Fabricantes de pneus paralisam fábricas e comprometem fornecimento na Argentina

A semana começou preocupante para a indústria automotiva argentina. Além das dificuldades em se obter matéria-prima, as fabricantes de pneus lá instaladas sofrem com as greves lideradas pela central sindical Sutna, que reúne os trabalhadores do setor. Deste modo, as três empresas que operam no país vizinho, Bridgestone, Pirelli e Fate, suspenderam as operações. A paralisação deve causar o desabastecimento nas fábricas de veículos e também no mercado de reposição.

Continuar lendo

Publicidade

Argentina terá apenas elétricos até 2050

Volkswagen Caminhões comemora 20 anos com clientes argentinos.

Como têm feito outros países pelo mundo, a Argentina anunciou uma “data limite” para a comercialização de veículos com motor a combustão interna. O “Plano Nacional do Transporte Sustentável”, lançado por lá nesta semana, estipula que apenas carros elétricos possam ser comercializados por lá a partir de 2050. Antes deste prazo, o governo apontou algumas metas a serem cumpridas para “reduzir o impacto ambiental”.

Continuar lendo

Peugeot estuda produzir segunda geração do 2008 na Argentina, diz executivo

Lançada na Europa em meados de 2019 (leia aqui), a segunda geração do 2008 pode, finalmente, ser produzida no Mercosul. A revelação dos planos foi feita pelo Country Manager da PSA na Argentina, Gabriel Cordo Miranda, em entrevista ao site Motor1 Argentina. De acordo com o executivo,  a possibilidade ainda está sob análise da direção da companhia, mas é uma hipótese que, até então, não se tinha dentro da montadora.

Continuar lendo

No Uruguai, Nivus e T-Cross ganham motor 1.0 Turbo menos potente

https://blogger.googleusercontent.com/img/a/AVvXsEj-bwey-h3ye_Uw-GPa1Z5uUsAowjlzJqsrLtftm3edAT8R8ni8gnHuJ_qwb1etiLXMltMEmIuf5Ns3dbtLAlVB2yW2cixBKNMaIXCtOacjQWArZtlCnGNaR7f0RJIH_MDd3XqdiSg__j_gf80xaNFGQ_cmaG7fkeFL1ZkVh8FrRitOZJ6parGsgqp0=s1402

Se no Brasil se especula a oferta do motor 1.0 Turbo menos potente no Nivus, no Uruguai a combinação já é realidade. A Volkswagen confirmou que o SUV terá o TSI mais “manso”, próximo do que rendia no Up (leia aqui), para sua versão de acesso. Ele também será disponibilizado no T-Cross, substituindo o 1.6 aspirado no acabamento de entrada Trendline.

Continuar lendo

Russa Kamaz planeja produzir caminhões na Argentina; executivo já visitou o país

Kamaz develops new miningtrucks, this is the first one – Iepieleaks

A russa Kamaz almeja montar veículos na Argentina, expandindo sua atuação à América Latina. O chefe financeiro (CFO) da empresa, Andrey Maksimov esteve no país vizinho e assinou uma carta de intenções junto à prefeitura de José C. Paz, na região metropolitana da capital Buenos Aires. As negociações se aprofundaram em dezembro e podem realizar um antigo sonho da empresa: em 2014, foram iniciadas tratativas sobre o mesmo assunto, mas as conversas não foram adiante.

Continuar lendo

Argentina: Governo limita compra de “carros de luxo”; estatais são exceção

Modelos como o Santa Fe também serão afetados

O governo da Argentina determinou que o acesso a “dólar oficial” para importação de veículos será mais restritivo a partir de 2021. Em 2021, o presidente Alberto Fernández limitou as compras a US$ 35 mil do preço de compra no exterior (o que não inclui impostos e frete), baixando agora o valor a US$ 25 mil. Para aquisições acima do estipulado, os argentinos terão de buscar “dólar paralelo”. A determinação do Banco Central excetua órgãos e entidades estatais, que seguem tendo livre acesso à moeda americana, e chega a “liberar” funcionários do setor público.

Continuar lendo

Uruguai: Fiat destrona Volkswagen; Strada e HB20/HB20S lideram segmentos

As vendas de veículos no Uruguai registraram recuperação acentuada em 2021. Segundo dados da Associação do Comércio Automotivo do Uruguai (Acau), o país registrou 48.823 emplacamentos de leves e pesados no período, o que representa alta de 41,4% sobre 2020 (leia aqui). A liderança entre as marcas ficou com a Fiat, que superou a Volkswagen e tomou a ponta após ser apenas quinta no ano anterior. O mercado de lá ficou parecido com o do Brasil: a Strada fechou no topo dos comerciais leves e do ranking geral, enquanto o Hyundai HB20 ficou na dianteira dos automóveis. Por lá, hatches e sedãs têm vendas somadas.

Continuar lendo

Argentina: Vendas sobem em 2021, Toyota destrona VW e Fiat Cronos lidera modelos

As vendas de veículos novos crescem 11,5% na Argentina, em relação a 2020, alcançando 381.777 unidades, puxadas pelo segmento de pesados. Quando se consideram apenas automóveis e comerciais leves, a alta é de 9,8%. A liderança ficou com a Toyota, que destronou a Volkswagen, que deteve o posto pelos últimos 16 anos consecutivos. Entre os veículos, o mais demandado foi o Fiat Cronos, que abocanhou sozinho quase 10% do mercado argentino. Já a Toyota Hilux ficou no topo entre os comerciais leves.

Continuar lendo

Peugeot confirma novo 2008 na Argentina e não descarta produção local

A segunda geração do 2008 (leia aqui) já deu as caras na Argentina. A Peugeot aproveita as férias de verão por lá para, como outras marcas, exibir modelos em Cariló, na região da capital Buenos Aires. Uma delas é o renovado SUV, que tem lançamento confirmado para o segundo semestre por lá. E a direção da empresa não descarta produzi-lo no país, ao lado do irmão 208, de onde ele poderia ser importado ao Brasil.

Continuar lendo

Placa de antigos voltará a ter fundo preto

external_image

Uma das várias polêmicas criadas pela “placa Mercosul” foi o fim do fundo preto para veículos antigos, com 80% ou mais de conteúdo original. Seguindo o novo padrão do bloco econômico, as chapas passaram a ter faixa branca onde constam os caracteres, sendo estes pintados em cinza para modelos clássicos. Mas o modelo anterior voltará a ser utilizado, segundo o Clube do Carro Antigo do Brasil [veja abaixo], por uma nova resolução do Conselho Nacional de Trânsito (Contran). Ela, porém, ainda não tem previsão de publicação.

Continuar lendo

Changan montará veículos na Argentina

A chinesa Changan vai produzir veículos na Argentina a partir do segundo semestre de 2022. A informação foi confirmada pelo presidente da representante local da marca, Omar Daneri. O empresário informou que serão investidos US$ 20 milhões para viabilizar a montagem do utilitário MD201, modelo parecido com outros comerciais leves que foram vendidos no Brasil. Nada se falou sobre a possibilidade de exportá-lo para cá.

Continuar lendo

Ford lança Maverick na Argentina

Já confirmada para o Brasil (leia aqui), a Maverick acaba de desembarcar na Argentina. Para nós, o mais interessante está relacionado à política de preços da picape mexicana, o que pode nos dar uma ideia de sua faixa planejada pela Ford no Brasil. Na terra do tango, ela será oferecida em duas versões, sempre com o motor 2.0 Turbo a gasolina, partindo de 3,93 milhões de pesos, equivalente a R$ 220 mil.

Continuar lendo

Lifan fecha fábrica e deixa Uruguai; marca importou modelos de lá ao Brasil

Paralisada desde junho de 2018 (leia aqui), a fábrica da Lifan em San José, no Uruguai, vai mesmo fechar as portas. Após mais de três anos de promessas e adiamentos (leia aqui e aqui), a empresa chinesa anunciou o fechamento de planta como parte de seu plano de deixar o mercado local. A montadora revelou ainda não ter capital para pagar as compensações aos funcionários que empregava.

Continuar lendo

Argentina: Vendas ficam estáveis durante setembro; marcas fazem pedido ao governo

As vendas de veículos seguem em momento nebuloso na Argentina. Em setembro, foram emplacadas 31.681 unidades, 0,5% a menos que em agosto (leia aqui), mas com -9,5% de variação sobre o mesmo período do ano passado. Trata-se da primeira queda em relação mensal a 2020 aferida em 2021. No acumulado, somam-se 307.246 licenciamentos, 23,1% a mais que no mesmo período de 2020. O percentual de avanço vem caindo a cada mês: +37% até junho; +32,2% até julho; e +28,2% até agosto. Por isso, a entidade que reúne as montadoras, Acara, fez pedido formal e aberto ao governo da Argentina, solicitando que sejam destravadas as normas para importação de veículos, o que tem dificultado a vida dos lojistas. “Os números de setembro são quase épicos, pois há concessionários praticamente vazios”, ressalta o presidente da associação, Ricardo Bartolomé. Os líderes de setembro foram novamente Toyota, Hilux e Fiat Cronos.

Continuar lendo

Argentina: Vendas voltam a cair em agosto; Toyota, Cronos e Hilux seguem líderes

As vendas de veículos novos voltaram a cair na Argentina. Em agosto, o país vizinho licenciou 31.167 unidades, 5,6% a menos que em julho (leia aqui) e apenas 1,8% a mais que em agosto, quando o país enfrentava medidas ainda bastante restritivas de circulação. No acumulado, a soma chega a 274.906 exemplares, com alta de 28,2%. Até julho, porém, o avanço era de 32,2%, enquanto até junho a alta estava em 37%. Os líderes não mudaram: seguem a Toyota entre as marcas, sua Hilux dentre os comerciais e o Fiat Cronos nos automóveis.

Continuar lendo

Argentina: Vendas caem em julho; Toyota, Cronos e Hilux lideram outra vez

As vendas de veículos novos registraram queda ao longo de julho. Com 32.338 emplacamentos, o país vizinho viu o volume decair 15,4% em relação a junho, com alta de apenas 6,1% sobre o mesmo mês do ano passado, quando recém se abriam as lojas após o primeiro grande lockdown local. O acumulado soma 243.068 exemplares negociados, 32,2% acima do mesmo período de 2020. Todavia, o avanço é menor que o aferido até junho (leia aqui), quando se tinha alta de 37% entre os semestres. Os líderes não mudaram: a Toyota segue na ponta entre as fabricantes, com sua Hilux à frente dos comerciais leves. Nos automóveis, o topo continua ocupado pelo Fiat Cronos.

Continuar lendo

Brasil representa 87,9% dos veículos importados pela Argentina, indica entidade

T-Cross pela Argentina [Foto: Autoblog.com.ar]

Os mais antenados em assuntos da indústria nacional sabem que a Argentina é o principal parceiro comercial do Brasil em termos automobilísticos. O que pouco se fala é sobre a importância das fábricas tupiniquins para o abastecimento do país vizinho. Agora, a Adefa, que reúne as montadoras de lá, divulga um estudo sobre a origem dos produtos importados para lá, com um dado impactante: o Brasil representa 87,9% do volume total.

Continuar lendo

Imposto de importação para europeus será reduzido em 50% em novo acordo

Acertado em 2019 (leia aqui), o acordo comercial entre Mercosul e União Europeia volta a ser assunto. Dessa vez, o Ministério das Relações Exteriores confirma que as discussões em torno da redução do imposto de importação para veículos feitos no Velho Continente seguem prosperando. Caso as negociações avancem, a tarifa será reduzida pela metade, dos atuais 35% para 17,5%, já a partir de 2022. O “corte”, porém, é válido para apenas 50 mil exemplares, dos quais 32 mil comercializados no Brasil. Em 16 anos, a taxa deverá ser zerada.

Continuar lendo

Volkswagen inicia venda de elétricos na América do Sul pelo Uruguai

A Volkswagen enfim começará a vender seus elétricos na América do Sul. No entanto, o Brasil ainda não está no radar da montadora alemã. O primeiro país da região a receber os ecologicamente corretos da marca é o Uruguai, com a estreia do e-Up, versão “zero emissões” do hatch recentemente descontinuado por aqui (leia aqui). As vendas começam oficialmente no primeiro semestre de 2022, embora os primeiros exemplares já tenham sido destinados ao Ministério da Indústria local.

Continuar lendo

Argentina: Vendas volta a subir em junho; Toyota, Hilux e Cronos mantêm dianteira

Depois de dois meses de queda (leia aqui e aqui), as vendas de veículos novos na Argentina voltaram a subir. Em junho, o país vizinho licenciou 37.621 unidades, 64,1% acima de maio, quando fábricas, lojas e órgãos públicos foram fechados parcialmente, e 0,9% superior ao mesmo mês do ano passado. No acumulado, 2021 soma 210.177 emplacamentos, 37% a mais que no primeiro semestre de 2020. Os líderes do sexto mês do ano foram novamente a Toyota entre as marcas, o Cronos nos automóveis e a Hilux dentre os comerciais.

Continuar lendo

Argentina: Vendas caem 31,7% em maio; Toyota, Hilux e Cronos lideram

A Argentina voltou a aferir queda nos emplacamentos em maio, com 31,7% de retração frente a um já retraído abril (leia aqui). Ao todo, foram vendidos 22.193 veículos novos, entre leves e pesados, o que indica uma sutil alta de 4,6% frente ao mesmo mês de 2020. Segundo a entidade que reúne os lojistas do país vizinho, a Acara, a queda pode ser parcialmente atribuída à medida de isolamento que afetou os principais centro comerciais da Argentina, na última semana (leia aqui), impedindo atividades como de revendas, importações e escritórios de registros de veículos. A liderança entre as marcas ficou com a Toyota, com sua Hilux no topo dos comerciais e o Fiat Cronos à frente dos automóveis.

Continuar lendo

Ford EcoSport indiano chega à Argentina

Como prometido em fevereiro (leia aqui), a Ford Argentina manteve a oferta do EcoSport, mesmo com o fim de sua produção no Brasil (leia aqui). Por lá, a marca acaba de lançar o SUV oriundo da fábrica de Chennai, na Índia, que também foi responsável por abastecer a Europa até que o crossover também fosse feito na Romênia. Ele será vendido em dois níveis de acabamento, sempre com motor 1.5.

Continuar lendo

Argentina abre exceção e permite fábricas de automóveis durante Lockdown

Após determinar novo Lockdown (leia aqui), mantendo apenas serviços considerados essenciais em atividade entre os dias 22 e 30 de maio, o governo da Argentina abriu uma exceção. Atividades industriais que exportam, e, portanto, geram divisas e diminuem o desequilíbrio da balança comercial, poderão operar normalmente. Dessa forma, fabricantes de automóveis poderão continuar atuando, assim como suas fornecedoras de componentes.

Continuar lendo

Governo da Argentina anuncia lockdown de nove dias por avanço da Covid-19

A Argentina passará por mais um fechamento quase total de fábricas e “serviços não essenciais” devido ao aumento recente nos casos de Covid-19. Sob essa justificativa, o presidente local Alberto Fernández impôs um lockdown com duração de “pelo menos” nove dias. Nesse período, “todas as atividades econômicas em formato presencial ficam suspensas”, segundo o mandatário.

Continuar lendo

Argentina: Vendas caem em abril; Volkswagen, Cronos e Amarok lideram

As vendas de veículos novos registraram queda na Argentina em abril, após dois meses de alta. Ao todo, o país vizinho emplacou 32.200 exemplares, 12,7% a menos que em março e com um “irreal” avanço de 629,5% sobre o mesmo mês de 2020, quando os escritórios de licenciamento foram fechados pelo governo após a eclosão da pandemia. No acumulado, o resultado segue com alta de 57,3%, totalizando 149.293 vendas de leves e pesados. Em abril, a Volkswagen retomou a dianteira entre as marcas e viu sua Amarok superar a Toyota Hilux nos comerciais. O Fiat Cronos segue no topo dos automóveis, sendo responsável quase 80% dos emplacamentos da marca italiana no mês.

Continuar lendo

Argentina exibe que montadoras locais operem em capacidade máxima

O governo da Argentina determinou que todas as montadoras instaladas no País passem a operar em capacidade máxima. A medida foi publicada no Boletim Oficial, equivalente ao Diário Oficial da União (DOU) do Brasil, e obriga que outras indústrias também atuem a plenos pulmões. As empresas que descumprirem a determinação estarão sujeitas a sanções previstas em Lei.

Continuar lendo

Argentina: Vendas voltam a subir em março; Toyota, Cronos e Hilux lideram

A Argentina voltou a apresentar crescimento nas vendas de veículos novos. Em março, foram 36.591 exemplares emplacados, 20% acima do aferido em fevereiro. Em relação ao mesmo período de 2020, quando as lojas ficaram fechadas durante metade do mês devido à pandemia de Covid-19, a alta é de 105,3%. Por mais um mês, a Toyota lidera entre as marcas, desbancando inclusive a Volkswagen no acumulado, com fatia de 19%. Entre os veículos, a dianteira ficou novamente com o Fiat Cronos, enquanto a Toyota Hilux segue soberana nos comerciais leves.

Continuar lendo

Stellantis aumentará produção de Fiat Cronos e Peugeot 208 na Argentina

A Stellantis vai ampliar o volume fabril de suas fábricas situadas na Argentina. A informação foi revelada pelo embaixador do país vizinho no Brasil, Daniel Scioli, após encontro com o presidente da gigante para a América do Sul, Antonio Filosa. Em reunião realizada em Belo Horizonte (MG), o executivo garantiu que as plantas de lá vão aumentar sua capacidade para entregar mais unidades de Fiat Cronos e Peugeot 208, especialmente para exportação.

Continuar lendo

Argentina: Vendas caem em relação a janeiro, mas sobem frente a 2020

As vendas de veículos novos na Argentina somaram 30.141 exemplares, considerando-se leves e pesados, durante fevereiro. O resultado é 39,4% inferior ao de janeiro, mas 8,9% superior ao do mesmo mês de 2020, logo antes da pandemia. O acumulado chega a 79.866 licenciamentos, com alta de 9,9% sobre o primeiro bimestre do ano passado. A Toyota lidera pelo segundo mês consecutivo, abrindo vantagem sobre a segunda colocada Volkswagen. Nos automóveis, dianteira folgada para o Fiat Cronos, enquanto a Toyota Hilux segue soberana entre os comerciais leves.

Continuar lendo

Startup de elétricos Lupa, da Espanha, anuncia fábrica no Uruguai

Lupa E26, o “primogênito”

A startup espanhola Lupa, sediada em Barcelona, anunciou a construção de uma fábrica no Uruguai. Em nota, a empresa informou que investirá recursos próprios para viabilizar a planta, tendo capacidade produtiva anual de cerca de 20 mil unidades. A intenção é iniciar a montagem em 2024, alcançando outros países da América Latina, especialmente os vizinhos do Mercosul.

Continuar lendo

Argentina: Vendas voltam a crescer em janeiro; Fiat Cronos lidera

As vendas de veículos novos voltaram a crescer na Argentina. Em janeiro, o país vizinho emplacou 49.438 exemplares, com alta de expressivos 139,5% sobre dezembro e 9,9% em comparação com o mesmo mês de 2020. O líder foi o Fiat Cronos, seguido por outros quatro modelos produzidos naquele país, reflexo da política econômica de travar importações automotivas. Entre as marca, a dianteira ficou com a Toyota, enquanto sua Hilux ocupou a ponta entre os comerciais.

Continuar lendo

Ford EcoSport seguirá vivo na Argentina

EcoSport romeno – e não turco – pode chegar à Argentina

O encerramento da produção de automóveis da Ford no Brasil (leia aqui) também vai impactar significativamente nas operações da Argentina. Sem automóveis de passeio para comercializar, a rede de lojas da marca do oval azul tende a minguar, como por aqui (leia aqui). Todavia, o EcoSport deve seguir vivo por lá. Segundo o jornal local La Nación, a empresa estuda importar o SUV de outra localidade para abastecer o mercado argentino.

Continuar lendo

Uruguai registra queda nas vendas em 2020; Volkswagen, Kwid e Oroch lideram

Como em praticamente todo o planeta, o Uruguai também viu suas vendas de veículos novos caírem em 2020, devido ao distanciamento social “imposto” pela Covid-19. Segundo a Associação de Comércio Automotor do Uruguai (Acau), que reúne as fabricantes atuantes por lá, o país consumiu 34.528 unidades, entre leves e pesados, ao longo do último ano. O volume é 17,5% menor que o registrado em 2019 (40.572) e 26,5% inferior ao de 2018 (43.706). Entre as marcas, a liderança ficou com a Volkswagen, com uma margem bem pequena sobre a Renault. A francesa, por outro lado, ocupou a dianteira nos dois segmentos de maior demanda: com o Kwid entre automóveis e com a Duster Oroch nos comerciais leves.

Continuar lendo

Argentina tem queda de 41% em dezembro; retração em 2019 fica em 25,5%

As vendas de veículos novos na Argentina amargaram uma queda acentuada em dezembro. No último mês do ano, o país vizinho licenciou 20.580 unidades, 41% menos que em novembro e 3,6% abaixo do mesmo período de 2019. Apesar disso, o acumulado de 2020 foi melhor que o esperado para um mercado em crise, com inflação de 46% e desemprego não-oficial beirando os 28%, e afetado pela pandemia. Ao todo, foram 342.474 emplacamentos, 25,5% a menos que no ano anterior. No mercado como um todo, os líderes foram a Volkswagen e a Toyota Hilux. Entre os automóveis, o troféu foi para o Chevrolet Onix.

Continuar lendo

Mitsubishi ASX brasileiro chega ao Uruguai

A HPE Automotores, representante da Mitsubishi no Brasil, deu início à exportação do ASX ao mercado uruguaio. O modelo produzido em Catalão (GO) substitui o similar até então importado do Japão. Ele mantém o visual pré-reestilização, que aqui estreou ao lado do rebatismo para Outlander Sport (leia aqui), sendo oferecido em versão única. O preço tabelado é de US$ 35.990 (R$ 184.520).

Continuar lendo

Ford anuncia investimento para produzir próxima geração da Ranger na Argentina

Possível nova Ranger flagrada na Austrália

Apesar das incertezas criadas pela saída da Volkswagen Argentina da parceria em favor da nova geração de picapes (leia aqui), a Ford decidiu manter os planos de produzir a renovada Ranger na terra do tango. A marca americana confirmou um investimento de US$ 580 milhões (hoje, R$ 3,03 bilhões) na planta de Pacheco para viabilizar a montagem do modelo, garantindo o futuro do complexo fabril e o consolidando como hub para exportação à América Latina. A expectativa é iniciar as atividades relativas à nova Ranger em 2023.

Continuar lendo