Fórmula 1 2017: Classificação do Mundial de Pilotos (20/20)

A temporada 2017 da Fórmula 1 se encerrou ao término do GP dos Emirados Árabes. Assim, definiram-se de vez todas as colocações do Mundial de Pilotos, confirmando-se o vice-campeonato de Sebastian Vettel. A surpresa ficou para Kimi Raikkonen, que tomou o quarto lugar de Daniel Ricciardo após o australiano abandonar a prova árabe. Nas demais colocações, praticamente nenhuma mudança em relação que se tinha até então. Chama atenção ainda que Marcus Ericsson foi o único a disputar todas as 20 etapas e não marcar um ponto sequer. Continuar lendo

Anúncios

Fórmula 1 2017: Classificação do Mundial de Pilotos (19/20)

Com o título assegurado, Lewis Hamilton não tem mais obsessões na temporada 2017 da Fórmula 1. Ele agora soma pontos à carreira. A Sebastian Vettel, que venceu o GP do Brasil, interessa assegurar o segundo posto, confirmando-se como adversário direto do inglês. Na sequência, Valtteri Bottas se consolida como terceiro colocado em seu primeiro ano de Mercedes. Por ora quarto colocado, Daniel Ricciardo vê a aproximação de Kimi Raikkonen, na única briga direta entre as “cabeças” para a última prova de 2017. O brasileiro Felipe Massa ocupa a décima posição em seu último campeonato. Ele não deve chegar a nono, embora corra risco de cair a 12º.

Continuar lendo

Fórmula 1 2017: Classificação do Mundial de Pilotos (18/20)

O resultado final do Grande Prêmio do México sagrou Lewis Hamilton campeão da temporada 2017 da Fórmula 1. O inglês levantou seu quarto troféu, após também ter conquistado o título em 2008, 2014 e 2015. Seu único rival “sério” na briga pelo caneco foi Sebastian Vettel, que agora tem duas etapas para confirmar o vice-campeonato, tendo a ameaça de Valtteri Bottas. Mais atrás, Kimi Raikkonen se aproxima de Daniel Ricciardo após mais um abandono do australiano. Há que se destacar ainda o crescimento de Max Verstappen nesta fase final da temporada e o bom ano de estreia do canadense Lance Stroll, que agora está à frente do experiente brasileiro Felipe Massa no classificação.

Continuar lendo

Fórmula 1 2017: Classificação do Mundial de Pilotos (17/20)

Colecionando vitórias em 2017, Lewis Hamilton caminha a passos largos para levar o troféu do Mundial de Pilotos da Fórmula 1 para casa. Após triunfar nos Estados Unidos, o inglês aumentou sua vantagem para 66 pontos em relação ao segundo colocado, Sebastian Vettel. Para igualar o alemão em número de taças, ele precisa somente chegar em quinto em uma das três corridas finais: México, Brasil ou Emirados Árabes. Ou seja: é quase impossível que ele deixe escapar o caneco.

Continuar lendo

Fórmula 1 2017: Classificação do Mundial de Pilotos (16/20)

A vitória no GP do Japão, aliada ao abandono de Sebastian Vettel, deixaram Lewis Hamilton bem mais tranquilo. O inglês agora caminha para igualar o rival, aproximando-se de seu quarto título de piloto da Fórmula 1. A diferença entre ambos, já de confortáveis 34 pontos, saltou para 59. A quatro corridas do fim e com uma Mercedes cada vez mais confiável, fica difícil imaginar um cenário em que o alemão consiga superar o britânico. Vettel, inclusive, passa a ser ameaçado por Valtteri Bottas, companheiro de Hamilton.

Continuar lendo

Fórmula 1 2017: Classificação do Mundial de Pilotos (15/20)

Mais uma vez, Lewis Hamilton contou com o acaso para ampliar sua vantagem na liderança do Mundial de Pilotos da Fórmula 1. Se em Cingapura foi beneficiado pelo acidente que tirou Sebastian Vettel da prova ainda na primeira volta, na Malásia foi o carro do alemão que, com problemas no motor, deixou-o menos competitivo. Mesmo em segundo, o britânico ampliou sua vantagem de 28 para 34 pontos. A diferença só não foi maior porque o tetracampeão fez uma excelente corrida, saindo de último para quarto. Vencedor em Kuala Lumpur, Max Verstappen reduziu a distância para Kimi Raikkonen, de 70 para 45 pontos. A margem ainda é grande, mas não é impossível de ser tirada em cinco etapas.

Continuar lendo

Fórmula 1 2017: Classificação do Mundial de Pilotos (14/20)

Vinha sendo uma disputa equilibrada pelo título do Mundial de Pilotos da Fórmula 1 2017. No entanto, o abandono de Sebastian Vettel após o acidente na largada, o primeiro do alemão em 19 corridas, deixou a situação bem favorável a Lewis Hamilton. Em um circuito onde a Ferrari tendia a vencer, o inglês não apenas triunfou, como abriu vantagem de três para 28 pontos sobre o rival. Agora, mesmo que o alemão ganhe na Malásia, no dia 1º de outubro, e o o britânico deixe de pontuar, o corredor da Mercedes continuará no topo. Quem também tirou vantagem foi Valtteri Bottas, que somou 15 pontos com sua terceira colocação e começou a aparecer no retrovisor de Vettel.

Continuar lendo