GMC atualiza picape Sierra HD e oferece nada menos que 15 câmeras

GMC Sierra HD 3500 Denali

Quase um ano depois de ganhar nova geração (leia aqui), a GMC Sierra recebe suas carrocerias mais pesadas da linha HD, nas versões 2500 e 3500. Elas chegam um pouco depois das variações da irmã Chevrolet Silverado (leia aqui) e das rivais da linha Ram (leia aqui) para atuar em faixa semelhante. Apesar de não ser a mais forte, ela traz diferenciais de acabamento, como se propõe a divisão de utilitários da General Motors atualmente, e equipamentos. O destaque fica para as 15 câmeras externas de monitoramento, que auxiliam em manobras e no controle de reboques, por exemplo.

Continuar lendo

Dieselgate? General Motors continuará com motores a diesel nos EUA

O escândalo de motores a diesel do Grupo Volkswagen, equipados com dispositivos para fraudar testes emissões, foi a deixa para que todos os dedos fossem apontados para este tipo de propulsor. De imediato, o conglomerado sediado em Wolfsburg decidiu por incriminá-los, como acabariam fazendo outras marcas. A Mercedes, por exemplo, teve de fazer recentemente um recall na Alemanha (leia aqui) e cancelou as vendas deste tipo de veículo nos Estados Unidos, onde a fraude da VW foi descoberta. Mas a General Motors não desistirá do Diesel, como confirma a própria gigante de Detroit. Ela continuará equipando seus modelos com tais motores, especialmente em seu país de origem.

Continuar lendo

GMC Sierra ganha caçamba com estrutura em fibra de carbono nos EUA

Irmã da Chevrolet Silverado, renovada recentemente (leia aqui), a GMC Sierra também ganhou nova geração nos Estados Unidos. E a picape da divisão de utilitários da General Motors não chegou apenas com alterações visuais em relação à “gêmea”. Os destaques ficam na traseira: a caçamba estrutura em fibra de carbono, uma resposta à Ford F-150 (leia aqui) com sua área de carga em alumínio, e a tampa com abertura dupla, chamada MultiPro.

Continuar lendo

Dieselgate II: GM também entra na mira das autoridades dos Estados Unidos

Depois da FCA Fiat Chrysler (leia aqui), outra gigante com raízes americanas entrou na mira das autoridades dos Estados Unidos. Agora, a General Motors é apontada como também burladora de normas de emissões de poluentes no Tio Sam. Por ora, a acusação parte “apenas” de clientes, que abriram processo contra a companhia em Detroit por conta do uso potencial de dispositivos para mascarar o lançamento de óxido de nitrogênio (NOx) por parte dos propulsores a diesel.

Continuar lendo