Visteon pede concordata nos EUA

A Visteon, uma das maiores fornecedores de peças do setor automotivo, entrou com pedido de concordata com base na lei de falências norte-americana. A companhia deve mais de 5 bilhões de dólares, mas seus ativos chegam a apenas US$ 4,6 bi. Com o pedido, a empresa planeja iniciar sua reestruturação e conta com ajuda do governo americano para retomar suas operações, transformando dívidas em ações através de financiamento feito pela Ford.As filiais da empresa fora dos EUA não estão envolvidas no pedido de concordata, de acordo com comunicado emitido pela matriz.

Continuar lendo

Anúncios