo

Autoridades alemãs investigam escritórios da Mercedes por motores fraudulentos

O escândalo de motores a diesel fraudulentos não parou na Volkswagen. Além da FCA Fiat Chrysler (leia aqui), outra gigante é acusada de burlar testes de emissões: a Daimler, dona da Mercedes-Benz. A nova fase do Dieselgate está sob investigação na Alemanha, com autoridades tendo visitado os edifícios da montadora germânica em busca de documentos que comprovassem a artimanha. Os investigadores atuam em conjunto com procuradores dos Estados Unidos, que também suspeitam da empresa.

Continuar lendo

Dieselgate II: Governo dos EUA processa FCA Fiat Chrysler por motores fraudulentos

Ontem (23), você leu no ALL THE CARS que a FCA Fiat Chrysler apresentou uma solução para seus motores a diesel que burlaram testes de emissões nos Estados Unidos (leia aqui). O caso, semelhante ao Dieselgate da Volkswagen, não havia rendido, ainda, sanções à gigante ítalo-americana. No entanto, o governo do Tio Sam abriu um processo contra a montadora por utilizar um software para fraudar os ensaios de homologação ambiental no país. A medida baixou as ações da companhia em 2,9%.

Continuar lendo

EUA: FCA Fiat Chrysler apresenta solução para corrigir emissão de motores a diesel

O Dieselgate da Volkswagen não foi o único a constatar que uma montadora burlou testes de emissões para homologação. Acusada na Europa, a FCA Fiat Chrysler foi “condenada” nos Estados Unidos. A empresa não teve sanções impostas, ao menos por ora, pela agência ambiental local (EPA), mas já apresentou a solução para tornar legais seus propulsores a diesel. O reparo ainda precisa ser aprovado pela EPA e também pela agência de recursos do ar da Califórnia (CARB).

Continuar lendo

Volvo confirma que não deve mais investir em motores a diesel

 

Eles foram alvo de ambientalistas por anos, mas a redução das emissões graças à aplicação de novas tecnologias garantiram certa sobrevida. No entanto, a eclosão do escândalo Dieselgate da Volkswagen e a possibilidade de outras montadoras também terem mascarado testes para medição de poluição colocou os motores a diesel de volta na fogueira. Dessa vez, a Volvo foi quem confirmou que desistirá deles, depois que se esgotar o uso dos últimos propulsores desenvolvidos por ela, da família Drive-E.

Continuar lendo

Até o fim de 2017, todo carro vendido no Brasil terá de passar por etiquetagem

Montadoras e veículos que não aderiram até o momento ao Programa Brasileiro de Etiquetagem Veicular (PBEV) terão até o final de 2017 para participar da iniciativa. Lançado há nove anos para classificar o grau de eficiência energética dos automóveis e comerciais leves negociados no País, ele será essencial para que as marcas se insiram no Rota 2030, o próximo ciclo de política automotiva tupiniquim. Avaliar os veículos no PBEV é exigência básica do plano para conceder benefícios e incentivos, algo que o atual sistema, Inovar-Auto, também previa (leia aqui).

Continuar lendo

Ibama quer testes de emissões mais rigorosos no Brasil

A fraude dos testes de emissões da Volkswagen Amarok (leia aqui) acendeu um alerta no Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama). A entidade agora faz pressão para que as normas tupiniquins e suas avaliações fiquem mais rígidas, evitando que outras companhias sigam o mesmo caminho. Técnicos podem que os ensaios compreendam também avaliações dos veículos nas ruas e não apenas nas bancadas, a fim de diminuir o risco de novas fraudes.

Continuar lendo

Dieselgate: VW pagará US$ 157,4 milhões por processos ambientais nos EUA

O uso de dispositivos para fraudar emissões de motores a diesel, conhecido como Dieselgate (leia aqui), segue rendendo trabalho para a Volkswagen. Além de ser acusada no Brasil de manter o componente nas unidades mais recentes da Amarok (leia aqui), a empresa lida com processos judiciais relativos a crime ambiental nos Estados Unidos. Lá a gigante alemã confirma ter chegado a um acordo com dez unidades federativas para liquidar tais demandas, o que lhe custará nada menos que US$ 157,4 milhões (R$ 497,8 milhões).

Continuar lendo

Cetesb suspeita que VW manteve dispositivo fraudulento na Amarok

Ontem (27) você leu no ALL THE CARS que o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) manteve a multa de R$ 50 milhões à Volkswagen por usar um dispositivo fraudador de testes no motor 2.0 a diesel da Amarok (leia aqui). O caso envolve exemplares das linhas 2011 e 2012, que foram reconhecidos pela montadora como veículos envolvidos no escândalo global Dieselgate (leia aqui). No entanto, a Companhia Ambiental do Estado de São Paulo (Cetesb) aponta agora que o caso brasileiro é mais profundo do que se pensava. A entidade afirma que unidades vendidas depois também podem ter burlado os ensaios de laboratório, o que elevaria o número de unidades envolvidas na fraude de 17.057 para 96.901. A informação foi veiculada pela revista AutoEsporte.

Continuar lendo

Ibama mantém multa à VW por Dieselgate na Amarok

O Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) confirmou a imposição de uma multa de R$ 50 milhões para a Volkswagen devido ao caso Dieselgate no Brasil. A picape teria também o dispositivo que mascara testes de emissões, alterando o comportamento do motor 2.0 TDI quando submetido a ensaios de laboratório. A punição já havia sido determinada pelo órgão ambiental em 2015 (leia aqui).

Continuar lendo

França encerra investigações sobre “Dieselgate da Opel”

Após fazer uma série de investigações para revelar se outras montadoras, além da Volkswagen, burlaram testes de emissões de carros a diesel, o governo da França vem divulgando os resultados de suas buscas. A última companhia analisada, a Opel, teve seu processo encerrado pelas autoridades daquele país. Elas informaram que os documentos recolhidos na sede local da montadora não revelaram uso de dispositivos ilegais para transgredir a legislação ambiental.

Continuar lendo

Dieselgate: União Europeia pode punir países por inoperância no caso

O descaso de alguns países europeus diante do Dieselgate, o escândalo dos motores fraudulentos da Volkswagen, que burlavam os testes de emissões, chamou atenção em todo o mundo. Enquanto os Estados Unidos, que deflagraram o dispositivo infrator, impunham multas à montadora, nações do Velho Mundo nada faziam. Agora, porém, a Comissão da União Europeia anuncia que vai tomar medidas contra os governos de seus estados membros que não acionarem a gigante alemã por infringir as avaliações de homologação e comercializar propulsores mais poluentes que o permitido.

Continuar lendo

Paris e Cidade do México falam em banir carro a diesel até 2025

Volkswagen Passat TDI EUA

Os motores a diesel parecem ter sido eleitos os novos vilões do aquecimento global. Principalmente após o escândalo Dieselgate (leia aqui), o caso de propulsores fraudulentos do Grupo Volkswagen, municípios em todo o mundo falam na proibição de venda e circulação de veículos movidos por eles. Durante o encontro do Grupo de Liderança Climática das Cidades (C40), em que as questões ambientais foram o principal tema, ganhou força o banimento deste tipo de propulsão. As vozes mais fortes contra estes carros foram dos prefeitos de Cidade do México, que sedia o evento neste ano, e Paris, cuja prefeita passou a presidir a entidade.

Continuar lendo

França pode banir carros a diesel de Volkswagen e Renault

renault mégane grand tour 2017 02

O prestígio dos carros a diesel vai se esvaindo após o escândalo dos motores fraudulentos da Volkswagen, o Dieselgate, eclodir nos Estados Unidos. Os veículos com estes propulsores entraram na mira de autoridades de vários países após o caso vir a público. Na França, a novidade é o estudo feito por representantes do governo para banir a venda destes carros, em especial da Renault e da própria VW.

Continuar lendo