Skoda e Seat apresentam versões elétricas dos subcompactos Citigo e Mii

A retração nas vendas dos subcompactos fez o Grupo Volkswagen alterar sua estratégia para eles: no futuro, tanto o Up quanto seus derivados serão movidos somente a eletricidade (leia aqui). No entanto, a mudança de perfil começa já nessa linhagem dos pequenos hatches europeus. Seat e Skoda, suas subsidiárias de menor custo, apresentaram as variações de Mii e Citigo, respectivamente, com motor elétrico. A dupla começa a ser produzida no segundo semestre, com vendas previstas para se iniciarem em setembro. No caso do hatch espanhol, a novidade dá fim aos produtos atuais.

Continuar lendo

Anúncios

Sucessor do Volkswagen Up será elétrico

A queda na demanda por subcompactos na Europa está fazendo as montadoras se reinventarem, buscando soluções para adequar seus produtos às necessidades de quem faz questão de um carro próprio para se deslocar nos grandes centros. No Grupo Volkswagen, uma decisão já foi tomada nesse sentido: a empresa atuará na faixa dos pequenos com propulsão elétrica. Segundo o chefe de desenvolvimento da marca VW, Frank Welsch, o Up será substituído por um modelo de porte similar, mas movido por eletricidade. Ele chega às ruas em 2023, dando mais três anos de sobrevida ao atual hatch.

Continuar lendo

Volkswagen projeta 70 elétricos e 22 milhões de vendas em dez anos

ID Neo (acima) será o primeiro elétrico da “nova VW”

O Grupo Volkswagen anunciou seus planos para veículos elétricos em médio e longo prazos durante a conferência anual de mídia da empresa, em Wolfsburg, na Alemanha. O CEO Herbert Diess confirmou que, durante a próxima década, a gigante germânica lançará nada menos que 70 modelos movidos a eletricidade, em diferentes categorias e nas várias marcas sob seu guarda-chuva. A expectativa é que, nesse período, a companhia chegue à marca de 22 milhões de carros eletrificados negociados em todo o mundo.

Continuar lendo

Latin NCAP testa dois modelos da Seat e um Chevrolet indisponíveis no Brasil

Seat Arona

O Latin NCAP apresentou os resultados de sua última rodada de testes de impacto envolvendo veículos latino-americanos em 2018. Dessa vez, nenhum produto submetido aos ensaios tem relevância ao Brasil: dois são da Seat, ausente do País há 16 anos; enquanto outro é o Chevrolet Aveo, um sedã de acesso produzido na China. Os modelos da marca espanhola obtiveram nota máxima, enquanto o compacto asiático registrou apenas duas estrelas.

Continuar lendo